Vem aí a Libra, a nova moeda do Facebook (e tem dedo português)

A nova criptomoeda vai chamar-se Libra, de acordo com o anúncio formal do grupo de empresas liderado pela companhia Facebook, nos Estados Unidos.

“A ideia é simplificar o mais possível as transações financeiras para todas as pessoas do mundo, onde quer que vivam, tenham ou não uma conta bancária”, disseram fontes da empresa Facebook a principal impulsionadora da Libra e que tem como base de funcionamento uma tecnologia própria: blockchain.

Há vários dias que se especulava que as empresas envolvidas no projeto preparavam o anúncio sobre a criação da nova criptomoeda sendo que o anúncio realizado esta terça-feira especifica que a “Libra não vai depender diretamente da companhia do norte-americano Mark Zuckerberg.

A criptomoeda vai ser gerida, de acordo com o plano anunciado, por um consórcio de empresas agrupadas sob a direção da Associação Libra, com sede em Genebra, Suíça. As empresas que são designadas como “membros fundadores” incluem as companhias Facebook, Visa, Mastercard, Vodafone, Paypal, eBay, Spotify, Uber, Lyft, Booking Holdings, a firma argentina de comércio eletrónico Comércio Libre, entre outras.

Este consórcio vai ter dedo português na sua fundação: a empresa de José Neves vai juntar-se à equipa como membro fundador, confirmou a Farfetch ao ECO. “A Libra Association será responsável por operar e desenvolver a Libra Blockchain, que será segura, escalável e fiável. Vai suportar um conjunto de usos de negócio assim como uma moeda digital. A Farfetch vai participar ativamente no processo técnico, arquitetural e de desenvolvimento operacional da Libra Association como um dos seus membros fundadores”, explica.

“Para que uma divisa global tenha êxito não pode estar sob o controlo de apenas uma entidade e muito menos por uma entidade comercial como a Facebook, que vai ter voz na associação assim como todos os outros membros. Nem mais nem menos”, disseram as fontes da rede social.

Para levar a cabo a integração da criptomoeda nos serviços das várias empresas envolvidas, a firma Menlo Park, com sede na Califórnia, Estados Unidos, vai criar a subsidiária financeira – Calibra – que vai depender apenas da empresa Facebook.

O primeiro produto da Calibra vai ser uma carteira digital para criptomoedas Libra acessível inicialmente através das plataformas digitais WhatsApp e Messenger e que são propriedade da Facebook.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …

De guerreiros a anciões. Grupo étnico no Quénia faz cerimónia única de "transformação"

Milhares de homens Maasai vestidos com xales vermelhos e roxos e com as suas cabeças revestidas de ocre vermelho reuniram-se esta semana para uma cerimónia que os transforma de Moran (guerreiros) em Mzee (anciãos). De acordo …

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …