Cientistas observam bactérias a entrar em “modo zombie” para sobreviver à fome

Quando sofrem de falta de nutrientes, algumas bactérias podem sobreviver entrando em sono profundo ou no modo “zombie” – isso pode ajudar-nos a aprender mais sobre como tratar infeções no futuro.

Esta estratégia de sobrevivência foi chamada de crescimento oligotrófico. Todos os processos nos organismos unicelulares abrandam até um nível extremamente baixo, até que voltem a condições mais favoráveis.

Os investigadores por trás do estudo usaram a bactéria não patogénica Bacillus subtilis, e em particular uma variedade que não poderia formar uma camada protetora chamada endosporos – outro truque de sobrevivência que as bactérias costumam usar, cercando-se de um “escudo” e basicamente desligando-se quando encontram condições adversas. Dentro do endosporo, as bactérias estão num “estado dormente”.

Nesta última experiência, os cientistas descobriram que, quando as bactérias estavam famintas de nutrientes, não podiam recuar para o seu estado de dormência. Mas também não estavam ativos – por isso, algo mais deveria estar a ocorrer.

“Nós mostramos que as células famintas não estão dormentes, mas estão a crescer e a dividir-se” – ainda que muito lentamente, segundo a equipa no seu trabalho publicado na revista Nature

A distinção do estado endósporo ou dormente é crucial: as bactérias continuaram a dividir-se quando no novo estado de crescimento oligotrófico, embora cerca de cem vezes mais lentamente do que o habitual, o que não acontece com os endosporos.

“Vimos diferenças claras entre o estado ativo, o estado dormente e este estado”, disse o Leendert Hamoen, da Universidade de Amesterdão, na Holanda. “Normalmente, Bacillus é em forma de bastonete, mas as bactérias famintas encolheram até ficarem quase esféricas. Todos os tipos de processos que são normalmente ativos na bactéria foram alterados. Mas não pararam completamente, como acontece quando a bactéria se retira para um esporo em estado dormente”.

A formação de endosporos também consome muita energia para as bactérias, tanto que nem sempre se podem recuperar ou “acordar” adequadamente. Parece que as bactérias podem recuperar deste novo estado zombie com mais facilidade – retornando potencialmente após uma dose de antibióticos.

Os cientistas estão atualmente a tentar encontrar novas soluções para combater os insetos que se tornaram resistentes aos melhores antibióticos, algo que esta última investigação poderia ajudar.

O próximo desafio é ver se o crescimento oligotrófico pode acontecer também noutros tipos de bactérias. Estes microrganismos podem ser compostos apenas por uma única célula, mas continuam a surpreender os cientistas com o tipo de truques complexos de que são capazes.

“Se mais bactérias forem capazes de mudar para este estado, isso lançará uma nova luz sobre, entre outras coisas, como as bactérias podem escapar dos antibióticos“.

PARTILHAR

RESPONDER

UE reduz lista de países para reabrir fronteiras e mantém EUA e Brasil de fora

Os Estados-membros da União Europeia (UE) atualizaram, esta quinta-feira, a lista de países aos quais reabrem as fronteiras externas, mantendo de fora os Estados Unidos e o Brasil. "Na sequência da primeira revisão ao abrigo da …

24 horas depois, estátua de manifestante antirracismo em Bristol foi removida

A estátua de uma manifestante do movimento Black Lives Matter, erguida, esta quarta-feira, na cidade de Bristol, no Reino Unido, já foi removida. De acordo com o jornal The Guardian, 24 horas depois de ter sido …

Advogados continuam luta para manter declarações fiscais de Trump em segredo

Depois de o Supremo Tribunal ter determinado que os procuradores nova-iorquinos podem ter acesso às declarações de impostos do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, os seus advogados informaram na quarta-feira que estavam a considerar …

EUA negam vistos a funcionários da Huawei que apoiem "violadores de direitos humanos"

Esta quarta-feira, o Governo norte-americano que vai impor restrições nos vistos a funcionários da Huawei e a outras empresas que os Estados Unidos vejam como apoiantes de Governos violadores de direitos humanos. Além das restrições, o …

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …