Classe média é “a grande sacrificada”

portugal.gov.pt

Maria Luís Albuquerque, ministra das Finanças

Maria Luís Albuquerque, ministra das Finanças

A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, afirmou hoje que “a classe média acaba por ser a grande sacrificada” em 2015, uma vez que o Governo procura “proteger quem tem menos” e porque “não há muitos ricos em Portugal”.

“A classe média acaba por ser a grande sacrificada, porque se procura sempre proteger quem tem menos recursos e porque, infelizmente, ricos temos poucos. Se tivéssemos mais, facilitaria, mas em Portugal, de facto, não há muitos [ricos]”, afirmou hoje Maria Luís Albuquerque num almoço-debate, em resposta a uma questão colocada por um dos elementos da audiência.

Na mesma intervenção, a ministra afirmou que, em relação “aos aumentos da EDP e da Lusoponte”, e sem particularizar nenhum caso, “há muitas responsabilidades que resultam de compromissos passados que o Estado, enquanto pessoa de bem, vai cumprindo”.

“Apesar do enorme esforço de renegociação e da redução de custos com matérias como as Parcerias Público-Privadas rodoviárias ou como o défice tarifário, continuamos a ter um custo elevado, por exemplo, com a aposta nas renováveis”, acrescentou Maria Luís Albuquerque.

Reconhecendo “todos os méritos que as renováveis têm“, a governante sublinhou, no entanto, que esta opção representa “um peso significativo” na fatura de eletricidade.

Maria Luís Albuquerque reiterou ainda que “foi a renegociação que este Governo levou a cabo que permitiu que os aumentos na tarifa da eletricidade sejam na ordem dos 3% em vez dos 13% ou 14% que eventualmente teriam de ser para rapidamente eliminar o défice tarifário”.

A ministra das Finanças participou hoje no almoço-debate promovido pelo American Club num hotel de Lisboa, onde proferiu um discurso de cerca de 15 minutos, tendo depois respondido a algumas questões colocadas pela audiência. No entanto, a governante saiu da sala sem responder a perguntas dos jornalistas.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Há muitos ricos em Portugal, mas estes (à semelhança do nosso “querido” Ricardo Salgado) sabem usar as off-shore e manter o património afastado de quaisquer ações fiscais… Quanto à classe média, é um “grande rebanho” que fica sem o pouco dinheiro extra que poderia ser usado para impulsionar a economia. Da maneira como estão a usurpar o pouco que ganhamos, ainda querem que as pessoas tenham filhos e gastem dinheiro? O Governo sabe bem a quem deve serventia! Vergonhoso!

  2. ELES os ricos , e que deviam de pagar tudo , com o que ELES foram amealhando, menos honestamente , que pertencia aos pobres. Qual classe media? Esta gaJa quer dizer ” CASA DA COMEDIA ” Mais conhecido por PARVALHENTO , HA POR LA MUITOS PARVALHOES !!!

  3. Já faz um tempo, que sugeri que se vendesse São Bento ainda vale uns trocos e dava uma ajudita, saltaram-me logo em cima indagando onse se faria o plenario da assembleia, pois eu sugiro o Campo Pequeno, acho que tem as condições ideais

  4. Pois há poucos ricos diz ela e mesmo esses poucos fogem com o dinheiro para off-shores e ainda fogem ao fisco,quem paga é quem anda a trabalhar todos os dias para comer tenha vergonha sr.ministra.

  5. A Sra ministra tem razão, ha poucos, muito poucos ricos em Portugal. Os ricos portugueses só vivem em Portugal e ate nem todo o ano. Pouco a pouco se deslocam à casa de ferias no Estrangeiro, alguns até, ( mais recentes ) vão e voltam já sem dinheiro. Outros coitados, vivem em pequenas casas em Cascais e no Estoril. Só na Quinta do Patinho, há mais de uma dúzia deles…. alguns ex- ministros e Secretarios. que a Sra ministra por acaso não conhece, mas protege. Sra Ministra, tome juízo e não diga asneiras, por favor. Essas verdades so são credíveis se ditas na televisão com o seu amigo ministro da Alemanha a confirmar.

RESPONDER

O chef sírio Imad Alarnab

Imad fugiu da Síria há seis anos. Agora, tem um restaurante de sucesso em Londres

O chef sírio Imad Alarnab deixou a Síria há seis anos, onde tinha vários restaurantes, rumo a Inglaterra. Não desistiu dos seus sonhos e agora tem um novo projeto no agitado Soho, no centro de …

Máquina de venda automática de brindes

Máquina das bolas japonesa. As pequenas esferas de plástico guardam os detalhes de uma viagem surpresa

As máquinas de venda automática de brindes, conhecidas como gachapon no Japão, têm inovado nos últimos anos. Agora, são os detalhes de uma viagem que estão guardados nas pequenas bolas de plástico. O valor das bolas …

O Supremo dos EUA mudou as suas regras para que as juízas não fossem constantemente interrompidas

Revelação foi feita por Sonia Sotomayor, uma das três mulheres que compõe o coletivo de nove juízes e a primeira latina a chegar ao cargo. O facto de serem constantemente interrompidas em reuniões ou outros …

A candidata a primeira-ministra da Hungria, Klára Dobrev.

Num futuro sem Orbán, a oposição escolhe entre um novo conservador ou uma liberal divisiva

Os opositores de Viktor Orbán estão na dúvida quanto ao candidato para enfrentar o atual primeiro-ministro nas próxima eleições. Esta indecisão pode custar-lhes o assalto ao cargo. Viktor Orbán é um nome recorrente na política húngara. …

Nuno Melo, do CDS/PP

Nuno Melo ataca líder do CDS por anunciar sentido de voto sem consultar deputados

O candidato à liderança do CDS-PP criticou, este sábado, o atual líder do partido por ter comunicado publicamente a intenção de votar contra a proposta de Orçamento do Estado sem se ter reunido com os …

Vaticano tem três celas e um só prisioneiro. Uma onda de julgamentos pode mudar isso

Dez pessoas vão ser julgadas no Vaticano por crimes relacionados com a venda de um edifício em Londres. Visto como limitado e sombrio, o sistema judicial da cidade-estado está a mudar. Carlo Capella é o único prisioneiro …

Alexandra Leitão diz que "não há trabalhadores a mais na Administração Pública"

A ministra da Modernização do Estado assegura que não há trabalhadores a mais na Administração Pública e assume toda a abertura do Governo para negociar, "com humildade e responsabilidade", medidas adicionais às inscritas no OE2022. Em …

Start-up israelita quer fazer roupa a partir de algas

A Algaeing, criada em 2016, é uma empresa que converte as algas numa fórmula líquida, que depois pode ser usada como corante ou transformada num tecido. A indústria da moda é uma das responsáveis pelas emissões …

O antigo Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton

Bill Clinton já teve alta hospitalar e deve regressar a Nova Iorque

O ex-Presidente dos Estados Unidos deixou, neste domingo de manhã, o hospital da Califórnia onde foi internado com uma infeção, informou o chefe da equipa de médicos que o tratou. "O Presidente Clinton teve alta do …

Acordo escrito. Bloco diz que Governo "conhece bem" os pontos negociais

O Bloco de Esquerda anunciou, este domingo, que vai enviar ao Governo propostas de articulado de nove pontos negociais colocados em cima da mesa no início de setembro, aos quais declara não ter obtido resposta …