“Cocktail” de anticorpos tomado por Trump tem células de feto abortado na década de 70

Ken Cedeno / Pool / EPA

Donald Trump regressa à Casa Branca depois de ter estado internado

O “cocktail” de anticorpos que o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, tomou para tratar a covid-19 foi desenvolvido com o recurso a células obtidas a partir de tecido de um feto abortado nos anos 70.

Segundo noticiaram o New York Times e o MIT Technology Review, o uso destas células vai contra o que Trump tem defendido. Em junho de 2019, o Governo norte-americano suspendeu o financiamento de trabalhos de investigação que usem tecido fetal obtido por essa via.

“Promover a dignidade da vida humana desde a conceção até à morte natural é uma das prioridades da administração do Presidente Trump”, escreveu, na altura, o departamento de saúde. Os estudos que usam “tecido fetal de abortos” não espontâneos “não serão realizados”, acrescentaram.

Na semana passada, Trump usou um “cocktail” de anticorpos monoclonais que visa ajudar o corpo a combater a infeção. Para desenvolver os anticorpos, a empresa Regeneron usou células originalmente obtidas de um feto que foi abortado na década de 70, na Holanda.

As células foram “cultivadas” em laboratório e formaram novas, essas usadas pela Regeneron para “testar a capacidade dos anticorpos em neutralizar o vírus”, explicou Alexandra Bowie, porta-voz da farmacêutica.

O uso por Trump do “cocktail” está fora do âmbito de um ensaio clínico, mas a farmacêutica pediu autorização para que a terapia seja disponibilizada a toda a população. O Presidente esteve internado no hospital militar Walter Reed entre sexta e segunda-feira.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Cada Noticia do “Arco da Velha” !!!!!….No futuro vai ser chato, com uma Juíza dita Católica e contra o aborto, mas a favor “piedosamente” do porte de armas !

  2. Gostava de perguntar como é que chegaram a essa conclusão tão depressa. E também realçar o milagre de transformação de consciência, mostrado pelos opositores de Trump que, não só em tempo recorde conseguiram perceber que o medicamento continha as tais células e de que ano específico provinham, como de repente se tornam defensores da vida e contra essas práticas! Eles que tanto têm batalhado contra a vida, até agora! Note-se que, a ser verdade que continham essas células, os medicamentos que Donald Trump tomou, não foi ele quem os fabricou, mas foram as farmacêuticas que defendem as tais práticas de usar células estaminais, prática essa, também defendida pelos acérrimos opositores do Presidente Americano. Mas, ver para crer!!! De repente mudaram de ideias para poderem atacar o homem! Vamos lá a ver quando regressarão ao modo antigo de pensar….

  3. Isto é noticia mas nada se diz de Hunter Biden e as fotos encontradas no seu portátil?
    Ai se fosse o filho do presidente Trump…

    Propaganda comunista a esconder todos os seus podres

RESPONDER

Tweet de Elon Musk afunda Bitcoins (e dá força à criptomoeda que nasceu como meme)

A Tesla vai deixar de aceitar Bitcoins como forma de pagamento. A revelação foi feita por Elon Musk numa publicação no Twitter e levou à queda do valor da criptomoeda no mercado. A par disso, …

Investigadores criam nova solução para óculos de realidade virtual e aumentada

Uma equipa de investigadores criou uma nova tecnologia para fornecer óculos de realidade virtual que não parecem "olhos de inseto". Num novo artigo publicado na Science Advances, os especialistas descrevem a impressão de ótica de forma …

Genética da população portuguesa pode explicar deficiência de vitamina D

Investigadores portugueses concluíram que a população portuguesa tem uma prevalência superior à média europeia de algumas alterações genéticas que levam a uma predisposição para o défice de vitamina D. Este estudo, coordenado pelo Centro Cardiovascular da …

Polónia quer comprar casa de campo francesa (para recuperar o legado de Marie Curie)

A Polónia quer comprar e renovar a casa de campo francesa de Marie Curie e transformá-la num museu, naquele que é um esforço para reivindicá-la como génio científico e pioneira polaca. Embora tenha nascido na Polónia, …

Min Nyo é jornalista, cobriu os protestos em Myanmar e foi condenado a 3 anos de prisão

Min Nyo, um jornalista birmanês de 51 anos, foi condenado a três anos de prisão pela sua cobertura dos protestos na sequência do golpe de Estado em Myanmar. Min Nyo, que trabalhava para a DVB (Voz …

McDonald's e Casa Branca unem-se para sensibilizar população a ser vacinada

Numa parceria com a Casa Branca, a cadeia de fast food norte-americana também está a dar o seu contributo para sensibilizar a população para a vacinação contra a covid-19. A ideia é promover informações relevantes sobre …

Voo "para lado nenhum" esgota em tempo recorde. Bastaram 2,5 minutos

A companhia aérea australiana Qantas vendeu os bilhetes para o próximo "voo para lugar nenhum" em tempo recorde: 2,5 minutos. A Qantas está a promover um novo "voo para lugar nenhum" que dará aos famintos por …

Todos queriam "O Senhor dos Anéis". Mas cinemas chineses foram obrigados a exibir filmes de propaganda

Pequim ordenou que os cinemas chineses divulgassem propaganda em homenagem ao Partido Comunista. Os cinéfilos do país, que clamam pelos filmes de Hollywood, revoltaram-se. A 1 de abril, no dia em que entrou em vigor um …

Presidente da República condecorou Jorge Coelho a título póstumo

Marcelo Rebelo de Sousa condecorou, a título póstumo, o antigo ministro e dirigente socialista Jorge Coelho com a grã-cruz da Ordem do Infante D. Henrique. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta quinta-feira, …

Comer caladas, autocarro sem parque, pavilhão sujo: assim foi uma final europeia

Episódios quase inacreditáveis rodearam a final feminina da Taça EHF. O diretor da equipa vencedora conta tudo o que aconteceu (e há muito para contar). O Rincón Fertilidad Málaga conquistou a Taça EHF feminina desta época. …