Canadá vai ter a primeira cerveja de canábis do mundo

(dr) Province Brands

Canadá vai ter a primeira cerveja de canábis do mundo

Ao contrário de outras cervejas com esta substância, esta nova cerveja será feita a partir dos talos e raízes da canábis.

Segundo o Expresso, o Canadá vai ter aquela que será a primeira cerveja de canábis do mundo. Neste momento, os investigadores ainda estão a apurar quantidades, sabor e técnicas de fermentação.

Em junho, o Parlamento do Canadá aprovou o uso recreativo da canábis, tornando-se no segundo país do mundo a adotar esta medida (depois do Uruguai). A nova lei entra em vigor em outubro, sendo que a venda de alimentos com esta substância apenas poderá acontecer um ano depois.

Em declarações ao The Guardian, citadas pelo semanário, Domma Wendschuh, representante da marca Province Brands, que está a desenvolver a bebida, afirma que esta é uma cerveja diferente das que já existem (fermentadas com óleo de marijuana).

“Não é isso que fazemos. A nossa cerveja é fermentada a partir dos talos e raízes da planta”, disse ao jornal britânico. “Comecei a pensar na possibilidade de desenvolver alguma coisa que pudesse servir os propósitos sociais que o álcool serve na nossa sociedade atual”, explicou.

No entanto, chegar a uma solução que não comprometesse o sabor foi um dos problemas iniciais. “Acabámos com produtos que tinham um sabor terrível. Sabiam a brócolos podres”, conta Wendschuh, admitindo que precisaram da ajuda de um químico.

A equipa conseguiu chegar à combinação perfeita entre lúpulos, água, fermentos e canábis. Além disso, o álcool naturalmente produzido durante a fermentação acaba por ser retirado, fazendo desta uma bebida sem álcool nem glúten.

“O sabor é seco, salgado, menos doce do que o sabor típico da cerveja”. E resulta? Isto é, a chamada “moca” aparece mesmo? “Sente-se imediatamente, o que normalmente não acontece com os produtos comestíveis derivados da canábis”, responde Wendschuh.

O representante diz que esta será a primeira cerveja de um leque de muitas outras, com vários sabores e de vários tipos e, neste caso, com mais ou menos tetraidrocanabinol (THC), o chamado composto ativo da planta. No entanto, deixa os seus alertas.

Wendschuh acredita que este é um produto mais seguro e saudável do que o álcool, mas também sabe que tem os seus riscos. “A marijuana não é boa para a saúde, assim como as nossas cervejas também não o são. As pessoas não devem bebê-las cinco vezes ao dia nem deve ser a primeira coisa que bebem ao acordar. Não estamos a sugerir isso”.

Em vez disso, o representante da marca considera que esta cerveja é o primeiro passo numa industria que já se tornou omnipresente. “Se puder criar uma alternativa ao álcool, poderá ser algo que pode mudar o mundo. É uma coisa pela qual sou apaixonado”.

O jornal britânico escreve que vários analistas sugerem que a indústria dos produtos derivados da canábis pode vir a valer até 22 mil milhões de dólares canadianos, cerca de 14 mil milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mais um passo a caminho do final! Por este andar qualquer dia quem não for demente não será considerado como pessoa normal e pelos vistos pelas Américas a coisa vai bem nesse sentido.

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …

A maior entrada de sempre em bolsa. Saudi Aramco garante 25,6 mil milhões de dólares

Para além de fazer uma entrada em estilo na bolsa de Riade na próxima semana, com a maior IPO de sempre, a Saudi Aramco torna-se na empresa mais bem avaliada do mundo. A Saudi Aramco, petrolífera …

Novo livro revela provas de que Albert Camus foi assassinado pelo KGB

Giovanni Catelli é autor da teoria que o prémio Nobel da literatura Albert Camus foi assassinado pelo KGB. No seu novo livro, reitera essa ideia e revela algumas provas. O romancista Albert Camus foi vencedor do …

Embaixada da China reage com "forte indignação” às declarações de Pompeo em Lisboa

A embaixada da China em Portugal reagiu esta sexta-feira com “forte indignação e firme oposição” às declarações do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, sobre o governo e empresas chineses, durante a visita que fez …