Trump apoia Boris Johnson como novo líder conservador britânico

BackBoris2012 / Flickr

O ex-mayor de Londres e ex-ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson

O presidente dos EUA, Donald Trump, que inicia segunda-feira uma visita de Estado ao Reino Unido, manifestou o seu apoio a Boris Johnson como novo líder conservador, ao afirmar quer seria um “excelente” primeiro-ministro britânico.

“Creio que Boris faria um trabalho muito bom”, disse Trump sobre o ex-chefe da diplomacia britânico, numa entrevista publicada hoje no The Sun. O presidente norte-americano manifestou o seu apoio a Johnson antes de o Partido Conservador britânico iniciar oficialmente, no próximo dia 10, o processo para eleger o novo líder “tory” e chefe do Executivo, após demitir Theresa May do Governo, no próximo dia 7.

Para substituir May, num processo que se espera que termine em meados ou finais de julho, apresentaram-se mais de dez deputados conservadores, entre os quais o ministro das Relações Exteriores, Jeremy Hunt, e o do Interior, Sajid Javid.

“Conheço os vários candidatos. Mas creio que Boris faria um trabalho muito bom. Creio que seria excelente. Gosto dele, sempre gostei dele”, assinalou Trump, que qualificou o antigo responsável do Ministérios das Relações Exteriores como um político “muito talentoso”.

O dirigente norte-americano recusou-se a dizer os nomes dos políticos conservadores que lhe terão pedido o seu apoio, embora se tenha expressado de forma favorável relativamente a Hunt.

Boris Johnson aparece como favorito para suceder a May, num processo de várias votações entre os deputados, no qual, pouco a pouco, os candidatos serão eliminados até restarem apenas dois. Os dois últimos candidatos devem, então, submeter-se à eleição dos afiliados conservadores.

Na passada quarta-feira, um juiz ordenou que Johnson comparecesse perante um tribunal por supostamente “mentir” sobre as contribuições do país para a União Europeia (UE) na campanha do referendo de 2016. Na campanha, em que defendeu o Brexit, o político chegou a dizer que o Reino Unido destinou 350 milhões de libras (396 milhões de euros) por semana ao bloco europeu. Johnson enfrenta uma acusação privada do ativista Marcus Ball, que o acusa de “má conduta em cargos públicos” devido a esta afirmação.

Os advogados representantes de Ball pediram que Johnson fosse responsabilizado pelo tribunal, argumentando que o político enganou deliberadamente os cidadãos durante a campanha antes do referendo, realizado em 23 de junho de 2016. Além disso, de acordo com a acusação, o político britânico reiterou essa mesma mensagem durante as eleições gerais de 2017.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …

Netanyahu terá visitado Arábia Saudita (e reunido com Mike Pompeo e o príncipe herdeiro em segredo)

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, terá viajado no domingo em segredo à Arábia Saudita para se encontrar com o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, divulgaram esta segunda-feira vários meios de comunicação de Israel. De acordo …

Arguidos no processo da queda da árvore na Madeira vão a julgamento

O Tribunal da Comarca da Madeira decidiu, esta segunda-feira, após a fase de instrução, levar a julgamento os dois arguidos no caso da queda da árvore no Funchal que, em agosto de 2017, provocou a …

Ausência de máscara na via pública dá multa a pelo menos 7 pessoas por dia

Entre 28 de outubro e 16 de novembro, a GNR e a PSP aplicaram 825 coimas por incumprimento relativo ao uso de máscara, sendo que mais de 130 foram por falta dela na via pública. De …

França cria "crime de ecocídio" para punir danos graves ao ambiente

A ministra da Transição Ecológica, Barbara Pompili, e o ministro da Justiça de França, Eric Dupont-Moretti, anunciaram a criação do "crime de ecocídio", que visa prevenir e punir os danos graves ao ambiente. Ao Journal du Dimanche, explicaram …

BCE reitera que retoma económica só em 2022 (e "enfraquecida")

Para Philip Lane, economista-chefe do Banco Central Europeu, a vacina traz uma perspetiva para o final do próximo ano e para 2022, mas não para os próximos seis meses. O economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), …

Ventura notificado para apresentar defesa em processo por discriminação

A Comissão para a Igualdade e contra a Discriminação Racial (CICDR) notificou André Ventura para apresentar a sua defesa na sequência de alegadas declarações de carácter discriminatório em relação à etnia cigana no Facebook. A comissão …