Eduardo Cabrita já falou com a viúva do cidadão ucraniano

Mário Cruz / Lusa

Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

O ministro da Administração Interna falou, esta segunda-feira, com a mulher do cidadão ucraniano que foi morto, em março, no centro de instalação temporária do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no Aeroporto de Lisboa.

Em declarações à rádio TSF, o advogado da família, José Gaspar Schwalbach, explicou que o ministro “demonstrou solidariedade e prometeu que a situação não ficaria parada, naquilo que dependesse do Estado português”.

O advogado referiu ainda que é urgente definir o valor da indemnização, havendo a expectativa da família “de que a situação seja resolvida o mais rapidamente possível, pois mais do que palavras precisamos de gestos”.

Segundo a mesma rádio, a Provedora de Justiça, Maria Lúcia Amaral, a responsável por definir o valor da indemnização, disse, esta terça-feira, no Parlamento, que também pretende dar rapidez ao processo, acrescentando que aguarda há uma semana por elementos que pediu ao advogado da família.

Schwalbach confirmou à TSF esse pedido e explicou que, esta terça-feira, a maioria dos elementos que foram solicitados foram já encaminhados para a Provedoria de Justiça.

Os três inspetores do SEF que estão acusados do homicídio de Ihor Homenyuk começam a ser julgados no dia 20 de janeiro do próximo ano.

Na semana passada, o ministro, que tem estado sob pressão devido a este caso, anunciou no Parlamento que a legislação sobre a restruturação do SEF será produzida em janeiro.

MAI diz ser alheio a atrasos na construção do Centro de Acolhimento Temporário em Almoçageme

No mesmo dia, o Ministério da Administração Interna admitiu atrasos na construção de um Centro de Acolhimento Temporário em Almoçageme, para instalação de cidadãos requerentes de asilo e de proteção internacional, mas disse ser alheio aos mesmos.

Num comunicado divulgado após a provedora de Justiça ter voltado a criticar as condições do Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa, o MAI referiu que o novo espaço é uma prioridade desde 2017, mas a sua construção sofreu alguns contratempos.

Refere o Ministério da Administração Interna (MAI) que o Espaço Equiparado a Centro de Instalação Temporária (EECIT) do aeroporto “deve instalar, apenas, os cidadãos estrangeiros com recusa de entrada em território nacional e que aguardam voo de regresso ao seu país de origem, bem como cidadãos abrangidos por decisões judiciais de afastamento de território nacional, deixando de alojar requerentes de asilo”.

O ministério admitiu que o Centro de Acolhimento Temporário em Almoçageme sofreu atrasos, aos quais é alheio, dando conta dos percalços, nomeadamente suspensões de obra, ações judiciais apresentadas pela empresa responsável pela empreitada contra o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), com vista à resolução do contrato, até ao acordo extrajudicial que permite que a obra prossiga.

“Atendendo aos atrasos verificados, motivados pelas ações administrativas e judiciais, o SEF comunicou à Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna a desistência da candidatura ao financiamento através do FAMI (Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração), devolvendo o valor recebido a título de adiantamento — mais de 580 mil euros”, indica a nota.

Contudo, adianta, o MAI continua com a intenção de construir a infraestrutura, “que em muito contribuirá para um melhor acolhimento dos cidadãos que procuram o nosso país em busca de melhores condições de vida”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Agora, para acabar de vez com esta triste história, é ter a dignidade de se demitir e o Estado Português indemnizar a família. E depois limpar o SEF e criar uma unidade que realmente funcione com alguém no seu comando competente.
    Uma vergonha!

    • Totalmente de acordo. Reagiu como se só agora soubesse, para tentar ilibar de novo a responsabilidade sua e do desgoverno a que pertence, o que não admira. É o modus operandi normal…. vir agora mostrar o quanto lamenta e que os culpadoz serão punidos, bla, bla, bla….
      VERGONHA

  2. Este pantomineiro tem de ir para o quintal comer bichos, para ver se ganha ódio ao facto de ele mesmo ser um bicho que só se lembra de um desastre nove meses depois.
    Ainda não despediram este estrôncio de m****? Porquê? O correio demora a vir, não é?
    Sinceramente…

RESPONDER

Dínamo Kiev 0-0 Benfica | Tanta posse para acabar a rezar a São VAR

As “águias” dominaram as operações durante grande parte deste primeiro encontro de Liga dos Campeões “a sério” em 2021/22, mas não materializaram essa superioridade e no fim viram Vlachodimos, os postes e o VAR a …

Reino Unido avança com terceira dose para maiores de 50 anos. Máscara pode regressar

Boris Johnson anunciou hoje o plano de protecção do Reino Unido para o Outono e Inverno, que inclui medidas que vão entrar já em vigor e que prevê o regresso da máscara e a exigência …

Uma bactéria que "come carne" está a causar mortes da Flórida

A bactéria está mais presente na água do mar em zonas quentes e já matou 125 pessoas no estado norte-americano desde 2008. Pelo menos oito pessoas já morreram este ano na Flórida devido a uma infecção …

Siemens vai criar comboio de alta velocidade que ligará Mar Vermelho e Mediterrâneo

Um consórcio liderado pela multinacional alemã Siemens estabeleceu um contrato de 4,5 mil milhões de euros para construir uma linha ferroviária de alta velocidade que ligue Ain Sukhna, no Canal de Suez, a Alexandria e …

Alaba joga no Real Madrid mas o seu sonho era jogar no Barcelona

Véspera do grande jogo entre Barcelona e Bayern Munique serviu para Uli Hoeneß divulgar uma conversa pouco simpática para as pessoas ligadas ao Barcelona. A fase de grupos da Liga dos Campeões está de volta. Neste …

Chuva está a ajudar a controlar incêndios em Espanha

Há quase uma semana que as chamas deflagram em Málaga e o incêndio já matou um bombeiro. A chuva tem ajudado a combater o fogo. Há seis dias consecutivos que os bombeiros estão a combater incêndios …

Voos da ONU para Cabul são retomados. Doadores angariam 850 mil milhões de euros de ajuda

Os talibãs garantem que vão proteger as equipas humanitárias da ONU que vão ajudar o Afeganistão, que enfrenta uma grave crise devido à seca. Desde 15 de Agosto que os voos com ajuda humanitária da ONU …

Ventura perde recurso na Relação contra a família do bairro da Jamaica

O Tribunal da Relação considera que os comentários de André Ventura tinham uma "vertente discriminatória em função da cor da pele e da situação socioeconómica” da família. Segundo avança o Público, o Tribunal da Relação não …

Costa promete formar mais médicos e critica "bloqueios corporativos" ao curso de Medicina na Católica

Na inauguração do novo curso de Medicina da Universidade Católica, o primeiro no ensino privado em Portugal, António Costa disse que há falta de médicos e que vai continuar a promover a formação de mais …

Portugal já devia ter começado "a retirar pessoas" de zonas costeiras (e as Torres de Ofir deviam ser "demolidas")

O avanço da água do mar e o défice sedimentar tornam difícil a vida na linha costeira e no Norte de Portugal, há zonas onde já se devia ter começado a realojar pessoas, defendem alguns …