/

Cobrar pelas transferências no MB Way? A decisão é dos bancos

3

Mário Cruz / Lusa

A CEO da SIBS, Madalena Cascais Tomé, disse esta terça-feira que a cobrança de comissões nas transferências realizadas através da aplicação do MBWay prendem-se com “uma decisão dos bancos”. 

“O MB Way é um serviço de utilização gratuita, com uma wallet completa, geração de cartões virtuais e também as transferências”, começou por contextualizar a CEO.

“As operações são na essência gratuitas, com exceção das transferências – que são responsabilidade dos bancos”, explicou durante a a apresentação do API Market da SIBS, uma plataforma que permite o desenvolvimento de serviços de pagamentos ao abrigo da diretiva europeia de serviços de pagamentos PSD2.

Neste sentido, a cobrança de comissões pelas transferências, sublinha Madalena Cascais Tome,  é “algo que é do foro comercial de cada um dos bancos”.

“Neste momento, 22 dos bancos que disponibilizam este tipo de serviço estão a isentar as transferências”, explica a responsável da SIBS, citada pelo jornal Eco, acrescentando também que o cliente deve consultar as condições associadas ao próprio cartão.

Questionada sobre a possibilidade de as comissões pelas transferências afastarem os clientes do serviço MB Way, Madalena Cascais Tomé acredita “que os portugueses vão continuar a utilizar a aplicação MB Way”, apontando ainda ter “a certeza de que vão continuar a reconhecer as vantagens” do serviço.

No início deste mês, o BPI anunciou estar a prepara-se para aumentar várias comissões bancárias, entre as quais se encontravam as transferências por MB Way. Segundo, preçário do banco, as transferências de dinheiro feitas através da aplicação da SIBS passam a custar 1,20 euros (a comissão atual é de 20 cêntimos).

Depois do BPI, vários foram as entidades bancárias que adiantaram estar também a pensar avançar com este tipo de taxação.

3 Comments

  1. Gananciosos… Usam o nosso dinheiro para as negociatas deles e ainda nos cobram comissões que inventam para cada coisa que se lembram… Fazem dinheiro com o dinheiro que não é deles…é realmente a galinha dos ovos de oiro.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE