Carlos Santos Silva diz que mãe de Sócrates financiou campanhas eleitorais

Rodrigo Antunes / Lusa

Carlos Santos Silva à chegada para a sua audição no Tribunal Central de Instrução Criminal

No primeiro dia de depoimento no âmbito da fase de instrução da Operação Marquês, Carlos Santos Silva – empresário e amigo de José Sócrates afirmou que os 23 milhões de euros que estavam na Suíça eram seus, revelou que guardava dinheiro num cofre e que a mãe de Sócrates terá financiado campanhas eleitorais.

Segundo apurou o Público, neste primeiro depoimento, que decorreu na quarta-feira no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), Carlos Santos Silva deu a entender que a mãe de José Sócrates tinha afinal fortuna, algo que o antigo primeiro-ministro já dissera no seu interrogatório.

Contudo, tanto as declarações do empresário como as do antigo primeiro-ministro contradizem o conteúdo de algumas escutas. Nestas, a mãe de José Sócrates pediu várias vezes dinheiro ao filho, dizendo-lhe que estava “depenadinha”.

Carlos Santos Silva terá afirmado que começou a ajudar o amigo no verão de 2013, ao contrário do que disse quando foi interrogado, pela primeira vez, em 2014. Quando foi detido, afirmou que o tinha começado a ajudar em 2012.

O empresário terá ainda explicado, como apurou o Público, que o dinheiro que guardava no cofre era proveniente do seu trabalho. Disse que sempre que recebia por contratos de obras uma parte era colocada no cofre. Segundo o próprio, foi daí que tirou dinheiro para investir no negócio das salinas, em Angola, e que pagou em numerário.

Carlos Santos Silva está acusado de corrupção passiva e activa, 17 crimes de branqueamento de capitais, 10 crimes de falsificação de documentos, fraude fiscal e três crimes de fraude fiscal qualificada.

Na acusação, o Ministério Público defende que o empresário serviu como testa-de-ferro de José Sócrates, disponibilizando “sociedades por si detidas” para receber essas quantias. Parte dessas provinham do Grupo Lena. O empresário negou esse envolvimento.

A defesa de Carlos Santos Silva alega que a acusação do Ministério Público se muniu de prova ferida de nulidade para o acusar, porque considera, de acordo com o Requerimento de Abertura de Instrução, que a quebra do sigilo bancário, as escutas – extraídas do processo Monte Branco e autorizadas no Processo Marquês -, a localização do telemóvel, o varrimento eletrónico e a recolha de imagem são ilegais.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Toda esta gentalha está comprometida e PRESA pelo JS e tem MEDO de falar. Era o cumulo dos cúmulos se estes gajos não forem PRESOS e PAGAR o que ANDARAM a ROUBAR aos contribuintes.

RESPONDER

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …