Bono foi considerado uma das “mulheres do ano” (e não foi por engano)

Peter Neill / Wikimedia

Bono Vox, líder da super-banda U2

Bono Vox, líder da super-banda U2

Bono Vox, o vocalista dos U2, foi o primeiro homem a ser distinguido nos prémios “Mulheres do Ano”, que a revista Glamour entrega anualmente.

Depois de Bob Dylan ter sido o escolhido para ganhar o prémio Nobel da Literatura, eis que chega Bono Vox para conquistar uma distinção que, à partida, deveria ser de uma mulher.

O vocalista dos U2 foi distinguido pela revista Glamour como uma das “Mulheres do Ano” na edição de 2016, e desengane-se quem pensa que tudo não passou de um erro editorial.

O músico irlandês foi premiado – como “Homem do ano” – graças ao trabalho humanitário que tem feito em busca da igualdade de género, sobretudo, em países menos desenvolvidos.

-

“Não são muitas as celebridades que podem trazer cerca de 100 mil milhões de dólares em cancelamento de dívida para 35 dos países mais pobres do mundo ou persuadir o Governo dos Estados Unidos a dar a maior contribuição jamais vista para salvar pessoas com SIDA em África, como fez o Presidente George W. Bush fez em 2004”, justifica a revista.

Além disso, a publicação destaca a campanha “Poverty is Sexist”, a nova iniciativa de Bono que tem como objetivo ajudar mulheres que vivem nos países mais pobres do mundo.

Em declarações à revista norte-americana, Bono diz ter sido surpreendido com a distinção mas está muito agradecido pelo reconhecimento do seu trabalho.

Tenho a certeza que não o mereço. Mas estou agradecido por este prémio por ser uma oportunidade para dizer que a batalha pela igualdade de género nunca será ganha a menos que os homens lutem por isso ao lado das mulheres. Somos largamente responsáveis pelo problema, por isso temos de estar envolvidos nas soluções”, afirmou.

O artista figura ao lado de personalidades como as fundadoras do movimento Black Live Matters, a iraquiana yazidi Nadia Murad, vencedora do prémio Sakharov, a atleta olímpica Simone Biles e ainda Emily Doe, a vítima do violador de Stanford que escreveu uma emotiva carta ao agressor que, entretanto, foi solto ao fim de apenas três meses de prisão.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-diretor do FBI admite que houve "negligência" na investigação da ingerência russa

O ex-diretor do FBI James Comey admitiu este domingo que “verdadeiras negligências” foram cometidas pela polícia federal no início da investigação sobre a ingerência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos. Donald Trump, …

"Alcochete sempre". Equipa do Sporting vaiada à chegada aos Açores

A comitiva do Sporting foi este domingo vaiada à chegada ao hotel em Ponta Delgada, nos Açores, na véspera do jogo contra o Santa Clara. "Alcochete sempre", gritou um grupo de cerca de 30 adeptos à …

Os seus genes não são o único fator que determina o risco de Alzheimer

O desenvolvimento da doença de Alzheimer não está exclusivamente ligado à genética, sugere um artigo científico publicado recentemente. No primeiro estudo publicado sobre a doença de Alzheimer em trigémeos idênticos, os cientistas descobriram que, apesar de …

"Poções do amor" podem tornar-se na solução para uma relação eterna

Numa verdadeira fusão entre ficção e realidade, as nossas relações amorosas podem vir a ser salvas por uma "poção do amor". A solução passa por se recorrer à manipulação química do amor para tentar que …

Há uma segunda população estelar no disco espesso da Via Láctea

As estrelas que compõem o disco espesso da Via Láctea pertencem a duas populações estelares distintas, com características diferentes. Um novo estudo sobre a composição cinemática e química de uma amostra de estrelas nas proximidades do …

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …