A China não gostou da conversa de Trump com a Presidente de Taiwan

O Presidente eleito dos Estados Unidos falou ao telefone com a Presidente de Taiwan, algo que já não acontecia desde 1979. Quem parece não ter gostado deste contacto foi a China que decidiu censurar o acontecimento na imprensa nacional.

Donald Trump só inicia funções como Presidente dos Estados Unidos em janeiro do próximo ano mas já fez algo inédito: conversou ao telefone com a chefe de Estado de Taiwan.

A equipa de transição do republicano informou, em comunicado, que o Presidente eleito falou com a mandatária taiwanesa, Tsai Ing-wen, que o felicitou pela vitória nas eleições e ambos “abordaram os estreitos vínculos económicos, políticos e de segurança existentes entre Taiwan e os Estados Unidos”.

Este foi o primeiro contacto telefónico deste nível desde 1979, ano em que Washington rompeu relações diplomáticas com Taipé.

O ex-presidente democrata Jimmy Carter declarou formalmente Pequim como único governo da China, o que pôs fim às relações diplomáticas formais dos EUA com Taiwan, onde Washington fechou a sua embaixada no ano seguinte.

O gabinete de Trump não esclareceu, porém, quem iniciou o contacto, ou seja, se a chamada foi feita pelo milionário ou pela presidente de Taiwan, que chegou ao poder em maio.

China não gostou

A China considera a ilha de Taiwan uma província “rebelde” e parte do território sob sua soberania, portanto este contacto de Trump pode ser considerado uma afronta à potência asiática.

Sinal disso mesmo é o facto de a chamada telefónica ter sido censurada pela imprensa chinesa, que preferiu sublinhar a visita a Pequim do ex-secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger, “um velho amigo da China”.

No entanto, na plataforma Weibo, rede social equivalente ao Twitter, persistiram alguns comentários de internautas a um artigo de um jornal de Hong Kong que escapou à censura.

“Que China reconhece Trump? Que astúcia! Devemos parar este presidente empresário”, escreveu um internauta.

Além disso, o país já protestou de forma solene aos EUA por causa deste telefonema. Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores já indicou que “é preciso insistir no facto de que só existe uma China e que Taiwan é parte inalienável do território chinês”.

Depois do telefonema, a Casa Branca reiterou que Washington apoia a política da “China única”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Turista danifica escultura do século XIX enquanto posa para fotografia (e é apanhado pelas câmaras de vigilância)

A polícia italiana identificou um austríaco de 50 anos que danificou uma estátua do século XIX num museu em Itália, enquanto posava para uma fotografia. O incidente ocorreu no passado dia 31 de junho, segundo …

Covid-19: Brasil supera as 100.000 mortes

O Brasil ultrapassou hoje a barreira das 100.000 mortes associadas à covid-19, quase cinco meses depois da confirmação do primeiro óbito no país, indicam dados oficiais divulgados pelas secretarias regionais de Saúde. Segundo os mais recentes …

As vacas leiteiras têm relações complexas (que se alteram quando mudam de grupo)

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Chile e dos Estados Unidos concluiu que as vacas leiteiras vivem em redes sociais complexas que se alteram quando estes animais são movidos para outros grupos.  Para …

Virgin Galactic quer desenvolver avião comercial supersónico (que promete superar a velocidade do som)

A Virgin Galactic vai aliar-se à Rolls-Royce para criar um avião comercial supersónico, ainda mais rápido do que o mítico Concorde. A empresa de turismo espacial Virgin Galactic anunciou uma parceria com a Rolls-Royce para desenvolver …

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …