“Caso CGD vai estourar nas mãos do governo”

José Sena Goulão / Lusa

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho

Passos Coelho está revoltado porque António Costa está “alegremente a conduzir o país para uma situação pior”, enquanto adia problemas à espera de “eleiçõezinhas”. Declarações do líder do PSD numa entrevista onde ainda prevê que o caso CGD vai “estourar nas mãos” do governo.

Numa entrevista conjunta à TSF e ao Diário de Notícias, o ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho acusa António Costa e o seu Executivo de fragilizar a banca, nomeadamente pela forma como tem lidado com a Caixa Geral de Depósitos (CGD).

O líder do PSD assume que a CGD “tem um problema de rentabilidade, também devido à política do BCE – que está a acontecer sobre todos os bancos”, mas rejeita a versão do governo de Costa de que o executivo PSD-CDS deixou um desvio de três mil milhões de euros no banco do Estado.

Está a induzir as pessoas em erro. Não existe um buraco na CGD, não é sério“, aponta Passos Coelho na entrevista, considerando que a forma como o ministro das Finanças, Mário Centeno, falou do assunto é “perigosa e inaceitável”.

“Está a lançar uma suspeita sobre a CGD e sobre o resto dos bancos portugueses, e isso vai estourar-lhe nas mãos“, vaticina o ex-primeiro-ministro.

“Riscos muito sérios” de haver um segundo resgate

Falando de uma “retórica incendiária em relação ao sistema financeiro”, Passos acusa Costa de pretender “criar a convicção de que o Governo herdou uma situação caótica na banca que impede hoje o país de crescer e o Governo de fazer o que queria”.

“Com esta abordagem de dar a entender que receberam um país em circunstâncias horríveis, para andarem a denegrir o que fez o Governo anterior, estão a semear condições para tornar o sistema financeiro ainda mais vulnerável. E isso pode ter consequências desastrosas”, prevê.

“Há riscos muito sérios que se estão a correr com estas políticas” do governo de Costa, diz ainda sobre a possibilidade de um segundo resgate, até pela dúvida e potencial nova crise financeira que pode assolar a Europa.

“Despesa adiada à espera de eleiçõezinhas”

Manifestando a “revolta” pela estratégia do governo, Passos salienta que “as pessoas sabem que estão a agravar as perspectivas de futuro do país”.

“Estão alegremente a conduzir o país para uma situação pior apenas para poderem dizer que o passado foi pior do que as pessoas julgavam, para desqualificar os adversários e para poder – demagogicamente – atrair votos“.

A “despesa está a ser adiada, chutada para a frente. Não se trata de maquilhar, é recorrer a expedientes”, acusa Passos, prevendo que “as receitas vão ficar muito aquém” do esperado e que não acredita na perspectiva do governo de que o défice fique abaixo dos 3%.

“O risco que estamos a correr é de o défice ficar acima dos 3%”, diz Passos.

“E quando ouço o ministro das Finanças e o primeiro-ministro dizerem que não, parece conversa de pura demagogia política de quem está à espera de eleiçõezinhas daqui a uns meses e quer chegar lá em boas condições”, considera o ex-primeiro-ministro na entrevista.

SV, ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Qualquer das formas o senhor Costa há alguns meses atrás e mais a sua comitiva de extrema-esquerda tinham soluções para tudo, espero que a poção mágica não se esteja a diluir e a magia a perder efeito, vamos aguardar para ver!

  2. Se pensarmos bem, no que há meses anda a profetizar esta criatura e seus seguidores, concluimos que, para além do mal que causou à sociedade portuguesa, enquanto líder da coligação de interesses (esploradores/corruptos/parasitas), durante os quatro anos que ocupou o poder em Potugal, chegamos à triste conclusão de que os principais inimigos dos portugueses, estão cá dentro do país e por isso, aqueles que vivem honradamente do seu trabalho, devem estar atentos e fazer um esforço para perceber o que é que os lídimos represenrantes dos agiotas financeiros e dos exploradores pretendem, para os trabalhadores(as)/empregados(as)/empresários(as) honestos do nosso país.

