Chega “moderou-se” nos Açores. Rio abre a porta a diálogo se o mesmo acontecer no continente

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

“O acordo com o Chega foi a nível regional, nos Açores, e teve por base quatro compromissos e nenhum é fascista”, disse Rui Rio esta segunda-feira, explicando no que consistiu o acordo do PSD com o Chega nos Açores. Em termos nacionais, “há hipótese de diálogo” se “o Chega se moderar”.

Esta segunda-feira, Rui Rio disse “concordar” com os quatro objetivos do Chega para viabilizar o governo nos Açores e considerou que o partido “se moderou” na região.

“No futuro, no continente, já tive oportunidade de dizer isto e deu origem a não sei quantos incêndios políticos. Se o Chega se moderar pode haver hipóteses naturalmente de diálogo. Se o Chega não se moderar não há hipótese de diálogo. Nos Açores moderou-se”, afirmou o líder social-democrata.

O acordo com o Chega “foi a nível regional, nos Açores, e teve por base quatro compromissos e nenhum é fascista: redução do número de deputados, fim da subsidiodependência, criação de um gabinete de combate à corrupção e reforço da autonomia regional”.

“Reduzir deputados, criar mais emprego e reduzir a subsidiodependência, combater a corrupção e querer o reforço da autonomia são compromissos fascistas?”, questionou Rio em declarações aos jornalistas, à margem de uma reunião por videoconferência com a Confederação Empresarial de Portugal – CIP.

Desta forma, Rio deu a entender que a porta a um entendimento entre o PSD e o Chega não está totalmente fechada. “Se a nível nacional quiserem baixar o número de deputados, vamos propor. Se quiserem criar mais emprego e menos subsidiodependência, não vou ser a favor da subsidiodependência só porque o Chega é contra. E estou de acordo com o combate à corrupção”, justificou, acusando o PS e o Bloco de Esquerda de estarem “desesperados” por terem perdido o poder nos Açores.

Questionado pelos jornalistas se o partido tinha, ao aceitar negociar com o Chega uma solução política, “passado a linha vermelha”, Rui Rio negou. “O PSD passou a linha vermelha de querer baixar os deputados regionais, de querer baixar o número de pessoas desempregadas e de combater a corrupção. Foi essa a linha vermelha que o PSD passou.”

“O dr. António Costa, o Partido Socialista e o Bloco de Esquerda estão efetivamente de cabeça perdida e estão claramente a mentir aos portugueses“, disse Rui Rio. “Não fui eu, nem o PSD nacional que negociou o que quer que seja com o Chega.”

O PS venceu as eleições legislativas regionais, mas perdeu a maioria absoluta, que detinha há 20 anos, elegendo 25 deputados. PSD, CDS e PPM, que juntos representavam 26 deputados, anunciaram esta semana um acordo de governação, tendo alcançado acordos de incidência parlamentar com o Chega e o Iniciativa Liberal (IL).

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Agora o Kostinha deve estar orgulhoso por terem seguido o exemplo dele há uns anos – perdeu, mas está neste desgoverno, tal como a chama direita ( só porque não é esquerda) fez agora. Felizmente para os Açorianos. E o Chega, seguramente não é extrema direita. Convém chamar-lhe isso, para assustar quem não entende de política e ainda acredita no kostinha…

  2. Onde está o problema se o Costa se aliou a partidos defensores de ditaduras de esquerda as quais já foram responsáveis por milhões de mortes e torturados pelo mundo fora e isso parece não incomodar muita gente logo a começar pelo senhor Costa. Será que o Chega também seja tentáculo dalguma ditadura e partilhe das mesmas ideias? Quem o souber que o denuncie.

RESPONDER

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …