Surto junto à fronteira com a Rússia e novos casos em Wuhan fazem China temer segunda vaga

Wu Hong / EPA

Um novo surto ainda não detetado numa cidade perto da fronteira com a Rússia e o aparecimento de novos casos em Wuhan estão a fazer a China temer uma nova onda de casos de covid-19.

Na edição desta segunda-feira, o britânico The Guardian destacou a preocupação do país que, no último domingo, registou o maior aumento de casos em duas semanas, uma semana depois de ter classificado todas as regiões como de baixo ou médio risco.

Este domingo, Shulan, uma cidade perto das fronteiras com a Rússia e a Coreia do Norte, foi classificada de alto risco, depois de vários casos relacionados com uma mulher que não tinha qualquer histórico conhecido de viagem ou exposição ao vírus.

Mas este não é, segundo o The Guardian, o único sinal alarmante. No domingo, a comissão nacional de saúde registou 17 novos casos. Apesar de o número ser muito pequeno, ainda assim é o segundo dia seguido em que o aumento é de dois dígitos. Além disso, é o valor mais alto em duas semanas.

Destes 17 casos, cinco foram transmitidos localmente em três províncias que fazem fronteira com a Rússia ou com a Coreia do Norte – três em Jilin, um em Heilongjiang e outro em Liaoning. No caso de Jilin, os três novos casos surgiram na cidade de Shulan.

As autoridades chinesas já impuseram quarentena aos cidadãos e o encerramento temporário dos locais públicos da cidade. Segundo o Observador, também os transportes públicos foram encerrados e os táxis não podem sair de Shulan. As autoridades chinesas acreditam que houve 290 pessoas que tiveram contacto próximo com infetados.

A preocupação em Shulan também está relacionada com a origem daquele que parece ser um novo surto, uma vez que a comissão de saúde da província diz que o primeiro caso registado foi uma mulher que não viajou para fora da província, nem apresenta qualquer historial de contacto com pessoas que vieram de províncias afetadas ou do exterior do país.

Ainda assim, na cidade de Wuhan também foram registados cinco novos casos este domingo. Novamente, apesar de não ser um número preocupante, é o maior número de novos casos em quase dois meses.

A China registou, até agora, um total de 82.918 casos positivos, dos quais 78.144 foram curados. Existem apenas 141 casos ativos no país.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Enquanto não perceberem que o vírus é também transportado pelos animais, insectos inclusive, andamos a chover no molhado.
    Fechar tudo e fugirmos todos para casa não resolve o problema, em vez disso cria outros ainda piores.
    Apenas precisamos de ter procedimentos de protecção dos mais vulneráveis, especialmente para evitar muitos adoecer em simultâneo, o que rebentaria com os serviços de saúde.

Julgamento de Rui Pinto arranca dia 4 de setembro

O pirata informático português Rui Pinto vai a julgamento no dia 4 de setembro, escreve a Sábado. O alegado autor do Football Leaks responde por 90 crimes de acesso indevido, violação de correspondência, acesso ilegítimo, …

PCP anuncia voto contra no Orçamento Suplementar

Apesar da abstenção na votação inicial, o PCP anunciou que vai votar contra o Orçamento Suplementar na votação final marcada para esta sexta-feira. "Concluída a votação na especialidade verifica-se que os aspetos negativos da proposta do …

Figura em pedra com mais de dois mil anos descoberta em Miranda do Douro

O acaso colocou a descoberto em Duas Igrejas, no concelho de Miranda do Douro, uma figura zoomórfica que representa um berrão (porco) e que os arqueólogos datam entre os séculos IV e I a.C., foi …

FBI prende Ghislaine Maxwell, ex-namorada de Jeffrey Epstein

A ex-namorada de Jeffrey Epstein, Ghislaine Maxwell, foi esta quinta-feira detida pelo FBI. A mulher de 58 anos é acusada de ajudar a montar uma rede de tráfico de mulheres. O FBI deteve, esta quinta-feira, Ghislaine …

Polícia italiana apreendeu 14 toneladas de anfetaminas. Droga foi produzida pelo Estado Islâmico

As autoridades italianas apreenderam na quarta-feira 14 toneladas de anfetaminas produzidas na Síria por membros do Estado Islâmico, cujos lucros serviriam para reativar as suas operações. "É um facto que o Daesh [Estado Islâmico] utiliza a …

Câmara de Lisboa defende fim do financiamento público às touradas

A Câmara de Lisboa defendeu hoje a criação de legislação que impeça o financiamento público de espetáculos que "causem sofrimento animal", salientando que as touradas incluem "atos de violência". Numa moção “pelo fim de espetáculos com …

Acordo entre Neeleman e Governo já só depende da confirmação da Azul

O acordo entre David Neeleman e o Governo está prestes a concretizar-se, escreve o Expresso. Aparentemente já só falta a confirmação da Azul para garantir o acordo. Depois de a nacionalização da companhia ter sido dada …

Medina recua e diz que "há convergência total" com Governo no combate à pandemia

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse hoje que “há convergência total” com o Governo no combate à pandemia de covid-19, recusando que as críticas que fez à atuação das autoridades de saúde …

Parlamento vai debater o teletrabalho por iniciativa do PAN

O PAN considera que "o teletrabalho é uma ferramenta que pode ajudar a conciliar a vida profissional e a vida familiar", ainda que apresente fragilidades como a "invasão da vida pessoal". O PAN agendou para sexta-feira …

PSP também queria prémio semelhante ao dos profissionais de saúde

O Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP) manifestou-se esta quinta-feira “desiludido” com “a falta de respeito” que o Governo demonstra em relação à PSP e a outras forças de segurança que estão na “linha da …