  3. Digo o mesmo que o nosso “hermano” espanhol disse há uns tempos, “PORQUE NÃO TE CALAS”… Fazias um melhor serviço ao país.

  4. Então mas quem é que escondeu o caso do banif e já o da cgd por causa de eleiçoezinhas???Se não me engano foi o (des)governo de passos!Como não lhe estão a fazer as vontades o puto mimado que nunca fez nada está a fazer birrinhas!Está-lhe a ser difícil ver o país a crescer seguindo outro rumo não é?Felizmente e finalmente já são vários os países europeus que estão a dizer um basta a austeridade nazi!

  5. Peço desculpa pelo português: Mas isto faz-me lembrar os “peidos engarrafados” no Carnaval. Alguém largava e os restantes é que tinham que levar com o cheiro…

  6. Este moçoilo anda todo desnorteado… por ti ja tinhas vendido a Caixa pelo preço da uva mijona aos teus amigos. quem sabe não recebias uma comissão para pagares as dívidas. Alem disso, como Rui Rio a morder te os calcanhares, que será de ti depois? Quem te quer como empregado? Resta-te o parlamento… enfim, vais ter um final que mereces… TRISTE

RESPONDER

O Banif deixou de ser um banco em 2015, mas continua sem haver relatório obrigatório por lei

Os credores aguardam há quatro anos e meio que seja divulgado o relatório que diga qual a percentagem de recuperação a que têm direito por lei. A 20 de dezembro, completaram-se quatro anos desde que o …

FC Porto revela tempo mínimo de paragem de Marcano

O futebolista Iván Marcano, que sofreu uma uma rotura do ligamento cruzado, vai ficar afastado dos revelados pelo menos durante três meses. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o FC Porto …

Num voo histórico, Space X lança esta quarta-feira astronautas da NASA para o Espaço

A Space X vai lançar esta quarta-feira dois astronautas da NASA para o Espaço. Este voo tripulado será certamente histórico, assinalando momentos importantes quer para a agência espacial norte-americana quer para a empresa de Elon …

Crise no PSG. Mbappé e Di Maria dispensam 70% do salário, Neymar não abdica de um euro

Visando minimizar os impactos financeiros da covid-19, o PSG reuniu com a equipa para discutir uma redução salarial. De acordo com o francês Le Figaro, não houve consenso: Mbappé e Di Maria estão dispostos a …

Bruxelas propõe Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros

A Comissão Europeia vai propor um Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros para a Europa superar a crise provocada pela pandemia da covid-19. "A Comissão propõe um Fundo de Recuperação de 750 mil …

Gabriel confirma recuperação. "Pronto para voltar aos relvados"

Recorrendo às redes sociais, o médio brasileiro do Benfica Gabriel confirmou que já recuperou da lesão ocular e que se encontra pronto para voltar aos relvados. "Estou recuperado e pronto para voltar aos relvados graças …

Défice está a agravar-se. Medidas contra a pandemia custaram 660 milhões ao OE

O défice orçamental em abril agravou-se em 341 milhões de euros, quando comparado com o mesmo mês do ano passado. Os impactos da pandemia de covid-19 já se estão a fazer sentir. De acordo com os …

Equipas da I Liga vão poder fazer cinco substituições até ao final da época

As equipas da I Liga vão poder fazer cinco substituições e ter nove jogadores suplentes nos restantes encontros da edição 2019/20, anunciou a Liga de clubes. "No remanescente da época desportiva 2019/20, os clubes devem designar …

António Costa avisa TAP. Plano de rotas "não tem credibilidade"

O primeiro-ministro considera que a Comissão Executiva da TAP tem o dever legal de "gestão prudente" e "não tem credibilidade" um plano de rotas sem prévia informação sobre a estratégia de reabertura de fronteiras de …

Acordo iminente entre FC Porto e PSG por Alex Telles. Dragões encaixam 25 milhões

O desportivo A Bola garante esta quarta-feira que está praticamente alcançado o acordo para a para a transferência de Alex Telles do FC Porto para o PSG. De acordo com o jornal, o negócio que levará …