Boris Johnson é o novo Ministro dos Negócios Estrangeiros de Theresa May

BackBoris2012 / Flickr

O mayor de Londres, Boris Johnson

O mayor de Londres, Boris Johnson

O antigo presidente da câmara de Londres e figura central da saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit) Boris Johnson foi hoje nomeado ministro dos Negócios Estrangeiros, anunciou o gabinete da nova primeira-ministra, Theresa May.

Para o cargo de ministro responsável pelo Brexit, Theresa May nomeou o deputado David Davis, que deverá negociar a saída do Reino Unido, segundo comunicado de Downing Street: “A rainha aprovou a nomeação de David Davis como ministro encarregado da saída da União Europeia”.

Davis foi um defensor da saída do Reino Unido no referendo. O cargo foi agora criado, na sequência da votação a favor da saída da União Europeia.

Boris Johson foi durante meses um dos principais nomes apontados para substituir David Cameron como líder do Partido Conservador, mas renunciou inesperadamente a concorrer às eleições internas dos “torises”.

O antigo autarca da capital britânica, pela primeira vez membro do Governo, substitui Philip Hammond e será o chefe da diplomacia britânica nas negociações com Bruxelas para abandonar a União Europeia.

Hammond passa para ministro da Economia.

Ao contrário de Theresa May e de Philip Hammond, que defendiam a permanência do país na União Europeia na campanha do referendo de 23 de junho, Johnson rompeu com a postura oficial do executivo de Cameron para promover a rutura com Bruxelas.

O novo Governo britânico deve decidir agora quando ativa o artigo 50 do Tratado de Lisboa para iniciar o processo de saída formal do Reino Unido da União Europeia.

A nova chefe do executivo, antiga ministra do Interior, disse que o país enfrenta uma etapa de “grandes mudanças” e sublinhou que o seu objetivo é encontrar um novo papel no mundo para o Reino Unido.

May herdou a chefia do Governo de James Cameron, que anunciou a demissão pouco depois de se conhecer a vitória dos defensores da saída do Reino Unido da União Europeia, no referendo de dia 23.

A nova primeira-ministra nomeou também para o Interior Amber Rudd, que era até agora ministra da Energia.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Oposição urge Boris Johnson a despedir assessor por ter violado o confinamento

Os partidos da oposição escreveram hoje ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, urgindo a demissão do assessor Dominic Cummings, a quem acusam de ter "abalado gravemente a confiança" da população nos apelos oficiais sobre a pandemia …

Atletas que sorriem durante as corridas gastam menos oxigénio

Os atletas que sorriem gastam menos oxigénio, trabalham de forma mais económica e têm um nível de esforço menor, refere um estudo realizado pelas universidades de Ulster e Swansea, divulgado esta terça-feira. Os investigadores pediram a …

OMS analisa possíveis primeiros casos de infeção de animais para o homem

A Organização Mundial de Saúde (OMS) admite que pelo menos três infeções por Covid-19 nos Países Baixos possam ser os primeiros casos conhecidos de transmissão do novo coronavírus dos animais para o homem, tendo martas …

Na Suíça, é possível estar em teletrabalho e a empresa pagar parte da renda

O Tribunal Federal da Suíça condenou uma empresa de contabilidade a pagar parte da renda de casa a um funcionário que se encontrava em teletrabalho. Segundo revelou na segunda-feira o swissinfo e o Tages-Anzeiger, citados pelo …

Governo negoceia até mais 35 milhões em apoios para agricultura

A ministra da Agricultura disse hoje que está em curso a negociação de medidas adicionais para apoiar o setor agrícola, face ao impacto da covid-19, através do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que podem mobilizar …

Moro não assinou exoneração de ex-diretor da Polícia, admite Presidência do Brasil

A Secretaria-Geral da Presidência brasileira admitiu na segunda-feira que o agora ex-ministro da Justiça Sergio Moro não assinou o decreto de exoneração de Maurício Valeixo da direção-geral da Polícia Federal, confirmando a versão original do …

Norte foi região que mais contribuiu para aumentar produtividade do trabalho no país

O Norte foi a região que mais contribuiu para aumentar a produtividade laboral entre 2000 e 2017, crescendo 20% quando a Área Metropolitana de Lisboa subiu 3,3%, revelou na segunda-feira a Comissão de Coordenação e …

Vai nascer uma praia fluvial nas margens do Alqueva em 2021

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, devendo começar a funcionar no verão do próximo ano. Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, junto à aldeia …

Câmara de Bragança vai ajudar com até 100 euros a pagar renda

As famílias mais vulneráveis do concelho de Bragança vão poder contar com um apoio financeiro até 100 euros mensais para pagar a renda. A Câmara de Bragança vai ajudar as famílias do concelho em situação vulnerável …

Parlamento chumba lay-off para sócios-gerentes, mas acaba com teto de faturação ao apoio

A Comissão de Economia chumbou, esta terça-feira, o alargamento do lay-off simplificado aos sócios-gerentes. Por outro lado, aprovou o fim do teto de faturação para aceder ao apoio a estes portugueses. A proposta do PSD, BE …