“Carrega Tino”. Páginas do Chega apelam ao voto em Vitorino Silva

Facebook

Páginas do Chega apelam ao voto em Vitorino Silva

Vários ex-dirigentes locais do Chega deixaram de apoiar André Ventura na corrida presidencial, passando a apelar ao voto em Vitorino Silva nas suas páginas oficiais. Ventura pondera ação judicial.

“Vote Vitorino Silva, para um Portugal Melhor”. Várias páginas de concelhias do Chega do distrito de Leiria, como Nazaré, Caldas da Rainha, Óbidos, Pombal, Ansião e Bombarral, viraram páginas de apoio ao candidato presidencial Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans.

“Isto é um protesto e uma forma de alertar as pessoas que estão indecisas, tentar dissuadi-las. Essas pessoas estão iludidas com o Chega como nós estávamos e depois percebemos que o André Ventura tem dois discursos. Diz o que o povo quer ouvir, mas é só isso”, disse à Sábado um ex-membro da concelhia da Nazaré, que preferiu manter o anonimato, acrescentando ainda que “Ventura já não é o nosso líder”.

Vários apoiantes do Chega, alguns deles gestores destas páginas de Facebook, optaram por retirar o seu apoio a André Ventura e passaram a apoiar publicamente o candidato de Rans.

Tiago Sousa, ex-líder da concelhia do Bombarral, abandonou o partido após “o vergonhoso congresso em Évora”, como descreveu à Sábado, e diz que prefere o Tino de Rans porque “é o único candidato antisistema”.

“O único candidato sério, alérgico ao sistema, e que trabalha no duro. Este sim”. Escreveu Rodrigo Freire, ex-líder da distrital de Leiria do partido Chega, numa publicação de Facebook. No entanto, este não se refere ao candidato André Ventura. mas sim a Tino de Rans. “Carrega Tino”, partilhou o ex-dirigente local, noutra publicação.

Bento Marçal Martins, ex-presidente da Assembleia da Mesa de Setúbal do Chega, também passou o seu apoio para Vitorino Silva. “Voto no Tino porque não tem telhados de vidro. É simples e vem do povo, como as pessoas que integraram o Chega no início. Atualmente é melhor votar no Tino do que nele”, disse à Sábado.

Marçal Martins foi a primeira vítima da “lei da rolha“, diretiva que dá poder à cúpula do Chega para suspender militantes que critiquem o partido nas redes sociais, imprensa e “seja em que contexto for”.

Neste sentido, André Ventura afirmou à Sábado que se trata “de um roubo”. “É uma usurpação por parte de vários antigos membros do partido e, se necessário, vamos agir judicialmente para corrigir a situação”, concretiza.

Por sua vez, Tino de Rans nega qualquer envolvimento nesta situação. “Não saiu da nossa candidatura. Não temos nada a ver com isso, não tenho nada a ver com o Chega”, indicou à revista.

ZAP //

PARTILHAR

29 COMENTÁRIOS

  1. Que antigos membros do Chega não apoiem o Chega não tem mal algum. É democracia. Agora que se sirvam das páginas do Chega para apoiar outras candidaturas é apenas covardia, um ataque à democracia e sabotagem de um projeto político que tem direito de existir como outro qualquer.
    Espanta-me que quem mais critica o Chega é quem mais usa técnicas anti-democráticas para o combate político.

        • A cassete dos toscos não muda – fala-se de politica interna e o melhor que sai de certas cabecinhas mais limitadas é sempre mesmo; China, Venezuela, etc, etc…

          • Você devia ter tido vergonha de responder dessa maneira, chama de toscos e em cassetes, acho que você esqueceu de evoluir e ter realmente um argumento.

          • Brasileiros? Eu sou Português e com orgulho disso.
            Você realmente deveria paras de tentar argumentar pois só sabe insultar. Você fala de alienados? Já viu bem quem você é?

            • Maria Vieira, és tu?!
              Um “português com orgulho” não fala “brasileiro” nem debita teorias manhosas espalhadas na Internet por seitas de brasileiros alienados!…
              Nenhum português digno desse nome escreve assim: “acho que você esqueceu de evoluir e ter realmente um argumento.”
              .
              Não é possivel argumentar com seres limitados que, até numa notícia sobre política nacional, vem debitar a cassete do “comunismo” e falar da China, Venezuela, Coreia do Norte, etc, como se esses países tivessem alguma coisa a ver com Portugal (ou até entre eles)!!
              Ditaduras com loucos no poder (e do outro lado do mundo) são para aqui chamadas porquê??!
              Será que não tinhas nada mais útil para acrecentar?

          • Uma pessoa com educação responde-lhe com a verdade. Não sou a Maria Vieira, mas sou português e com orgulho de o ser.

            “Um “português com orgulho” não fala “brasileiro” nem debita teorias manhosas espalhadas na Internet por seitas de brasileiros alienados!…”
            Falar brasileiro? Primeiro aqui ninguém fala, só escreve, segundo idioma brasileiro não existe, o que existe é uma variante do idioma Português.
            Teorias? Manhosas? Manhoso está você a ser quando atira fantasias à cara das pessoas que argumentam.
            Seitas de brasileiros alienados? Do que é que você está escrever? Olhe para si e para as suas figuras, pare de utilizar o ataque para se defender e argumente como homem.

