Canadá vai ter a primeira cerveja de canábis do mundo

(dr) Province Brands

Canadá vai ter a primeira cerveja de canábis do mundo

Ao contrário de outras cervejas com esta substância, esta nova cerveja será feita a partir dos talos e raízes da canábis.

Segundo o Expresso, o Canadá vai ter aquela que será a primeira cerveja de canábis do mundo. Neste momento, os investigadores ainda estão a apurar quantidades, sabor e técnicas de fermentação.

Em junho, o Parlamento do Canadá aprovou o uso recreativo da canábis, tornando-se no segundo país do mundo a adotar esta medida (depois do Uruguai). A nova lei entra em vigor em outubro, sendo que a venda de alimentos com esta substância apenas poderá acontecer um ano depois.

Em declarações ao The Guardian, citadas pelo semanário, Domma Wendschuh, representante da marca Province Brands, que está a desenvolver a bebida, afirma que esta é uma cerveja diferente das que já existem (fermentadas com óleo de marijuana).

“Não é isso que fazemos. A nossa cerveja é fermentada a partir dos talos e raízes da planta”, disse ao jornal britânico. “Comecei a pensar na possibilidade de desenvolver alguma coisa que pudesse servir os propósitos sociais que o álcool serve na nossa sociedade atual”, explicou.

No entanto, chegar a uma solução que não comprometesse o sabor foi um dos problemas iniciais. “Acabámos com produtos que tinham um sabor terrível. Sabiam a brócolos podres”, conta Wendschuh, admitindo que precisaram da ajuda de um químico.

A equipa conseguiu chegar à combinação perfeita entre lúpulos, água, fermentos e canábis. Além disso, o álcool naturalmente produzido durante a fermentação acaba por ser retirado, fazendo desta uma bebida sem álcool nem glúten.

“O sabor é seco, salgado, menos doce do que o sabor típico da cerveja”. E resulta? Isto é, a chamada “moca” aparece mesmo? “Sente-se imediatamente, o que normalmente não acontece com os produtos comestíveis derivados da canábis”, responde Wendschuh.

O representante diz que esta será a primeira cerveja de um leque de muitas outras, com vários sabores e de vários tipos e, neste caso, com mais ou menos tetraidrocanabinol (THC), o chamado composto ativo da planta. No entanto, deixa os seus alertas.

Wendschuh acredita que este é um produto mais seguro e saudável do que o álcool, mas também sabe que tem os seus riscos. “A marijuana não é boa para a saúde, assim como as nossas cervejas também não o são. As pessoas não devem bebê-las cinco vezes ao dia nem deve ser a primeira coisa que bebem ao acordar. Não estamos a sugerir isso”.

Em vez disso, o representante da marca considera que esta cerveja é o primeiro passo numa industria que já se tornou omnipresente. “Se puder criar uma alternativa ao álcool, poderá ser algo que pode mudar o mundo. É uma coisa pela qual sou apaixonado”.

O jornal britânico escreve que vários analistas sugerem que a indústria dos produtos derivados da canábis pode vir a valer até 22 mil milhões de dólares canadianos, cerca de 14 mil milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mais um passo a caminho do final! Por este andar qualquer dia quem não for demente não será considerado como pessoa normal e pelos vistos pelas Américas a coisa vai bem nesse sentido.

Responder a Fui Cancelar resposta

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …