Bruxelas deverá aceitar redução do IVA da luz por escalões de consumo

A intenção do Governo de aplicar uma redução do IVA da eletricidade por escalões de consumo deverá ter o aval da Comissão Europeia.

A notícia é avançado pelo Jornal de Negócios, que recorda que, em abril, foi aprovada uma redução de taxas que, para Bruxelas, tinha o mesmo propósito.

O comité do IVA já estará a analisar o pedido do Governo de António Costa, para que seja possível variar as taxas de imposto em função dos diferentes escalões de consumo, segundo o mesmo jornal, adiantando que, para já, a Comissão Europeia não se quer pronunciar, mas que a redução pedida deve ter pernas para andar.

Segundo o Negócios, Bruxelas entenderá que o pedido feito agora pelo Governo ao Comité do IVA tem os mesmos pressupostos da proposta feita no início do ano e que teve “luz verde” em abril – o pedido para baixar o imposto sobre a componente fixa para consumidores com potências contratadas de eletricidade até 3,45 Kva e consumos em baixa pressão de gás natural que não ultrapassem os 10.000 m3 anuais, no seguimento do Orçamento do Estado para 2019.

Portugal terá sido, de acordo com o Jornal de Negócios, o único país a pedir a redução do IVA por escalões desde que o Comité do IVA foi criado em 2011. Segundo um levantamento da Comissão Europeia, a 1 de janeiro, França e Croácia eram ainda os únicos países com taxas diferenciadas na eletricidade.

Governo está a “comprar tempo”

Em entrevista à agência Lusa, o antigo ministro das Finanças, Bagão Félix, discorda da criação de taxas de IVA diferenciadas em função do consumo de eletricidade, considerando que esta é uma solução que permite ao Governo “comprar tempo” e responder aos partidos de esquerda.

O antigo governante referiu acreditar que se trata de uma medida “muito difícil de ser posta em prática” e da qual discorda porque introduz “fatores de progressividade por via de impostos sobre o consumo”, o que “é absolutamente inovador mas é uma inovação deslocada, porque isso faz-se dos impostos diretos e não dos impostos indiretos”.

RTP / Flickr

Bagão Félix, ex-ministro das Finanças

Para o ex-ministro das Finanças, a solução para o IVA da energia que deverá integrar a proposta do Orçamento do Estado, que será entregue no parlamento no próximo dia 16, servirá para “comprar tempo”.

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta terça-feira em Lisboa, no debate quinzenal na Assembleia da República, que enviou uma carta à Comissão Europeia “em apoio” a uma missiva “dirigida pelo ministro das Finanças ao comité do IVA”.

O objetivo foi “solicitar que sejam alterados os critérios sobre o princípio da estabilidade do IVA de forma que seja possível variar a taxa do IVA em função dos diferentes escalões de consumo” na energia, afirmou António Costa.

Esta iniciativa tinha já sido adiantada por Luís Marques Mendes no domingo. Perante a possibilidade de uma maioria negativa que force o Governo a baixar o IVA, o comentador revelou que António Costa iria tentar “convencer” Bruxelas a aceitar que o imposto possa variar em função do consumo.

Neste cenário, a perda de receitas seria menor. As contas do Governo apontam para uma perda líquida de receita de 771 milhões de euros caso o IVA baixe para os 6%, ou de 454 milhões de euros caso a descida do IVA da luz seja para os 13%.

 

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Vai Ser tipo o arrendamento acessivel que foi um fracasso ou melhor vai ser tipo os descontos do gas de botija uma medida que na pratica não servio ninguem … so falta o governo vomitar aquela parte que vai ser uma grande medida e que vai ajudar muitos portugueses bla bla bla ….corruptos!

RESPONDER

Comer muitas refeições takeaway pode aumentar a probabilidade de morte

Comer demasiadas vezes refeições takeaway pode afetar negativamente a saúde das pessoas. Isto porque, muitas vezes, a comida em causa é fast food. A pandemia de covid-19 veio intensificar a adoração das pessoas pelas refeições takeaway. …

Fezes de morcego ajudam a decifrar o passado da humanidade

Uma equipa de investigadores australianos usou fezes de morcego para ajudar a entender uma parte do passado dos nossos ancestrais. Para perceber melhor como é que artefactos antigos são alterados pelo sedimento em que estão enterrados …

"É como fogo". Dezenas de pessoas morreram na República Dominicana após ingestão de álcool ilegal

Depois de dezenas de pessoas morreram por intoxicação nas últimas semanas, as autoridades da República Dominicana acabaram por fechar várias lojas de bebidas alcoólicas. As lojas de bebidas clandestinas situavam-se sobretudo na capital, Santo Domingo, mas …

Eis AlphaDog, a resposta da China para o cão-robô norte-americano Spot

A empresa de tecnologia Weilan, sediada em Nanjing, na China, desenvolveu o AlphaDog, um cão-robô que usa sensores e inteligência artificial (IA) para realizar uma série de aplicações, incluindo entrega de encomendas e orientação para …

E se a vacina contra a covid-19 se chamasse Trumpcine? O "sir" sugeriu e Donald Trump gostou

No fim de semana passado, durante um encontro do Comité Nacional Republicano, o ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que alguém sugeriu que as vacinas disponíveis contra a covid-19 deveriam receber o seu nome. …

O custo da paz mundial é bastante inferior ao custo da guerra

Um recente relatório do Instituto de Economia e Paz (IEP) conclui que o custo dos países com a violência é bem superior ao custo com a paz mundial. O Instituto de Economia e Paz estima que, …

Malta vai pagar aos turistas que visitarem a ilha durante o verão

Numa altura em que pandemia não tem dado tréguas ao setor do turismo, Malta anunciou um conjunto de medidas com o objetivo de encorajar os viajantes a visitarem o país e a ficarem hospedados nos …

Pentágono confirma que filmagens de OVNI em forma de pirâmide são autênticas

Uma nova série de imagens e vídeos de OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados) filmados pela Marinha dos Estados Unidos foi agora confirmada como autêntica pelo Pentágono. Enquanto muitas pessoas geralmente se referem a avistamentos misteriosos …

Irão vai aumentar produção de urânio enriquecido em resposta ao “terrorismo nuclear” de Israel

O Irão justificou esta quarta-feira a decisão de enriquecer urânio a 60% como resposta ao “terrorismo nuclear” e à “maldade” israelita, referindo-se ao alegado ataque contra a central de Natanz, no domingo. “A decisão de enriquecer …

Possibilidade de ser reinfetado baixa 84% para quem já teve covid-19

Um novo estudo indica que a infeção prévia por SARS-CoV-2 protege a maioria dos indivíduos contra a reinfecção durante uma média de sete meses As probabilidades de reinfeção não descem até zero, mas um novo estudo, …