Centeno desvaloriza peso de moratórias que terminam na quarta-feira

Mário Cruz / Lusa

O ex-ministro das Finanças e governador do Banco de Portugal, Mário Centeno

O governador do Bando de Portugal (BdP), Mário Centeno, disse aos deputados da comissão de Orçamento e Finanças que as moratórias nos créditos à habitação que finalizam na quarta-feira não foram concedidas aos clientes mais problemáticos, abrangidos estes pelos apoios que terminam em setembro.

“Em relação às moratórias privadas para habitação, desde o ponto mais alto dessas moratórias, que se deu em junho, até ao mês de fevereiro, temos uma redução de 42%. São menos 2.375 milhões em moratórias privadas [nesse período]. Uma redução continuada”, indicou esta terça-feira durante a audição requerida pelo Bloco de Esquerda.

Como avançou o Expresso, na quarta-feira extinguem-se as moratórias em empréstimos à habitação de 3,7 mil milhões de euros. Em parte destas moratórias, as prestações aumentarão em abril. Há ainda mais 13,4 mil milhões de euros em crédito à habitação sob moratória, que se estendem até setembro (uma parcela até dezembro).

“A esmagadora maioria das moratórias estão ao abrigo da moratória pública” que tinha condições de acesso “muito claras”, “bastante abrangentes” e que era destinada sobretudo a “trabalhadores desempregados, que tinham sofrido quebras de rendimento”, referiu, acrescentando que “não é o momento de retirar medidas para aqueles que foram abrangidos pela crise. Para esses, não estão a terminar”.

Centeno considerou que não há margem para um prolongamento das moratórias. “Essa extensão levaria a que os créditos que fossem considerados em moratória no âmbito dessa prorrogação passassem a estar como créditos reestruturados. Seria uma reestruturação em massa”, indicou o governador.

“A moratória seja pública, seja privada, deve ser feita ao abrigo das orientações comuns que os bancos portugueses têm de respeitar. É a forma de melhor proteger os clientes bancários”, indicou, evitando assim um “efeito ricochete” sobre os bancos e os clientes.

No final de janeiro, havia um total de créditos de 45,7 mil milhões de euros sob moratória, tanto a particulares como a empresas. No caso das empresas, são 24 mil milhões. Centeno frisou estas aumentaram “a capacidade de resposta financeira” e é com base nessa informação que é preciso “jogar”.

“Estamos a trabalhar numa caracterização da evolução de todo o sector empresarial em Portugal para o poder caracterizar e identificar tendências que possam ser merecedoras de uma evolução das medidas, em particular as associadas às moratórias, em que o Banco de Portugal tem palavra a dizer”, revelou.

  Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …