Centeno esclarece que não pretende concorrer a governador do Banco de Portugal

Nuno Fox / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Numa entrevista à TSF, o Mário Centeno admitiu ter perfil para o cargo. Agora, o atual ministro das Finanças vem esclarecer que não pretende candidatar-se.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, esclareceu este fim de semana que não pretende candidatar-se a governador do Banco de Portugal e que se limitou a responder a uma questão que lhe foi colocada sobre o perfil para o cargo.

Não houve nem polémica nem candidatura. A única coisa que eu fiz foi: perante uma pergunta sobre qualificações, respondi naturalmente, comparando a importância do cargo do Banco de Portugal com o do diretor-geral do FMI. É só isso, não tem rigorosamente mais informação nenhuma”, afirmou.

Centeno falava aos jornalistas em Helsínquia, à entrada para uma reunião de ministros das Finanças da União Europeia, ao ser questionado sobre as suas declarações no programa da TSF “Bloco Central”, quando admitiu ter perfil para ser governador do Banco de Portugal.

Às vezes há uma certa sanha interpretativa daquilo que se diz e se responde”, lamentou. “Era absolutamente natural que essa avaliação fosse feita perante a pergunta que me foi colocada. Não há polémica nem candidatura”, reforçou.

No programa de quinta-feira da TSF, Mário Centeno, ao ser questionado sobre se tinha perfil para ser governador do Banco de Portugal, admitiu que sim, ao compará-lo ao de diretor-geral do Fundo Monetário Internacional, ao qual foi ‘candidato a candidato’.

“Se eu me vejo com perfil para ser governador do Banco de Portugal? Se houver um perfil de um governador do Banco de Portugal é mais ou menos a mesma coisa do que ser diretor geral do FMI, do ponto de vista das qualificações, e, portanto, não vejo onde pudesse estar aí uma dificuldade”, respondeu.

O ministro também comentou a melhoria da perspetiva sobre o rating de Portugal pela agência de notação Standard & Poor’s (S&P), e disse que o país deve ter noção da importância destes “momentos”.

Trata-se de “mais uma boa notícia sobre a confiança, a credibilidade do processo económico, financeiro e orçamental em Portugal”, declarou Mário Centeno, a propósito do anúncio da S&P sobre a “mudança para uma perspetiva positiva a notação da dívida da República Portuguesa

“Esta confiança que obtemos destas agências internacionais faz com que, neste momento, todas essas agências tenham uma perspetiva positiva sobre essa notação, o que perspetiva de certa forma que no curto prazo possam existir melhorias da notação propriamente dita”, afirmou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Japão promete "uma sociedade neutra em termos de carbono" até 2050

O Japão quer alcançar a neutralidade de carbono até 2050, disse hoje o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga, um caminho que se afigura complicado, devido à dependência do país do carvão. Numa altura em que cada vez …

"Nada nos vai fazer recuar". Macron desperta a raiva do mundo muçulmano (e enfurece Erdogan)

Emmanuel Macron, presidente de França, assumiu posições muito claras na defesa da liberdade de exibir as caricaturas de Maomé, no âmbito da homenagem ao professor decapitado na semana passada, suscitando protestos em vários países muçulmanos. "Nada …

Merkel avisa Alemanha que os próximos meses vão ser “muito difíceis”

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser "muito difíceis", já que o número de infeções por covid-19 continua a crescer diariamente, tendo-se registado 8.685 nas últimas …

Portugal acusado de bloquear lei europeia contra evasão fiscal pelas multinacionais

Os governos português e sueco estão a ser acusados de bloquear, no Conselho da União Europeia (UE), a deliberação de uma lei contra a evasão fiscal por parte de grandes empresas multinacionais digitais. Segundo anunciou esta …

Consumo de antibióticos desce 22% durante a pandemia. Menos 1,1 milhões de embalagens vendidas

O consumo de antibióticos registou uma descida na ordem dos 22% nos primeiros oito meses deste ano. Venderam-se menos 1,1 milhões de embalagens, quando comparado com igual período do ano passado. Entre janeiro e agosto deste …

Portugal regista mais 2.447 casos e 27 mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 2.447 casos positivos e 27 mortes por covid-19. A informação foi divulgada, esta segunda-feira, no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico divulgado hoje revela que …

Testes rápidos devem ser aplicados em surtos em escolas ou lares

A Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, hoje publicada, determina que em situações de surto em escolas, lares ou outras instituições devem ser utilizados preferencialmente testes rápidos no sentido de aplicar "rapidamente as medidas adequadas …

Em Berlim, Marta Temido defende reforma e reforço de poder da OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) deve ser alvo de uma reforma substancial que leve ao reforço do seu poder internacional na sequência da pandemia de Covid-19, defendeu esta segunda-feira a ministra da Saúde, Marta …

PJ faz buscas à Fiscalização e Contratação da Câmara de Barcelos

A investigação, relacionada com contractos efetuados no pelouro da vereadora Anabela Real, estão a ser investigados pela Polícia Judiciária. A Polícia Judiciária (PJ) fez hoje buscas na Câmara de Barcelos, tendo como alvo principal os serviços …

Governo ordena "encerramento compulsivo" do Instituto Superior de Gestão e Administração de Leiria

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, determinou o "encerramento compulsivo" do Instituto Superior de Gestão e Administração de Leiria, instituição privada detida pelo grupo Lusófona, que deverá fechar portas até ao fim …