Bruno de Carvalho está “cada vez mais infeliz”

Andre Kosters / Lusa

O Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho

Depois da derrota dos leões frente ao FC Porto, esta quarta-feira, no Estádio do Dragão, o presidente do Sporting desabafou nas redes sociais, dizendo sentir-se “triste, sozinho e cada vez mais infeliz”.

Numa longa publicação no Facebook, depois da derrota do Sporting contra o FC Porto, na primeira mão da meia-final da Taça de Portugal, Bruno de Carvalho confessou estar com a “alma desfeita”, enquanto conduzia para casa, sozinho, na auto-estrada, a 45 minutos de completar 46 anos e longe da família. “Isto é demais”, lamentou.

Sobre o jogo realizado no Estádio do Dragão, que deixa os dragões mais perto da final, o dirigente leonino diz estar “triste, mas não derrotado”, até porque “a segunda parte do jogo será em Abril (com uma arbitragem bem melhor de preferência)”.

No entanto, o desabafo parece estar mais ligado com a recente crise instalada no clube, depois da assembleia-geral que motivou críticas dos adeptos. “Como se pode acusar de chantagem (…), de ditador, alguém que vive do seu trabalho na SAD, tem três filhas e vai nascer a quarta em Março, e põe a sua vida nas mãos dos sportinguistas?”.

“Como se pode dizer que alguém que deu, e dá, 24 horas da sua vida e devolveu o Sporting CP aos sportinguistas, agora os quer perseguir? Mas se faço uma lista, dando a cara e podendo explicar, um por um, a minha opinião, porque fiz mal? Porque é que, afinal, todos têm o direito a ter opiniões e liberdades, e eu não posso fazer uma lista com quem anda, de forma vil e sem razão a difamar-me e caluniar-me faz anos e dia após dia?”.

O presidente do Sporting continua, dizendo estar “triste, sozinho, cada vez mais infeliz, sem perceber o que se passou para sentir, dentro de mim, tanta ingratidão que me faz querer ir embora. Como me fizeram isto? Como se condena e difama as pessoas que dão provas de Amor, Competência, Dedicação, Atitude e Empenho, sem sequer as ouvir?”.

Tem sido um orgulho e uma honra liderar-vos, e uma parte de mim vai morrer se o deixar de fazer. Mas tenho que ser sério e honesto comigo e com vocês! Serei sempre do Sporting, o Clube de Portugal, para além da própria morte!”, remata.

Recorde-se que, na passada segunda-feira, o dirigente anunciou uma nova assembleia-geral para dia 17, com três pontos na agenda, na qual será decidida a continuidade dos atuais órgãos sociais do clube.

Bruno de Carvalho recordou que, para poderem ser aprovados, os dois primeiros pontos terão de recolher 75% de votos favoráveis, e disse que se demite de imediato caso não haja aprovação do primeiro ou do segundo.

Quanto ao terceiro ponto, que só será votado se os dois primeiros forem aprovados, o líder leonino pede uma votação semelhante à das últimas eleições, na qual obteve uma maioria de 86,13%, para continuar em funções.

“Se não tivermos uma votação esmagadora, como nas últimas eleições, imediatamente iremos embora”, garantiu em declarações aos jornalistas, assegurando que não se recandidata a novas eleições em caso de demissão. “Nunca mais voltarei”, afirmou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

Cruz Vermelha estará a contratar enfermeiros por WhatsApp sem confirmar identidade nem validade da cédula

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) estará a contratar enfermeiros através da rede social WhatsApp para reforçar as equipas de enfermagem do Serviço Nacional de Saúde (SNS) para o processo de vacinação contra a covid-19 no …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …

Chega apresenta oito candidatos para o distrito do Porto. Ventura acredita que vai ter "grande resultado"

O líder do Chega anunciou este sábado oito candidatos às próximas eleições autárquicas no distrito do Porto, onde André Ventura acredita que o partido vai ter "um grande resultado". "Fizemos esta deslocação ao Porto para anunciar …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

"Novas dificuldades e entropias". Autarcas independentes exigem extinção imediata da CNE

Os presidentes de Câmara e representantes de movimentos independentes decidiram este sábado dar um novo prazo aos partidos para que estes possam alterar a lei eleitoral autárquica. Porém, exigem a extinção imediata da Comissão Nacional …