Violador de Stanford saiu da prisão ao fim de apenas três meses

DR

Brock Turner

Brock Turner

Brock Turner gerou indignação nos EUA ao ser condenado a seis meses de prisão por ter violado uma jovem que estava insconsciente. Agora, apenas três meses depois de ter sido preso, o ex-nadador foi dispensado do resto da pena. 

Em janeiro de 2015, dois estudantes apanharam Brock Turner, estudante da Universidade de Stanford, a violar uma rapariga inconsciente atrás de um contentor, depois de uma festa universitária.

Depois de, em março, ter sido declarado culpado da violação o caso ganhou projeção internacional quando, em junho, Turner foi condenado a seis meses de prisão, em vez dos seis anos propostos pelo Ministério Público.

Ao pronunciar a sentença, o juiz Aaron Persky – ele mesmo ex-atleta de Stanford – alegou que “uma sentença de prisão teria um impacto muito grande” na vida do rapaz, que tinha uma carreira promissora como nadador. O pai de Turner também foi duramente criticado por ter afirmado que uma pena de prisão era “muito dura por apenas 20 minutos de ação“.

Para além da onda de indignação pelo desrespeito à vítima, que teve a sua vida gravemente afetada e terá de conviver com a dor e os fantasmas da violação pelo resto da vida, a condenação de Brock Turner foi considerada demasiado branda, tendo sido atribuída ao facto de ser um jovem branco – os negros tendem a ter penas mais pesadas -, para além de ser atleta de uma instituição de prestígio.

A revolta reacendeu-se esta semana, quando Brock Turner, ao fim de apenas três dos seis meses a que foi condenado, viu a sua pena na prisão de Santa Clara reduzida por bom comportamento.

O caso gerou comoção nos EUA quando a vítima, de 23 anos, divulgou o seu testemunho.

“Tu não me conheces, mas já estiveste dentro de mim, e é por isso que estamos aqui hoje. Os problemas que arranjaste são palpáveis, sem títulos, graus, rótulos. O dano que me causaste foi interno, invisível, que carrego comigo. Tiraste-me o valor, a minha privacidade, a minha energia, o meu tempo, a minha segurança, a minha intimidade, a minha confiança, a minha própria voz, até hoje”, dizia parte do texto.

O impacto do caso foi tão forte que o vice-Presidente norte-americano, Joe Biden, escreveu uma carta aberta à jovem (que preferiu permanecer anónima) onde admitia que “muitas pessoas falharam contigo naquela terrível noite em janeiro e nos meses que se seguiram”.

A revolta com a condenação de Turner à pena mínima levou à publicação de uma lei na Califórnia que obriga a um mínimo de três anos de prisão para violações que ocorrerem quando a vítima está inconsciente ou incapacitada, além do alargamento da definição de violação.

O caso é mais um que volta a trazer a atenção para os abusos sexuais que têm lugar nas universidades norte-americanas, onde, de acordo com dados oficiais, mais de uma em cada seis mulheres são violadas durante o primeiro ano de estudos quando estão sob o efeito de álcool ou drogas.

AF, ZAP com Hypeness

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Quer dizer então que o violador teve bom comportamento na prisão por não ter violado ninguém? Do que é que estavam à espera que ele fizesse na prisão?
    Coitadas das vítimas!

  2. Ele é porco! Mas o pai não lhe fica atráz!
    Na optica do canalha do pai dele, o filhinho não devia ser condenado por “20 minutos de acção”. Grande exemplo de carácter e de principios que está a dar ao filho. Bandido!
    Se fosse ao pai da rapariga, dava-lhe 20 minutos de grande acção, com um taco de basebol naquele lombo e de seguida metia-lhe o taco naquele kú. Kabrão!

  3. Estou a ver que nos USA os nadadores têm outro estatuto e outras leis que o comum dos cidadãos.. Que vergonha sinceramente: o rapaz que é um cobardolas violador, o pai que é tão asqueroso como o filho e o Juiz não lhes fica atrás, só pensou no arguido quando ditou a sentença, não pensou na vítima. Ah pois, a vítima era uma mulher, pior que escumalha não é? Para tratar abaixo de cão claro!
    Isto anda bonito anda, qualquer dia as raparigas têm de ter aulas especiais de autodefesa na escola.

  4. Muito boa a justiça americana; tanto é noticia por ter inocentes presos durante décadas (ou até de os matar!), como por soltar culpados de violações ao fim de apenas 3 meses!!
    Ainda por cima, as violações nos EUA são diárias…

RESPONDER

Cristiano Ronaldo regressa a Madrid com um novo hotel

Cristiano Ronaldo, em estreita colaboração com o Grupo Pestana, abriu um novo hotel no centro de Madrid, em Espanha, chamado Pestana CR7 Gran Vía Madrid. O Pestana CR7 Gran Vía Madrid resulta de uma união entre …

FC Porto já perdeu tantas vezes como na época anterior

A época ainda só vai a meio, mas o Porto já perdeu tantos jogos como em cada uma das duas temporadas anteriores. Os 'dragões' perderam seis encontros até ao momento. O FC Porto está longe de …

Londres. Polícia utiliza câmaras com sistema de reconhecimento facial para procurar criminosos

A tecnologia é cada vez mais utilizada pelas autoridades para a aplicação da lei. Na cidade de Londres, no Reino Unido, foram recentemente instaladas câmaras de reconhecimento facial que permitem às forças de segurança reconhecer …

Coronavírus. EUA pedem mais transparência ao Governo chinês

O secretário da Saúde dos EUA, Alex Azar, pediu hoje ao Governo chinês maior "transparência" na gestão da epidemia do novo coronavírus, que já provocou mais de cem mortes na China. “Dissemos à China que mais …

"Amigo" de António Joaquim entregou carta ao tribunal a dizer que viu Luís Grilo a ser morto

Há uma carta que pode baralhar a investigação do caso da morte do triatleta Luís Grilo cuja viúva, Rosa Grilo, é a principal suspeita de o ter assassinado. Um homem que alega ser "amigo" de …

Sismo de magnitude 7,7 entre Cuba e Jamaica lança alerta de tsunami

Um terramoto de magnitude 7,7 fez-se sentir esta terça-feira em Cuba e na Jamaica. Os países estão agora em alerta de tsunami, que também se estende às Ilhas Caimão. Esta terça-feira foi detetado um terramoto de …

"Apagaram um continente". Ativista do Uganda foi eliminada de fotografia com Greta Thunberg

Vanessa Nakate, uma ativista do Uganda, posou com outras quatro ativistas pelo clima, incluindo a sueca Greta Thunberg, para uma fotografia em Davos, na Suíça. Porém, a agência de notícias Associated Press (AP) cortou Vanessa …

PSD assegura que sem contrapartidas proposta de redução do IVA da eletricidade "não será votada"

O deputado do PSD Duarte Pacheco assegurou hoje que a proposta do partido para reduzir o IVA da eletricidade para consumo doméstico "não será votada" se não lhe estiver associada qualquer contrapartida de compensação da …

Português nos EUA queixa-se de roubo de raspadinha de 4 milhões de dólares

Imigrante pensava que o bilhete só valia quatro mil euros e alega ter sido enganado por duas mulheres. Um português imigrante em New Bedford, Estados Unidos, queixa-se em tribunal de ser vítima de um "esquema de …

Diego Miranda é o primeiro português a atuar no palco principal do Tomorrowland

Diego Miranda vai ser o primeiro DJ português a atuar no palco principal do festival de música eletrónica Tomorrowland. Este será a quinta presença consecutiva do artista. O DJ e produtor Diego Miranda vai ser o …