Mais de 500 civis mortos em ataques russos na Síria. Pelo menos 130 eram crianças

Mohammed Badra / EPA

Uma criança a chorar no hospital em Ghouta Oriental, Síria.

Mais de 544 civis foram mortos e mais de 2 mil pessoas ficaram feridas após ataques russos, este domingo, a um baluarte rebelde no noroeste da Síria. Pelo menos 130 dos mortos eram crianças.

A guerra entre o presidente sírio Bashar al Assad e as fações rebeldes está a intensificar-se e, este domingo, os ataques aéreos russos no noroeste da Síria só vieram agravar a situação. O SNHR, um grupo de direitos humanos, diz que 544 civis foram mortos e 2.117 pessoas ficaram feridas. Pelo menos 130 vítimas eram crianças.

“Os exército russo e o seu aliado sírio estão a atacar deliberadamente civis, com um número recorde de instalações médicas bombardeadas”, disse à Reuters Fadel Abdul Ghany, presidente da SNHR.

Em sua defesa, Moscovo diz que os ataques não foram intencionados aos civis e que a Rússia e a Síria apenas se estão a defender de ataques terroristas de Al Qaeda que alegam ter atingido área altamente populadas. Além disso, acusam os rebeldes de quebrar um acordo de cessar-fogo.

A US Human Rights Watch acusa russos e sírios de terem usado munições de fragmentação e armas incendiárias em ataques a áreas ocupadas por civis. “Vilas e cidades inteiras tiveram de ser evacuadas”, disse um porta-voz da Defesa Civil de Idlib, citado pelo jornal russo The Moscow Times. Segundo as Nações Unidas, pelo menos 300 mil pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas devido a ataques russos e sírios.

Já morreram demasiadas pessoas” e “até as guerras têm leis” defendeu as Nações Unidas, remetendo para ataques das forças do governo a hospitais, escolas e mercados públicos.

“Ter estas instalações médicas bombardeadas e postas fora de serviço em menos de dois meses não é um acidente”, disse Khaula Sawah, vice-presidente da União de Organizações de Assistência Médica e Socorro dos Estados Unidos, que tem oferecido ajuda no noroeste da Síria. “Vamos chamar as coisas pelo seu nome: um crime de guerra“, acrescentou, citado pelo The Independent.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Típico das bestas russas! Estes não se preocupam com detalhes como “danos colaterais”, arrasam tudo à sua volta querem lá saber se são crianças ou inocentes, não querem é que os atrapalhem! Curioso é, não ter lido nada sobre este assunto a não ser aqui.

  2. Os hospitais não são acidentes, são alvos estratégicos. Não há cá regras no meio de uma guerra ….
    Os civis ajudam os bandidos, os civis tornam-se bandidos …

RESPONDER

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …

Variante sul-africana pode resistir à Pfizer. China pondera misturar vacinas

A variante do coronavírus descoberta na África do Sul pode "romper" a vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech até certo ponto, concluiu um estudo em Israel, embora a sua prevalência no país seja baixa e …

Rússia garante que não haverá guerra com Ucrânia. EUA desconfiam e prometem consequências

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou este domingo a possibilidade de uma guerra com a Ucrânia, depois de Kiev ter manifestado preocupação com o reforço de tropas russas nas suas fronteiras. “Ninguém está a embarcar …

Inspetores do SEF rejeitam extinção sem aval do Parlamento (e dizem estar em causa o Espaço Schengen)

O sindicato dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) rejeitou este domingo a extinção daquele organismo sem a aprovação formal da Assembleia da República e considerou que está em causa a permanência de …

Testes rápidos registaram maior número de sempre. APED defende venda nos super e hipermercados

O recurso a testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 7 de abril, com mais de 34 mil realizados nesse dia, segundo dados do Instituto …

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …