Chefe de gabinete de Mário Centeno ataca Ministério Público no Facebook

André Caldas / Facebook

André Caldas, chefe de gabinete de Mário Centeno, abraça o primeiro-ministro António Costa

O Ministério Público foi alvo de várias críticas por parte do chefe de gabinete do ministro das Finanças no Facebook, sobretudo por causa dos últimos desenvolvimentos da ação judicial sobre o chamado “Mono do Rato”.

O chefe de gabinete de Mário Centeno no Ministério das Finanças, André Caldas, fez na sua página do Facebook um ataque ao Ministério Público, avança o Observador. O ex-presidente da junta de freguesia de Alvalade apontou o dedo ao procurador da ação judicial sobre o chamado “Mono do Rato” mas acabou por fazer uma crítica generalizada ao MP.

“O Ministério Público tem mostrado com regularidade não compreender bem os limites à sua atuação. Atenção, que quando assim é, a democracia é quem sofre”, escreveu o socialista num post pessoal, agora citado pelo jornal online.

“Já os tinha visto (de perto) assumir que agiam com base em notícias do CM [Correio da Manhã]. Com base no Facebook é uma estreia“, escreveu ainda, naquilo que parece ser uma referência à investigação ao caso dos bilhetes do Benfica que envolveram Centeno.

A alusão seguinte prende-se, segundo o jornal, com o facto de os movimentos contra o “Mono do Rato” terem começado nas redes sociais e terem levado a uma ação do MP que pediu a nulidade da aprovação do projeto.

Em declarações ao Observador, Caldas explica que se trata de um “post pessoal, que nem sequer é público” e que foi feito “só para os amigos do Facebook”. Contactado pela TSF, o Ministério das Finanças recusou-se a comentar o assunto.

As críticas do socialista ao Ministério Público surgem numa altura em que os socialistas têm revelado relutância em assumir a recondução da atual Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal.

No passado domingo, no seu habitual espaço de comentário na SIC, Marques Mendes defendeu que a Procuradora-Geral da República “deve ser reconduzida para um segundo mandato” e que, caso isso não aconteça, será um “uma decisão estranha e suspeita” e que “cheira a esturro”.

O mandato de Joana Marques Vidal só termina em outubro mas uma eventual substituição tem sido abordada por diferentes quadrantes. Apesar disso, o seu futuro está nas mãos do Presidente da República. É a Marcelo Rebelo de Sousa que compete fazer a nomeação, embora sob proposta do Governo, ou seja, do primeiro-ministro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Estátua do papa João Paulo II a retratar a sua luta contra o comunismo está a gerar discórdia

Uma nova estátua do Papa João Paulo II, está a gerar discórdia na Polónia. A escultura está relacionada com os esforços do pontífice na década de 80, altura em que ajudou o país a libertar-se …

Reembolso do IVA, novo apoio e "afinação" no sucessor do lay-off. Governo anuncia novas medidas

O Governo anunciou esta segunda-feira através do seu ministro da Economia e de Estado, Pedro Siza Vieira, uma série de medidas para estimular a procura interna e apoiar a liquidez das empresas no período de …

"É uma tolice continuar a usar gás natural", diz ministro do Ambiente

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, afirmou que a aposta no hidrogénio verde é a melhor opção para descarbonizar a indústria nacional e que "é uma tolice continuar a …

Condições desumanas no centro de Lisboa: Moradores sem água despejam dejetos na rua

Na Quinta do Ferro, no coração de Lisboa, o cenário é descrito pelos moradores como “assustador” e “uma miséria”. Neste bairro, há quem viva sem luz e ainda despeje os dejetos na rua como em …

Governo vai criminalizar graffiti que custam um milhão de euros à CP

O Ministério da Justiça prepara-se para endurecer a lei contra o graffiti, que tinha sido descriminalizado, em 2013, durante o Governo de Pedro Passos Coelho. De acordo com o jornal Público, o Governo está a preparar …

Matos Fernandes diz que há "pressa" em explorar lítio, mas garante que Portugal não o fará a todo o custo

O ministro do Ambiente, Matos Fernandes, afirmou esta segunda-feira que Portugal não vai explorar o lítio “a todo o custo”, mas que este é “absolutamente fundamental" para a descarbonização, razão pela qual o Governo vai …

Governo vai reembolsar parte do IVA das compras no turismo e restauração

O Governo prepara uma flexibilização da medida de apoio à retoma, que veio substituir o ‘lay-off’ simplificado, bem como uma iniciativa que permitirá reaver parte do IVA dos serviços de turismo e restauração, adiantou o …

97,3% dos doentes com covid-19 estão a recuperar em casa

A grande maioria dos doentes (97,3%) com covid-19 está a recuperar em casa, estando os restantes internados em enfermarias e nos cuidados intensivos, disse hoje o secretário de Estado Adjunto e da Saúde. Segundo os dados …

Restauração quer esplanadas cobertas no inverno e “mordomo” a fiscalizar regras

A associação nacional de restaurantes PRO.VAR – Promover e Inovar a Restauração Nacional pediu este domingo ao Governo a criação da figura de “mordomo” no programa Adaptar 2.0 para ajudar na manutenção das regras de …

De cinco para zero: a formação do Benfica no 11 inicial

O regresso de Jorge Jesus já fazia prever a diminuição do número de futebolistas locais na equipa do Benfica. Rúben Dias saiu e, em menos de um ano, o Seixal desaparece dos titulares. 5 de novembro …