Surto junto à fronteira com a Rússia e novos casos em Wuhan fazem China temer segunda vaga

Wu Hong / EPA

Um novo surto ainda não detetado numa cidade perto da fronteira com a Rússia e o aparecimento de novos casos em Wuhan estão a fazer a China temer uma nova onda de casos de covid-19.

Na edição desta segunda-feira, o britânico The Guardian destacou a preocupação do país que, no último domingo, registou o maior aumento de casos em duas semanas, uma semana depois de ter classificado todas as regiões como de baixo ou médio risco.

Este domingo, Shulan, uma cidade perto das fronteiras com a Rússia e a Coreia do Norte, foi classificada de alto risco, depois de vários casos relacionados com uma mulher que não tinha qualquer histórico conhecido de viagem ou exposição ao vírus.

Mas este não é, segundo o The Guardian, o único sinal alarmante. No domingo, a comissão nacional de saúde registou 17 novos casos. Apesar de o número ser muito pequeno, ainda assim é o segundo dia seguido em que o aumento é de dois dígitos. Além disso, é o valor mais alto em duas semanas.

Destes 17 casos, cinco foram transmitidos localmente em três províncias que fazem fronteira com a Rússia ou com a Coreia do Norte – três em Jilin, um em Heilongjiang e outro em Liaoning. No caso de Jilin, os três novos casos surgiram na cidade de Shulan.

As autoridades chinesas já impuseram quarentena aos cidadãos e o encerramento temporário dos locais públicos da cidade. Segundo o Observador, também os transportes públicos foram encerrados e os táxis não podem sair de Shulan. As autoridades chinesas acreditam que houve 290 pessoas que tiveram contacto próximo com infetados.

A preocupação em Shulan também está relacionada com a origem daquele que parece ser um novo surto, uma vez que a comissão de saúde da província diz que o primeiro caso registado foi uma mulher que não viajou para fora da província, nem apresenta qualquer historial de contacto com pessoas que vieram de províncias afetadas ou do exterior do país.

Ainda assim, na cidade de Wuhan também foram registados cinco novos casos este domingo. Novamente, apesar de não ser um número preocupante, é o maior número de novos casos em quase dois meses.

A China registou, até agora, um total de 82.918 casos positivos, dos quais 78.144 foram curados. Existem apenas 141 casos ativos no país.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Enquanto não perceberem que o vírus é também transportado pelos animais, insectos inclusive, andamos a chover no molhado.
    Fechar tudo e fugirmos todos para casa não resolve o problema, em vez disso cria outros ainda piores.
    Apenas precisamos de ter procedimentos de protecção dos mais vulneráveis, especialmente para evitar muitos adoecer em simultâneo, o que rebentaria com os serviços de saúde.

RESPONDER

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …

Asteroide tem nome de astrofísico português Nuno Peixinho

O astrofísico português Nuno Peixinho dá nome a um asteroide, descoberto em 1998 e que tem pouco mais de 10 quilómetros de diâmetro, anunciou esta segunda-feira o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), …

"É inaceitável". Ana Mendes Godinho critica situações de trabalho temporário que "duram décadas"

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, insistiu esta terça-feira na relevância do combate à precariedade, sinalizando a intenção de restringir o trabalho temporário. "Tem de haver mecanismos mais fortes para combater a segmentação do mercado …

Hitler expulsou os soldados judeus há oito décadas. Agora, um rabino junta-se ao exército alemão

No início da Segunda Guerra Mundial, Hitler expulsou os judeus das Forças Armadas na década de 1930. Agora, Zsolt Balla irá assumir o cargo de rabino-chefe do exército alemão. Mais de 80 anos depois, aquilo que …

Rio critica Governo após "justa indignação" de Merkel

O presidente do PSD acusou esta terça-feira o Governo de estar a fazer Portugal passar “por uma vergonha desnecessária”, considerando que depois da “vexatória desconsideração” do Reino Unido, os portugueses têm que “ouvir a justa …

Amazon acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos

A Amazon foi acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos, segundo uma investigação da Newsweek, publicada na segunda-feira. "Uma investigação da ITV News num dos centros de distribuição da Amazon no Reino …

Enquanto o mundo lutava contra uma pandemia, a Guiné declarava o fim do segundo surto do Ébola

No passado sábado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou o fim do segundo surto de Ébola na Guiné-Conacri, que vitimou mortalmente 12 pessoas. "Tenho a honra de declarar o fim do Ébola na Guiné", disse …