Chefe de gabinete ofereceu telemóvel à PJ para provar que Azeredo sabia

O tenente-general Martins Pereira, chefe de gabinete de Azeredo Lopes, ofereceu o seu telemóvel à PJ para investigação. As provas poderão demonstrar que o ex-ministro da Defesa mentiu no caso de Tancos.

Azeredo Lopes, ex-ministro da defesa, afirmou publicamente que nunca tinha sido informado, pelo seu chefe de gabinete, o tenente-general Martins Pereira, sobre o esquema da PJ Militar no roubo de armas de tancos.

Contudo, de acordo com o CM, o chefe de gabinete ligou-lhe através do Whatsapp, dando-lhe conta da forma como as armas foram recuperadas e do encobrimento dado pela PJ Militar aos autores do furto de tancos.

O Whatsapp, uma aplicação de mensagens instantâneas e chamadas de voz para smartphones, funciona através da internet o que invalida o registo de chamadas pelas operadoras.

Sem esse registo, as investigações da Judiciária Civil e do DCIAP nunca poderiam chegar à ligação efetuado pelo chefe de gabinete do ministro.

Para demonstrar a verdade, o general ofereceu o seu telemóvel de modo a ser realizada uma perícia que poderá confirmar a chamada que diz ter efetuado ao ministro na presença de responsáveis da PJ Militar – Luís Vieira, diretor e Vasco Brazão, investigador.

Os responsáveis da PJ Militar teriam ido levar ao gabinete do tenente-general um memorando a dar conta de parte da atuação que tiveram, à margem da lei, e terão presenciado o telefonema que Martins Pereira fez ao ministro.

Azeredo Lopes, que será chamado ao DCIAP para prestar esclarecimentos, sempre negou ter sido informado do esquema da PJM e arrisca agora a ser constituído como arguido por denegação de justiça.

Costa garante que não conhecia memorando

O primeiro-ministro António Costa afirmou que o ex-ministro da defesa não o pôs ao corrente sobre o que se passou em Tancos e assegurou esta manhã de sexta-feira que não teve qualquer conhecimento da encenação que aconteceu.

“Nem através de Azeredo Lopes nem através de ninguém, não conhecia”, disse o primeiro-ministro.

O primeiro-ministro respondeu aos jornalista quando questionado sobre as declarações do tenente-general Martins Pereira, chefe de gabinete do antigo ministro que afirma ter informado Azeredo Lopes.

Segundo o JN, quando questionado sobre se achava que tinha sido enganado pelo ex-ministro, António Costa respondeu “acho que não”.

Depois de negar por várias vezes qualquer conhecimento sobre o caso de Tancos, António Costa recusou tecer mais comentários sobre a matéria em investigação.

“A única coisa que desejo é que as autoridades judiciárias competentes concluam tão depressa quanto possível esta investigação” e que detenham e responsabilizem “os ladrões e eventuais cúmplices”, afirmou o primeiro-ministro.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. E foi só ele???

    Da forma que as coisas estão todos deviam saber (presidente da república, primeiro ministro, etc…) mas como as coisas correram mal agora tem que o mexilhão arcar com as consequências para “livrar os cães grandes” das consequências…

  2. Mas toda a gente incluindo a SRª Cristas, todos tão preocupados com a recuperação das armas!
    Mas não vejo ninguém preocupado com o roubo!
    Os Portugueses querem saber é como foram roubadas, se é que foram mesmo roubadas! E quando? Pois com toda esta histeria da devolução , não se fala e tenta esclarecer o roubo!
    Ou terá sido tudo uma encenação?

  3. TODOS SABIAM !!!
    Alguém os convenceu que com a encenação, o roubo das armas ficaria esquecido e sem importância.
    Estavam todos enganados e a MENTIRA parece um elefante na sala.

    • O que sabe do roubo? Esclareça? Foi só o neto da avó que as levou no bolso para a quinta da avó?
      È muito estranho, não acha? Para devolver tiveram que ser vários carros, para roubar foi só o netinho?
      Quero mesmo saber é como foram roubadas. Insisto se é que foram. Ou tambem foi encenação naquela data quando já tinham sido roubadas muito antes

      • Do roubo sabemos todos o mesmo, o esclarecimento acerca deste assunto foi geral e foi o que vimos.
        Possivelmente as pessoas envolvidas na devolução, são as mesmas que estão envolvidas no roubo.
        Ou então haverá 2 grupos, tão poderosos, tão corruptos e com tanta influência a trabalhar no mesmo assunto, um a roubar outro a devolver!
        Não creio, mas é apenas a minha opinião.

  4. O Costa não sabia ??? não é a primeira vez que é apanhado a mentir, ou melhor a não dizer toda a verdade. Só um louco acha que Azeredo Lopes guardou esse “segredo” só para si. Pelo menos é a minha opinião.

  5. O whatsapp apesar de funcionar via internet e encriptar as mensagens, continua a guardar nos servidores os metadados (registos de quem liga para quem).
    Apesar de poder ser um entrave (pois tem de pedir informação a uma entidade que não é nacional), a PJ poderá vir a ter acesso à data-hora a que foram efetuadas as chamadas e trocadas as mensagens.

  6. Foi tudo uma encenação… Não houve roubo!… Já o ex-ministro Azarado Lopes dizia há uns meses que talvez não tivesse havido roubo… As armas eram todas obsoletas e valiam uns míseros euritos, dizia um senhor baixinho fardado… Ah, a seguir até apareceram mais armas do que aquelas que tinham sido roubadas, dizia um outro senhor fardado… O chefe de gabinete do A. Lopes tinha sido informado da verdadeira encenação da recuperação das armas, mas não tinha informado o Lopes e o Lopes também não tinha informado o primeiro-ministro. Agora, já se sabe que o chefe de gabinete sabia e que este deu conhecimento ao ministro A. Lopes. E este não informou o primeiro ministro? Puro ilusionismo… E assim se vai iludindo quem quer.

  7. Acredito que quem praticou o roubo foram os mesmos que as devolveram ou encenaram a devolução.
    Qual seria o destino ou para onde foram as armas? ninguém vai fazer um roubo destes para oferecer armas e sem saber o que lhes fazer.
    Para haver vendedor tem que haver comprador, sem ser terroristas quem mais pode comprar armas deste calibre e esta quantidade no mercado negro?
    O que é também bastante grave é que parece que todos os que deveriam ter resolvido o assunto, tanto no roubo, (guardar o material de guerra de forma a ser impossível o roubo), como no aparecimento, a GNR quando foi contactada teria logo que actuar informar a PJ denunciando o que se estava a passar.
    Não estamos a falar de uma pessoa,falamos de GNR, PJM,Generais, Ministros e quem vêm a seguir?

  8. Sabia o senhor Azeredo, sabia o senhor Costa e até já ponho em dúvida se o senhor Marcelo não saberia também, falta de transparência e compadrio para com os amigos é o resultado em que isto tudo deu que acaba por ser uma vergonha nacional e no governo tudo parece marchar sobre rodas como se nada acontecesse.

RESPONDER

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …