Ataque aéreo na Síria destrói hospital dos Médicos Sem Fronteiras

Vários ataques durante a manhã desta segunda-feira atingiram vários hospitais e zonas para refugiados, entre eles um dos Médicos Sem Fronteiras. Autoridades turcas dizem que os mísseis são russos.

Dois hospitais foram atingidos por bombardeamentos aéreos na cidade síria de Azaz, perto da fronteira com a Turquia, provocando a morte de pelo menos dez pessoas, avança a BBC.

Testemunhas locais informaram ainda à Reuters que os bombardeamentos também atingiram uma escola que servia de abrigo a refugiados.

Numa outra região síria conhecida por Maarat al-Numan, um outro ataque num hospital sob a gestão dos Médicos Sem Fronteiras foi também atingido por quatro mísseis.

De acordo com a organização, oito pessoas estão desaparecidas e o ataque foi “deliberado”, embora não consigam perceber qual foi a sua origem.

“A destruição deste hospital deixa cerca de 40 mil locais sem acesso a cuidados de saúde nesta região ativa do conflito”, condena Massimiliano Rebaudengo, responsável pela MSF na Síria.

Ainda não é certo quem terá sido o responsável por estes ataques mas, segundo autoridades turcas citadas pela agência Reuters, poderão ter sido mísseis russos.

Segundo a BBC, em quase cinco anos de guerra civil na Síria, já morreram mais de 250 mil pessoas e mais de 11 milhões tiveram de ser deslocadas.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. É incompreensível este ataque a um hospital e a uma escola por parte da aviação Russo ,enquanto isso as bases do ISIS ficam impunes.difícil de entender a Rússia…

  2. Esta “notícia”, bem analisado o seu conteúdo, remete-nos para a contra-informação praticada pelos turcos, afim de desviar as atenções do verdadeiro massacre que os turcos estão a levar a cabo, há décadas, contra o povo curdo. O jogo de interesses que se joga na Síria está fora das intenções, quer da comunidade internacional, quer dos terroristas no terreno, Al Qaeda e ISIS; contra o regime sírio de Assad; esta ambiguidade tem custos de sangue, mas tem benefícios para as multinacionais do Ocidente cuja perda vidas humanas não interessa, o que interessa são os lucros com a venda de armamento, e a reconstrução do país para satisfazer a avidez das multi-nacionais. Com tantas vezes tem acontecido, estão-se a praticar crimes contra a humanidade e os criminosos são sobejamente conhecidos.

  3. À partida, já se está a culpar, embora: “Ainda não é certo quem terá sido o responsável por estes ataques mas, segundo autoridades turcas citadas pela agência Reuters, poderão ter sido mísseis russos.” Fáz-me lembrar, a mentira/propaganda das armas de destruição maciça no Iraque e depois foi o que se viu e o que se está a ver, dezenas de milhares de mortos, um país destruído, quer em termos de sociedade, quer em termos físicos para satisfazer a gula assassina dos interessados com o lucro das armas, com o lucro da reconstrução.

  4. É impressionante a devastação da Siria e é muito estranho que a Rússia esteja mais preocupada em atacar a oposição democrática na Siria que atacar os torcionários do Daesh ou ISIS,
    Também é incompreensível a acção da Turquia que se preocupa em atacar os Curdos que combatem o daesh ou ISIS, e não mexe uma palha para atacar o ISIS que promove o terrorismo pela Europa ocidental.Parece que estamos no século 16 em que os czares e o império Otomano disputavam influencias territoriais e religiosas.

  5. É muito fácil saber quem foi que bombardeou estes hospitais.
    Se tivessem sido os americanos, teria havido dezenas de parangonas com títulos do género “AMERICANOS destroem hospitais na Síria”, ou “Bombardeamento dos EUA mata médicos dos MSF”.
    A que se seguiriam dias e dias de notícias do género “AMERICANOS admitem erro humano na destruição de ala de hospital”-
    A que se seguiriam dias e dias de notícias do género “General AMERICANO veio pedir desculpa por bombardeamento de hospital dos MSF”.
    Assim aconteceu há um par de meses.
    E desta vez?
    Dois hospitais e uma escola destruídos, e nunca mais se ouviu falar do assunto.
    Porque será?

RESPONDER

Há décadas que o buraco na camada de ozono não estava tão pequeno (e pode estar quase curado)

Após um enorme esforço global, a camada de ozono sobre a Antártida é a mais pequena em décadas. Nesse ritmo de recuperação, a agência ambiental das Nações Unidas declarou que a maior parte da camada …

A misteriosa megaestrutura alienígena pode ser uma exolua orfã a ser despedaçada

Uma exolua órfã gradualmente a ser dilacerada pode explicar o estranho comportamento obscuro de uma estrela que intriga os cientistas há anos - e que pode ser evidência potencial de uma "megaestrutura alienígena". Os astrónomos observaram …

Afinal, anéis de Saturno podem ser quase tão antigos como o Sistema Solar

Um novo estudo sugere que os anéis de Saturno podem ser quase tão antigos como o Sistema Solar, depois de uma pesquisa anterior ter dito que tinham apenas 100 milhões de anos. Os anéis de Saturno …

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …