Boris Johnson lança campanha para suceder May na liderança dos conservadores britânicos

Boris Johnson, apontado como o favorito para suceder à primeira-ministra Theresa May na liderança dos conservadores britânicos, lançou esta segunda-feira oficialmente a sua campanha, reiterando que o Brexit irá acontecer a 31 de outubro “com ou sem acordo” com Bruxelas.

“Se eu entrar [no número 10 de Downing Street, a residência oficial da primeira-ministra britânica], sairemos [da União Europeia] com ou sem acordo a 31 de outubro. É isso que faremos”, garante o político no primeiro vídeo de campanha, divulgado através da rede social Twitter.

“Devemos ter a coragem de dizer às pessoas deste país que podemos fazê-lo se o quisermos realmente”, prossegue Boris Johnson no mesmo vídeo, que mostra o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros britânico e ex-presidente da câmara de Londres a abordar na rua várias pessoas, como, por exemplo, um casal de idosos.

Desgastada com o longo e conturbado processo do Brexit, Theresa May deixa na sexta-feira, dia 7 de junho, a liderança do Partido Conservador britânico. A primeira-ministra britânica adiou a data do Brexit – inicialmente prevista para 29 de março – para 31 de outubro, depois do acordo que fez com Bruxelas ter sido rejeitado três vezes pelos deputados britânicos.

May irá assegurar a transição até que os conservadores britânicos designem um novo líder, até 20 de julho, entre 13 candidatos. Boris Johnson foi um dos rostos da fação que apoiou o Brexit no referendo de 23 de junho de 2016.

“Se há uma lição do referendo de 2016 [em que 52% dos eleitores votaram a favor do Brexit], é que muitas pessoas sentem que foram deixadas para trás, que não podem participar plenamente nas oportunidades e nos sucessos” deste país, acrescentou o ex-chefe da diplomacia britânica no mesmo vídeo.

Muito apreciado pelos militantes de base do Partido Conservador, Boris Johnson, de 54 anos, é caracterizado por muitos como um político inteligente, carismático e controverso. Já entre os deputados conservadores, o político suscita reações díspares.

Coincidência ou não, o lançamento oficial da campanha de Boris Johnson acontece no primeiro dia da visita de Estado ao Reino Unido do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O líder norte-americano, que no fim de semana voltou a envolver-se no debate do Brexit e que recomendou ao Reino Unido uma saída da União Europeia sem acordo, já declarou que Boris Johnson é o seu favorito para suceder a Theresa May.

Trump também elogiou o populista e eurocético, Nigel Farage, líder do Partido Brexit, força política que ganhou as recentes eleições europeias. Antes de iniciar a viagem até ao Reino Unido, Trump admitiu um eventual encontro com estes dois políticos, com quem tem “relações muito boas”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …