Coca-Cola vai processar o Reino Unido por imposto sobre o açúcar

A Coca-Cola e outros fabricantes de refrigerantes ponderam recorrer à justiça para tentar travar a intenção do Governo britânico de aplicar um novo imposto sobre as bebidas açucaradas.

O Orçamento do Estado do Reino Unido, que foi apresentado a semana passada, contém um novo imposto sobre as bebidas açucaradas, a “sugar tax”.

Segundo o ministro das Finanças, George Osborne, a medida deverá entrar em vigor em 2018, permitindo no primeiro ano arrecadar receitas no valor de 520 milhões de libras – quase 666 milhões de euros.

A iniciativa não está a ser bem acolhida por parte das principais fabricantes de refrigerantes com presença no Reino Unido, que admitem mesmo avançar para os tribunais.

Segundo avançou este domingo o britânico Guardian, algumas das fabricantes de refrigerantes ponderam nesta altura avançar com um processo judicial contra a medida controversa anunciada pelo Governo britânico.

Entre essas empresas destacam-se a Coca-Cola, a Ag Barr e a Britvic, que no Reino Unido fabrica a Tango, a 7Up e a Pepsi Max.

Numa nota a que o Guardian teve acesso, uma fonte da Coca-Cola no Reino Unido garante que “temos de saber mais sobre o imposto e sobre a forma como o Governo pretende implementá-lo”.

A mesma fonte adianta ainda que só depois de as questões anteriores serem clarificadas é que “decidiremos acerca dos passos” seguintes a dar neste processo.

Uma das críticas apontadas é que a implementação da medida implicará um custo de cerca de 1,3 mil milhões de euros – praticamente o dobro das receitas que deverá gerar.

O novo imposto implicará ainda um custo adicional de 24 cêntimos por cada litro de bebida com teor açucarado mais elevado, um custo extra que o Guardian diz que poderá ser passado aos retalhistas – e que resultaria num aumento da inflação.

O director-geral da Associação Britânica de Refrigerantes, Gavin Partington, considera que o enquadramento deste novo imposto “reafirma a nossa perspectiva de que esta taxa é infundada”.

“As indicações que temos não sugerem que seja efectiva e os contribuintes terão de pagar um preço elevado por isso”, diz Partington.

A controvérsia à volta da rentabilidade do novo imposto parece estar a deixar em segundo plano a razão pela qual em primeiro lugar foi lançado: a da saúde dos consumidores.

Em agosto do ano passado, quando o artista e fotógrafo neozelandês Henry Hargreaves ouviu um médico dizer que os refrigerantes são “o cigarro da nova geração”,  quis encontrar uma forma de representar esse risco visualmente.

Hargreaves assim fez, e mostrou que o açúcar de um refrigerante dá para fazer pirulitos – algo que coloca o imposto sobre o açúcar numa perspectiva um pouco diferente.

ZAP / Bom Dia

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Querem uma aposta: A Coca-Cola vai ganhar este processo, por troca de poutras vantagens que o Reino-Unida consiga da empresa (por exemplo: impostos, novas unidades fabris no R.U, etc…).

  2. Claro, dalguma vez os fabricantes que mais lucram com o veneno “vulgo açucar refinado”, iriam ficar contentes.

    Acordem prá vida, deixem de matar as pessoas!!!
    Colocar um processo é uma afronta aos direitos humanos.
    Os produtos açucarados deveriam ser altamente taxados, tanto para quem os consome (a bem da sua saúde), como para quem produz.

    A comida processada e mortífera é de baixo custo, a comida boa e que traz “vida” é caríssima. Em que mundo vivemos..

  3. As multinacionais não tem vergonha e já fazem imposições os países!!
    Muito bom!…
    A EDP não quer pagar, a Coca-cola, também não, etc, etc…
    Viva o capitalismo!!

