Cientistas observam bactérias a entrar em “modo zombie” para sobreviver à fome

Quando sofrem de falta de nutrientes, algumas bactérias podem sobreviver entrando em sono profundo ou no modo “zombie” – isso pode ajudar-nos a aprender mais sobre como tratar infeções no futuro.

Esta estratégia de sobrevivência foi chamada de crescimento oligotrófico. Todos os processos nos organismos unicelulares abrandam até um nível extremamente baixo, até que voltem a condições mais favoráveis.

Os investigadores por trás do estudo usaram a bactéria não patogénica Bacillus subtilis, e em particular uma variedade que não poderia formar uma camada protetora chamada endosporos – outro truque de sobrevivência que as bactérias costumam usar, cercando-se de um “escudo” e basicamente desligando-se quando encontram condições adversas. Dentro do endosporo, as bactérias estão num “estado dormente”.

Nesta última experiência, os cientistas descobriram que, quando as bactérias estavam famintas de nutrientes, não podiam recuar para o seu estado de dormência. Mas também não estavam ativos – por isso, algo mais deveria estar a ocorrer.

“Nós mostramos que as células famintas não estão dormentes, mas estão a crescer e a dividir-se” – ainda que muito lentamente, segundo a equipa no seu trabalho publicado na revista Nature

A distinção do estado endósporo ou dormente é crucial: as bactérias continuaram a dividir-se quando no novo estado de crescimento oligotrófico, embora cerca de cem vezes mais lentamente do que o habitual, o que não acontece com os endosporos.

“Vimos diferenças claras entre o estado ativo, o estado dormente e este estado”, disse o Leendert Hamoen, da Universidade de Amesterdão, na Holanda. “Normalmente, Bacillus é em forma de bastonete, mas as bactérias famintas encolheram até ficarem quase esféricas. Todos os tipos de processos que são normalmente ativos na bactéria foram alterados. Mas não pararam completamente, como acontece quando a bactéria se retira para um esporo em estado dormente”.

A formação de endosporos também consome muita energia para as bactérias, tanto que nem sempre se podem recuperar ou “acordar” adequadamente. Parece que as bactérias podem recuperar deste novo estado zombie com mais facilidade – retornando potencialmente após uma dose de antibióticos.

Os cientistas estão atualmente a tentar encontrar novas soluções para combater os insetos que se tornaram resistentes aos melhores antibióticos, algo que esta última investigação poderia ajudar.

O próximo desafio é ver se o crescimento oligotrófico pode acontecer também noutros tipos de bactérias. Estes microrganismos podem ser compostos apenas por uma única célula, mas continuam a surpreender os cientistas com o tipo de truques complexos de que são capazes.

“Se mais bactérias forem capazes de mudar para este estado, isso lançará uma nova luz sobre, entre outras coisas, como as bactérias podem escapar dos antibióticos“.

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …