Campanha arrancou à meia noite, 9.6 milhões podem votar

European Parliament / Flickr

Eurodeputados durante uma votação no Parlamento Europeu

Eurodeputados durante uma votação no Parlamento Europeu

A campanha oficial para as eleições de 25 de maio arrancou hoje às 00:00, com mais de 9,6 milhões de eleitores a serem chamados às urnas para eleger os 21 deputados portugueses no Parlamento Europeu.

Segundo dados fornecidos à Lusa pela Direção-Geral de Administração do Território, podem votar nas eleições europeias 9.451.624 eleitores inscritos no território nacional e 244.849 cidadãos recenseados no estrangeiro, num total de 9.696473 eleitores.

De acordo com a lei eleitoral, podem votar nestas eleições os cidadãos portugueses recenseados no território nacional, os cidadãos portugueses inscritos no recenseamento eleitoral português, residentes fora do território nacional, que não optem por votar em outro Estado membro da União Europeia que votam presencialmente e cidadãos da União Europeia, não nacionais do Estado português, recenseados em Portugal.

Nas eleições para o Parlamento Europeu, que se realizam de cinco em cinco anos, vão ser eleitos 21 eurodeputados portugueses, menos um do que em 2009.

Ao todo concorrem 16 listas nas europeias de 25 de maio, mais três do que nas eleições de 2009.

O PSD e o CDS-PP apresentam-se coligados, sob a designação Aliança Portugal. A outra coligação presente nesta eleição é a que junta tradicionalmente o PCP, o PEV e a Intervenção Democrática em atos eleitorais, a Coligação Democrática Unitária (CDU).

Dois novos partidos vão disputar nestas europeias o seu primeiro ato eleitoral: o MAS (Movimento Alternativa Socialista), registado em julho de 2013, e o Livre, o mais recente partido político, registado há menos de um mês no TC.

O PAN (Partido pelos Animais e pela Natureza), o PDA (Partido Democrático do Atlântico), o PTP (Partido Trabalhista Português) e o PPV (Portugal pró Vida), que não concorreram em 2009, apresentaram desta vez candidaturas às eleições europeias.

O BE, PS, POUS, PCTP-MRPP, MPT (Movimento Partido da Terra), PNR (Partido Nacional Renovador), PPM (Partido Popular Monárquico) e PND (Nova Democracia) completam a lista de formações políticas concorrentes.

Nas eleições realizadas há cinco anos, o PSD, que agora concorre coligado com o CDS-PP, elegeu 8 eurodeputados, enquanto o PS conseguiu conquistar 7 lugares no Parlamento Europeu.

O BE foi a terceira força política mais votada, elegendo 3 eurodeputados, e o CDS-PP elegeu 2, tal como a CDU.

A abstenção nas eleições realizadas a 07 de junho de 2009 foi de 63,22%.

O Parlamento Europeu aprovou a 21 de maio de 2013 as datas da realização das próximas eleições europeias para entre 22 e 25 de maio deste ano nos vários Estados-membros.

A campanha eleitoral decorre até 23 de maio, sendo sábado, dia 24, dia de reflexão.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ministério Público contratou ex-agente da PJ para analisar contas da Operação Tutti Frutti

As contas do caso Tutti-Frutti foram entregues a Edígio Cardoso, antigo diretor da Unidade de Perícia Financeira e Contabilística (UPFC) da Polícia Judiciária, reformado há mais de um ano. A investigação do caso Tutti-Frutti iniciou-se em …

Reconstruções em Pedrógão. Gulbenkian exige indemnização de meio milhão por suspeita de ilegalidades

A Fundação Calouste Gulbenkian exige uma indemnização de meio milhão de euros por ilegalidades na reconstrução de casas de Pedrógão. Estão em causa cinco habitações. A fundação Calouste Gulbenkian exige uma indemnização de meio milhão de …

Austrália. Depois dos incêndios, chega o granizo (e já está a provocar estragos)

A Austrália está a recuperar dos enormes incêndios dos últimos meses. No entanto, a costa oriental do país debate-se agora com chuvas intensas que tem provocado inúmeras inundações. As fortes chuvas que caíram esta segunda-feira proporcionaram …

Taxa sobre produtos poluentes rendeu 200 milhões em dois anos

A taxa aplicada sobre produtos poluentes - plástico, cartão, embalagens de vidro, entre outros -, rendeu ao Estado português 199,6 milhões de euros em dois anos, avança o Jornal de Notícias esta segunda-feira. O valor, arrecadado …

"Mito sem sentido". Santos Silva rejeita que Portugal seja "amigo especial" da China

O ministro dos Negócios Estrangeiros rejeitou, em entrevista ao Financial Times, que Portugal esteja a desenvolver uma dependência problemática relativamente à China. É um "mito sem sentido", defendeu Augusto Santos Silva. O governante falou ao …

Justiça espanhola liga ex-ministro a alegado caso de corrupção. António Vitorino nega

A Justiça espanhola diz que o ex-ministro socialista se terá apropriado de 35 milhões de euros da petrolífera estatal venezuelana PDVSA. António Vitorino nega. A justiça espanhola alega que uma sociedade de António Vitorino, antigo ministro …

Há um obstáculo que pode travar a primeira condenação de Salgado

Ricardo Salgado foi condenado a pagar 4 milhões de euros e proibido de ser banqueiro nos próximos dez anos. No entanto, ainda há um último obstáculo que pode travar a sua condenação. O Tribunal Constitucional rejeitou …

Diplomatas portugueses salvaram entre 60 mil e 80 mil vidas durante a II Guerra Mundial

Os diplomatas portugueses terão salvo entre 60 mil a 80 mil refugiados do regime nazi, maioritariamente judeus, durante o período da II Guerra Mundial, estimou a historiadora Irene Flunser Pimentel em entrevista à agência Lusa. Além …

"Absolutamente determinantes." Autárquicas de 2021 vão ser a prova de fogo de Rui Rio

Rui Rio foi reeleito presidente do PSD este sábado, mas tem pela frente vários desafios. O maior deles todos serão as autárquicas de 2021 que vão ditar muito do seu futuro político.  Rui Rio mostrou-se disponível …

Deputados do PS querem reabrir linha do Tâmega

Os deputados do PS do distrito do Porto querem que a linha do Tâmega, que fazia a ligação ferroviária entre Livração, em Marco de Canaveses, e Amarante, como existia até março de 2009, seja reaberta …