  4. Este eventual processo da Coca-Cola ao governo britânico será apenas uma amostra do que pode acontecer com o acordo comercial inter-Atlântico, envolvendo a UE, os EUA e o Canadá, e que está a ser negociado às escondidas. Uma das questões que tem aparecido como das mais gravosas desse possível acordo é a agilização dos processos das empresas aos Estados soberanos! Será a instiyucionalização da economia a controlar o poder político, em vez de ser o contrário. A favor de quem? Dos 1% que já detêm metade do rendimento do mundo! E que assim perpetuam o seu poder sem qualquer controlo democrático!

  5. Mas então se os parolos não bebessem estes “mijos açucarados dos capitalistas”
    e por consequência não lhes fod a saúde e lhes torda-se as ideias.
    Como iria viver a industria farmacêutica e outros que tais?
    E aqui, há vinho tão bom!!!!!!!!!!!!

  6. concordo em absoluto com AC. a hegemonia do monopólio (mesmo o bem intencionado como fundações controlada por magnatas) tem de ir acabando. ..

RESPONDER

Plataformas de streaming passam a ter de pagar 1% do seu lucro ao Estado

As plataformas de streaming passam a pagar uma taxa, após a proposta de lei ser aprovada esta sexta-feira, na Assembleia da República. Serviços como a Netflix, a HBO Portugal ou a Disney +, passam a …

Porto 1-0 Gil Vicente | Dupla Shoya-Evanilson embala “dragão”

Difícil, mas justo. O FC Porto recebeu o Gil Vicente numa noite chuvosa no Dragão, dominou claramente até aos 75 minutos – altura em que Zaidu foi expulso – e venceu por 1-0. Um resultado …

O novo recurso da Google encontra qualquer música. Basta cantarolar, assobiar ou cantar

Na semana passada, a gigante tecnológica da Google lançou uma versão atualizada da aplicação que ajuda a encontrar qualquer música que esteja presa na sua cabeça - mas que não saiba o nome. Com a nova …

Pintura de Jacob Lawrence desaparecida há 60 anos foi encontrada em Nova Iorque

Uma visitante do Met, nos Estados Unidos, descobriu o paredeiro do quadro desaparecido de Jacob Lawrence. A mulher associou o quadro a um pendurado na sala de estar dos seus vizinhos, suspeitando que poderia fazer …

Fezes ancestrais ajudam a descobrir como o microbioma afeta a nossa saúde

Um novo estudo, realizado em Israel e na Letónia, analisou fezes ancestrais e comparou-as com o nosso microbioma para tentar descobrir pistas sobre as doenças modernas. A equipa de investigadores, que trabalhou enterrada até aos joelhos …

Santa Clara 1-2 Sporting | “Leão” mostra POTEncial nas ilhas

Ao final da tarde deste sábado, o Sporting venceu o Santa Clara por 2-1, num duelo a contar para a 5ª jornada da Liga NOS que decorreu no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada. …

Robô ultrarrealista pode vir a substituir os golfinhos em cativeiro em parques temáticos

A empresa de engenharia Edge Innovations, com sede em São Francisco, Estados Unidos, projetou e construiu um golfinho-robô que se parece e age quase exatamente como um. Nadando ao redor da piscina enquanto um grupo de …

PCP avisa: Abstenção é “apenas e só” para discutir o OE2021

O secretário-geral do PCP avisou este sábado que a abstenção anunciada pelo partido visa "apenas e só" fazer passar o Orçamento do Estado de 2021 a "outra fase de discussão" e recusou estar garantido um …

Convento medieval encontrado sob parque de estacionamento em Inglaterra

Uma equipa de arqueólogos britânicos encontrou um convento medieval, há muito perdido, debaixo de um parque de estacionamento em Inglaterra. Há muito que os arqueólogos britânicos especulavam sobre a potencial localização de um antigo convento medieval, …

Virgin Galactic leva cientista planetário ao Espaço pela primeira vez

O norte-americano Alan Stern será o primeiro a realizar experiências científicas financiadas pela NASA, a bordo de uma aeronave comercial da empresa espacial privada Virgin Galactic. A NASA revelou a semana passada que o cientista planetário …