            “Nenhum português digno desse nome escreve assim: “acho que você esqueceu de evoluir e ter realmente um argumento.””
            Você aparentemente não tem nada para argumentar então ataca quem argumenta, chego à conclusão que talvez não exista remédio para si, é uma pessoa triste que pensa que sabe muito mas só escreve falácia.

            “debitar a cassete do “comunismo” e falar da China, Venezuela, Coreia do Norte, etc, como se esses países tivessem alguma coisa a ver com Portugal (ou até entre eles)!!”
            Você escreve e acusa as pessoas de serem alienadas mas não consegue ver o óbvio à sua frente. O comunismo é igual em todo o lado, a única diferença é que uns estão no poder total outros querem lá chegar e fazer o mesmo, não se iluda, abra os olhos.

            Espero que consiga ler tudo sem voltar ao ataque até porque eu sou uma pessoa de paz, não compreendo pessoas que se acham superiores aos outros, seja humilde, e digo-lhe, quem se acha superior na verdade é inferior, porém faz barulho para parecer ser o que não é, um exemplo, um gatinho a tentar rugir como um leão.
            Tenha um bom dia e aprenda sobre a arte de argumentar.

            • Bem… e sobre a notícia; nada?
              .
              Acho que todos conseguiram ver o óbvio: numa notícia que envolve o Chega, apareceu um “anjinho” a desconversar e a falar da China, Venezuela, etc… se não és alienado, o caso ainda é mais grave…
              .
              Já ninguém quer saber do comunismo – muito menos nos países citados, portanto não vale a pena perderes tempo com teorias ou fantasmas….

          • Você continua a procurar escrever algo quando não tem nada para argumentar.
            Parece-me que você nem lê bem o que está escrito. Eu não respondi à noticia, eu respondi a um comentário, você é que se debruçou nas suas teorias, absurdos, acusações, insultos, enfim, tudo de “bom” para quem gosta de ser como você é.
            Eu não defendi o partido Chega, eu contradisse uma afirmação que alguém escreveu lá em cima, afirmação essa que está errada por isso argumentei e mostrei quem de facto são os fascistas e ditadores.
            Em relação ao Chega tenho a minha opinião mas que não é para aqui chamada.
            Por fim desejo que você comece a ter mais respeito pelas pessoas que aqui opinam no seu direito e sem insultos, porque insultos é a forma dos fracos argumentarem.

            • “Eu não defendi o partido Chega, eu contradisse uma afirmação que alguém escreveu lá em cima, afirmação essa que está errada por isso argumentei e mostrei quem de facto são os fascistas e ditadores.”
              Errada??!
              Bem…
              Tens todo o direito de opinar e de escrever disparates à vontade (além da clara tentativa desviar o assunto para Venezuela, etc – só faltou dizeres que o Ventura (ou o Trump, etc), são santinhos enviados por Deus) mas, como isto é um espaço publico, estás sempres sujeito ao escrutínio dos outros leitores…

          • Realmente você não tem remédio ou não tomou os medicamentos até ao fim conforme recomendação médica. Eu não faço parte da sua equipa, deixe-se de tentar angariar seguidores por aqui, utilize as redes sociais para isso.

  2. O Chega é como aqueles traques barulhentos e mal-cheirosos.
    Provoca um grande alarido à chegada, um ligeiro mal-estar, mas esvai-se rapidamente.
    E quase não deixa rasto…

    • …até estou de acordo no que diz respeito ao partido, mas se incluirmos o dirigente aí será um traque barulhento, acompanhado de imensa diarreia, ou seja, desta vez, a cueca vai mesmo ficar selada…

  3. Hahahaaaa… claro que era apenas uma questão de tempo até o Chega de Ventura começar a implodir…
    Afinal, no rebanho do encantador de burros, ainda escapa algum com dois dedos de testa…

    • Estás enganado. Ainda ontem, aparentemente, ultrapassou a Ana Gomes nas sondagens.
      E quanto ao CHEGA não tenho qualquer dúvida que neste momento já é a terceira força política em Portugal. E se o PSD se mantém com o morto-vivo à frente, qualquer dia ainda é capaz de ser a segunda.

  4. Não se percebe porque é que democratas fazem tanto alarido contra esta seita evangélica, travestida de partido político, acabando por lhes dar de bandeja polémica e publicidade que tanto precisam. Não será mais lógico assistir tranquilamente, e de camarote, à implosão desta colectividade às mãos da própria direita, e com a caricata ajuda dos próprios “associados” ?

  5. Estes que insultam o Chega e o André Ventura estou desconfiado que é um ou dois com nicks diferentes para despistar e parecerem muitos

RESPONDER

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …

A lava do vulcão de Las Palmas já destruiu mais de 200 casas, mas uma permanece intacta na devastação

Como se protegida por um manto de invencibilidade, a construção escapou à força da lava que a serpenteou para felicidade dos seus proprietários, um casal de reformados dinamarquês que escolheu fixar-se naquele território precisamente pela …

Talibãs retomam execuções e amputação de mãos como punição

Os Talibãs voltarão às execuções e à amputação de mãos como forma de punição, avançou um dos fundadores do grupo, Nooruddin Turabi, indicando que as represálias nem sempre ocorrerão em público. À Associated Press, Turabi alertou …