CGD não consegue penhorar casa de luxo de Berardo. Está em nome de empresa

Manuel de Almeida / Lusa

A Caixa Geral de Depósitos não conseguiu penhorar a casa de luxo onde Joe Berardo vive, em Lisboa. É um T5 na Avenida Infante Santo, avaliado em 1,85 milhões de euros.

A notícia é avançada pelo Correio da Manhã. De acordo com o jornal, o imóvel foi comprado pelo empresário em 1999 mas foi vendido em finais de 2008 a uma empresa da qual Berardo é presidente do conselho de administração – mas não acionista. A compra foi feita pouco depois da falência da Lehman Brothers nos EUA, que marcou o início da crise financeira.

O empresário vai esta sexta-feira à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos (CGD) para dar explicações sobre os créditos que recebeu do banco público e que estiveram na origem de um dos principais “buracos” que obrigaram à recapitalização recente da instituição.

O investidor deve cerca de 300 milhões de euros ao banco público, cerca de um terço do total de dívidas que têm em incumprimento nos principais bancos nacionais, que vão avançar para uma investida judicial conjunta para tentar recuperar algum valor.

Segundo o Jornal Económico, também esta sexta-feira, os bancos vão tentar penhorar 100% da coleção de obras de arte de Berardo – não apenas 75% – como vinha sendo noticiado. CGD, BCP e Novo Banco querem reaver créditos em torno de mil milhões de euros através da execução de penhores dos títulos da Associação Coleção Berardo, proprietária das obras de arte que foram cedidas ao Estado.

Este imóvel, em particular, está em nome da Atram – Sociedade Imobiliária, empresa da qual Berardo é o presidente do conselho de administração. Mas o empresário não é acionista direto da empresa. A titularidade passou de Berardo para a empresa, em 2008, no âmbito de uma “entrada para aumento de capital da sociedade”, segundo a Conservatória do Registo Predial de Lisboa.

Segundo a caderneta predial, o apartamento de Berardo corresponde a um T5: tem uma área bruta privativa de 430 metros quadrados e uma área bruta dependente de 65 metros quadrados. O Fisco atribuiu ao imóvel, em 2017, um valor patrimonial tributário, para efeitos de IMI, de 570 mil euros.

Se não for capaz de ir buscar o imóvel, o banco público vai tentar penhorar os salários de Berardo, pagos pela Atram, intenções que o advogado de Berardo diz desconhecer.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Se esse Sr. não tinha bens em seu nome como lhe foram concedidos tantos créditos e de quantias tão avultadas? A banca quando concede créditos não deve assegurar-se que pode fazê-lo, não exige mil e uma garantias? Pois então, se os decisores da banca não tomaram, como deviam, as devidas cautelas, proponho que sejam a pagar as dívidas pagar, dos seus prórpiros bolsos, daquele em quem confiaram. Também a ganharem como ganham e com as benesses e mordomias que têm certamente não será um grande sacrifício para esses decisores da alta roda. Agora, quem não pode pagar as dívidas desse Sr. Berardo, e de quaisquer outros mafiosos, é o Estado com o erário público, que é dinheiro de todos nós, e não falat onde empregá-lo BEM! Esquecia de dizer que se a Lei – que é elaborada pelos políticos, é bom que se sublinhe – não permitir obrigar esse e outros Srs mafiosos a entregarem o que devem, então é porque está na hora de mudarem a Lei. Assim é que não pode continuar!

    • Na verdade, não importa. Não sendo ele, não se pode penhorar pelas suas dívidas.
      Ele até paga a renda mensal…..
      Ou se calhar o T5 é emprestado. Onde é que eu já ouvi isto??????

  2. mas está tudo doido? se o imóvel entrou “para aumento e capital da empresa” necessariamente que, pelo menos nessa data, era acionista (quem entra com o capital…)

  3. Se calhar também é de um “amigo”…. Eu acho que importa saber saber a história toda.

    Acho que se deve procurar saber e provar se houve fraude nestas transferências de propriedade de bens.

Responder a rahul Cancelar resposta

A Casa Branca contratou para a NOAA cientistas que defendem que as mudanças climáticas "são uma mentira"

Funcionários do governo norte-americano terão abordado cientistas com historial de críticas regulares sobre as mudanças climáticas causadas pelo homem, aos quais foram propostos cargos de gestão na NOAA. Segundo especialistas citados pela E&E News, esta …

United quase pede para Dalot sair

Adeptos pensavam que o português nunca mais ia jogar pela equipa principal do Manchester United. Jogou na Taça da Liga e não convenceu. O Manchester United seguiu para os quartos-de-final para a Taça da Liga inglesa, …

Testemunhas revelam que agentes de inteligência dos EUA consideraram sequestrar (e envenenar) Assange

Testemunhas anónimas revelaram em tribunal que planos para envenenar ou sequestrar Julian Assange da embaixada do Equador foram discutidos entre fontes da inteligência dos Estados Unidos e uma empresa de segurança privada que espiou o …

"Assassino do Twitter" assume ter matado 8 mulheres que partilharam pensamentos suicidas

O caso está a chocar o Japão. Perante o Tribunal de Tóquio, Takahiro Shiraishi declarou-se culpado, após ter assassinado e esquartejado oito mulheres e um homem em 2017. O assassino conheceu as vítimas através da rede …

"Como me mudar para o Canadá?" É o que os norte-americanos querem saber depois do debate presidencial

Depois do debate presidencial ficar marcado por diversas interrupções e insultos entre os candidatos à Casa Branca, são muitos os americanos a sentirem-se tentados a abandonar o país, e já escolherem o destino: o Canadá. Ao …

"Não toleramos insultos": Equipa abandona jogo decisivo ao intervalo

Comentário sobre a homossexualidade de um futebolista antecipou o final de um jogo de futebol. A mesma equipa tinha protestado outro encontro devido a insulto racista. O jogo de futebol entre San Diego Loyal e Phoenix …

Cofina condenada a pagar 3 milhões de euros ao Fisco

A Cofina, que detém o Correio da Manhã, a CMTV, a Sábado e o Jornal de Negócios, vai ter de pagar três milhões de euros à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) após ter perdido o …

Desfasamento do horário vigora até 31 de março de 2021 (e pode ser prolongado)

O regime excecional que contempla o desfasamento de horários vigora até 31 de março de 2021, podendo ser prolongado, e os trabalhadores sem transportes públicos que lhe permitam cumprir o horário podem opor-se. O diploma que …

Mário Centeno vai dar aulas na Universidade Nova

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, vai dar aulas na Universidade Nova, em Campolide, Lisboa, avança o jornal Público esta quinta-feira. O antigo ministro das Finanças do Governo de António Costa vai lecionar a …

ADSE quer pagar reembolsos atrasados em menos de dois meses

A ADSE quer resolver os atrasos de largos meses que se verificam nos reembolsos das despesas que os beneficiários fazem no regime livre em menos de dois meses. De acordo com o semanário Expresso, a intenção …