CDS acusa PS de fazer relatório com informações “falsas” para ilibar Costa e Azeredo

Paulo Cunha / Lusa

José Azeredo Lopes com António Costa

Centristas arrasaram o relatório relativo à comissão de inquérito de Tancos feito pelo deputado socialista Ricardo Bexiga: é “omisso” e contém informações “substancialmente falsas”.

Segundo o CDS, o relatório relativo à comissão de inquérito de Tancos, elaborado pelo deputado do PS Ricardo Bexiga, contém um conjunto de “alegações falsas” que escondem responsabilidades e ilibam o ex-ministro da Defesa, José Azeredo Lopes, e o primeiro-ministro, António Costa.

Nas propostas de alteração ao relatório que vão entregar no Parlamento, os centristas arrasam o documento preliminar e descrevem-no como um texto “substancialmente omisso e incompleto na análise e descrição dos factos apurados”. Além disso, de acordo com o Expresso, acusam o grupo parlamentar do PS de querer “ocultar responsabilidades políticas do atual Governo” e de diluir culpas.

Aliás, em certos casos, o relatório inclui mesmo informações “absolutamente falsas“, numa “desastrada tentativa” de isentar o Executivo de responsabilidades, acusa o CDS.

Um dos problemas apontados é o facto de não se escrever no documento que António Costa fez declarações que “não correspondem à verdade” quando disse, a 26 de outubro do ano passado, que não tinha conhecimento do memorando que descrevia a operação de encenação para recuperar as armas, apesar de o seu chefe de gabinete ter confirmado na comissão que lhe entregou o documento a 12 de outubro, data da demissão de Azeredo.

Para os centristas, o relatório deveria “procurar ilustrar com maior transparência e rigor as inexatidões e omissões do primeiro-ministro”.

Além disso, acrescentam, outro ponto de discórdia é a falta de referências à “inação” de Azeredo Lopes, que soube da operação e nada fez. No entender do CDS, o relatório “desvaloriza a relevância” do memorando.

Os deputados do CDS argumentam que o então ministro da Defesa deveria ter agido quer quando tomou conhecimento das ações da Polícia Judiciária Militar (PJM), quer quando não deu conhecimento delas ao Ministério Público (MP) ou quando não determinou “qualquer procedimento inspetivo” à polícia militar.

Por todos estes motivos, os centristas propõem alterações e concluem que o relatório preliminar é “orientado especialmente para a defesa do atual Governo, como se das alegações de defesa do PS se tratasse”.

No relatório de Ricardo Bexiga o PS sai isento de culpas, concluindo que a PJM tentou implicar os gabinetes do ex-ministro da Defesa e do presidente da República na questão da encenação para recuperar as armas, mas que estes não tiveram acesso a informação “percetível” sobre a operação.

Segundo o Expresso, nesses documentos, em que se referia a operação de recuperação das armas, e que “não eram oficiais”, havia informação pertinente, mas não a suficiente para o Governo se aperceber do encobrimento, garante-se no relatório.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Países reinventam turismo. No México, hotéis oferecem 2 noites por cada 2 pagas

A pandemia de covid-19, que já matou mais de 350 mil pessoas em todo o mundo, pôs travão ao turismo mas já há países que preparam a retoma do setor com muitas ofertas e até …

Mais de mil condutores ficaram sem carta por perda de pontos

Mais de mil condutores ficaram sem carta de condução por perderem pontos, avança o Jornal de Notícias, dando conta que quase 300 pessoas tiveram que voltar à escola de condução para voltarem a ter permissão …

Confinado num hotel de luxo, funcionário abre 1400 torneiras a cada cinco dias

O diretor de engenharia do hotel W Barcelona, em Espanha, está a viver sozinho no estabelecimento turístico para garantir o seu pleno funcionamento até ao dia da reabertura. No âmbito das medidas impostas pelo Governo espanhol para …

Prisão preventiva para suspeito de matar estudante de psicologia em Lisboa

O suspeito de matar a estudante universitária de psicologia Beatriz Lebre, de 23 anos, ficou em prisão preventiva, depois de presente a primeiro interrogatório judicial, em Lisboa, disse à agência Lusa o advogado do arguido. Miguel …

BPI quer cobrar dívida de quase 5 milhões ao marido de Isabel dos Santos

O BPI interpôs um processo no Tribunal do Funchal, na Madeira, para cobrar uma dívida de 5 cinco milhões de euros ao marido da empresária Isabel dos Santos. A notícia é avançada este sábado pelo Diário …

Mais 13 mortes e 257 infetados. Região de Lisboa concentra 90% dos novos casos

Portugal regista este sábado 1.396 mortes relacionadas com a covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 32.203 infetados, mais 257, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Registou-se um aumento de 0,8% no …

Recibos verdes e sócios-gerentes já podem pedir apoio relativo a maio

O formulário para os trabalhadores independentes e sócios-gerentes pedirem o apoio criado no âmbito da pandemia covid-19, relativo a maio, fica hoje disponível na Segurança Social Direta, podendo ser entregue até 9 de junho. O prazo …

Director nacional da PJ defende "recompensa garantida" para Rui Pinto

O director nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, realça a colaboração de Rui Pinto como tendo sido essencial para apurar a "verdade material" no caso de pirataria informática que o envolve e defende, por …

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …