Bono foi considerado uma das “mulheres do ano” (e não foi por engano)

Peter Neill / Wikimedia

Bono Vox, líder da super-banda U2

Bono Vox, líder da super-banda U2

Bono Vox, o vocalista dos U2, foi o primeiro homem a ser distinguido nos prémios “Mulheres do Ano”, que a revista Glamour entrega anualmente.

Depois de Bob Dylan ter sido o escolhido para ganhar o prémio Nobel da Literatura, eis que chega Bono Vox para conquistar uma distinção que, à partida, deveria ser de uma mulher.

O vocalista dos U2 foi distinguido pela revista Glamour como uma das “Mulheres do Ano” na edição de 2016, e desengane-se quem pensa que tudo não passou de um erro editorial.

O músico irlandês foi premiado – como “Homem do ano” – graças ao trabalho humanitário que tem feito em busca da igualdade de género, sobretudo, em países menos desenvolvidos.

-

“Não são muitas as celebridades que podem trazer cerca de 100 mil milhões de dólares em cancelamento de dívida para 35 dos países mais pobres do mundo ou persuadir o Governo dos Estados Unidos a dar a maior contribuição jamais vista para salvar pessoas com SIDA em África, como fez o Presidente George W. Bush fez em 2004”, justifica a revista.

Além disso, a publicação destaca a campanha “Poverty is Sexist”, a nova iniciativa de Bono que tem como objetivo ajudar mulheres que vivem nos países mais pobres do mundo.

Em declarações à revista norte-americana, Bono diz ter sido surpreendido com a distinção mas está muito agradecido pelo reconhecimento do seu trabalho.

Tenho a certeza que não o mereço. Mas estou agradecido por este prémio por ser uma oportunidade para dizer que a batalha pela igualdade de género nunca será ganha a menos que os homens lutem por isso ao lado das mulheres. Somos largamente responsáveis pelo problema, por isso temos de estar envolvidos nas soluções”, afirmou.

O artista figura ao lado de personalidades como as fundadoras do movimento Black Live Matters, a iraquiana yazidi Nadia Murad, vencedora do prémio Sakharov, a atleta olímpica Simone Biles e ainda Emily Doe, a vítima do violador de Stanford que escreveu uma emotiva carta ao agressor que, entretanto, foi solto ao fim de apenas três meses de prisão.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre. A 30 de …

Exoplaneta gigante pode ter as condições ideais para abrigar vida

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que o enorme exoplaneta K2-18b - tem duas vezes o tamanho da Terra - pode reunir as condições ideais para abrigar vida. Depois de …

A Terra pode ter uma nova (e temporária) mini-lua

A Terra pode ter um novo vizinho, ainda que temporário. Astrónomos do Catalina Sky Survey, programa financiado pela NASA, acreditam ter identificado um asteróide que ficou preso na gravidade da Terra - pode ser a …

Príncipe italiano vende massa fresca numa roulote nos Estados Unidos

O príncipe italiano Emanuele Filiberto é dono da "Princípe de Veneza", a única roulote que vende massa fresca em Los Angeles, nos Estados Unidos. Harry e Meghan Markle podem bem pôr os olhos neste exemplo de …

Há 140 anos, "choveu" carne nos Estados Unidos (e ainda não se sabe porquê)

Há 140 anos, em 1876, uma quinta no estado norte-americano de Kentucky testemunhou uma "chuva" de carne cuja origem permanece um mistério. Tudo começou quando, em 3 de março de 1876, a mulher do agricultor Allen …

"Posso sempre confiar" nos americanos. Coleção de cartas manuscritas da princesa Diana vai a leilão

Em 25 de junho de 1997, alguns meses antes da morte da princesa Diana em agosto, dezenas dos seus vestidos foram leiloados na Christie's, em Nova Iorque. Agora, algumas das suas cartas manuscritas sobre esse …

Governos desligaram a Internet centenas de vezes em 2019

Dezenas de Governos de todo o mundo desligaram os seus países da Internet de forma intencional mais de 200 vezes durante o ano passado, afetando milhões de utilizadores, revela um novo relatório do grupo de …

Falha de protocolo do Governo americano pode ter ajudado a espalhar o coronavírus

Uma whistleblower do Departamento de Saúde e Serviços Humanos norte-americano defende que uma falha no protocolo de saúde pública pode ter levado à disseminação do coronavírus dentro do país. Uma denunciante do Departamento de Saúde e …

Coronavírus pode fazer com que Liverpool não seja campeão inglês

O Liverpool pode não se sagrar campeão inglês devido ao surto do novo coronavírus. Caso o Governo britânico suspendesse a competição, os 'reds' poderiam não ser considerados campeões. O coronavírus continua a ameaçar o mundo inteiro …

Sissoco Embaló demite primeiro-ministro e ambos falam em "golpe de Estado"

Umaro Sissoco Embaló, candidato às presidenciais dado como vencedor pela Comissão Nacional de Eleições da Guiné- Bissau, e que quinta-feira tomou posse simbolicamente como Presidente do país, demitiu hoje o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes. Num decreto …