Violador de Stanford saiu da prisão ao fim de apenas três meses

DR

Brock Turner

Brock Turner

Brock Turner gerou indignação nos EUA ao ser condenado a seis meses de prisão por ter violado uma jovem que estava insconsciente. Agora, apenas três meses depois de ter sido preso, o ex-nadador foi dispensado do resto da pena. 

Em janeiro de 2015, dois estudantes apanharam Brock Turner, estudante da Universidade de Stanford, a violar uma rapariga inconsciente atrás de um contentor, depois de uma festa universitária.

Depois de, em março, ter sido declarado culpado da violação o caso ganhou projeção internacional quando, em junho, Turner foi condenado a seis meses de prisão, em vez dos seis anos propostos pelo Ministério Público.

Ao pronunciar a sentença, o juiz Aaron Persky – ele mesmo ex-atleta de Stanford – alegou que “uma sentença de prisão teria um impacto muito grande” na vida do rapaz, que tinha uma carreira promissora como nadador. O pai de Turner também foi duramente criticado por ter afirmado que uma pena de prisão era “muito dura por apenas 20 minutos de ação“.

Para além da onda de indignação pelo desrespeito à vítima, que teve a sua vida gravemente afetada e terá de conviver com a dor e os fantasmas da violação pelo resto da vida, a condenação de Brock Turner foi considerada demasiado branda, tendo sido atribuída ao facto de ser um jovem branco – os negros tendem a ter penas mais pesadas -, para além de ser atleta de uma instituição de prestígio.

A revolta reacendeu-se esta semana, quando Brock Turner, ao fim de apenas três dos seis meses a que foi condenado, viu a sua pena na prisão de Santa Clara reduzida por bom comportamento.

O caso gerou comoção nos EUA quando a vítima, de 23 anos, divulgou o seu testemunho.

“Tu não me conheces, mas já estiveste dentro de mim, e é por isso que estamos aqui hoje. Os problemas que arranjaste são palpáveis, sem títulos, graus, rótulos. O dano que me causaste foi interno, invisível, que carrego comigo. Tiraste-me o valor, a minha privacidade, a minha energia, o meu tempo, a minha segurança, a minha intimidade, a minha confiança, a minha própria voz, até hoje”, dizia parte do texto.

O impacto do caso foi tão forte que o vice-Presidente norte-americano, Joe Biden, escreveu uma carta aberta à jovem (que preferiu permanecer anónima) onde admitia que “muitas pessoas falharam contigo naquela terrível noite em janeiro e nos meses que se seguiram”.

A revolta com a condenação de Turner à pena mínima levou à publicação de uma lei na Califórnia que obriga a um mínimo de três anos de prisão para violações que ocorrerem quando a vítima está inconsciente ou incapacitada, além do alargamento da definição de violação.

O caso é mais um que volta a trazer a atenção para os abusos sexuais que têm lugar nas universidades norte-americanas, onde, de acordo com dados oficiais, mais de uma em cada seis mulheres são violadas durante o primeiro ano de estudos quando estão sob o efeito de álcool ou drogas.

AF, ZAP com Hypeness

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Quer dizer então que o violador teve bom comportamento na prisão por não ter violado ninguém? Do que é que estavam à espera que ele fizesse na prisão?
    Coitadas das vítimas!

  2. Ele é porco! Mas o pai não lhe fica atráz!
    Na optica do canalha do pai dele, o filhinho não devia ser condenado por “20 minutos de acção”. Grande exemplo de carácter e de principios que está a dar ao filho. Bandido!
    Se fosse ao pai da rapariga, dava-lhe 20 minutos de grande acção, com um taco de basebol naquele lombo e de seguida metia-lhe o taco naquele kú. Kabrão!

  3. Estou a ver que nos USA os nadadores têm outro estatuto e outras leis que o comum dos cidadãos.. Que vergonha sinceramente: o rapaz que é um cobardolas violador, o pai que é tão asqueroso como o filho e o Juiz não lhes fica atrás, só pensou no arguido quando ditou a sentença, não pensou na vítima. Ah pois, a vítima era uma mulher, pior que escumalha não é? Para tratar abaixo de cão claro!
    Isto anda bonito anda, qualquer dia as raparigas têm de ter aulas especiais de autodefesa na escola.

  4. Muito boa a justiça americana; tanto é noticia por ter inocentes presos durante décadas (ou até de os matar!), como por soltar culpados de violações ao fim de apenas 3 meses!!
    Ainda por cima, as violações nos EUA são diárias…

RESPONDER

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …

Cruzeiros vazios no meio do oceano tornam-se destinos turísticos

Embarcados num pequeno ferry, turistas dirigem-se até aos locais onde grandes navios cruzeiros estão parados e desertos. Esta foi uma solução encontrada para reavivar o setor. A pandemia de covid-19 está a fazer com que, genericamente, …

Todas as pensões mais baixas vão ter aumento extra de dez euros

As pensões mais baixas, até aos 658 euros, vão ter um aumento extraordinário de dez euros no próximo ano. O Governo confirmou a informação avançada pelo PCP. A ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes …

Na fase inicial da pandemia, o setor privado "não quis e não entrou no combate à pandemia"

A antiga ministra da Saúde Ana Jorge considera que os privados podem ser envolvidos na luta contra a pandemia, recebendo doentes não covid-19, mas avisa que é preciso um “equilibro” nessa ação, depois de estes …

Uso de máscara pode salvar 130 mil vidas nos EUA até final de fevereiro, revela estudo

As medidas de distanciamento social, principalmente o uso de máscaras em público, podem salvar até 130 mil vidas nos Estados Unidos (EUA), revelou um novo estudo divulgado na sexta-feira. Em abril, o Presidente dos Estados Unidos …

A guerra contra o plástico está a distrair-nos da poluição invisível

O atual foco na poluição de plástico está a fazer com que as pessoas descurem o tipo de poluição que não é possível ver, alerta uma equipa de investigadores. O plástico é um material incrivelmente útil …

A pandemia veio interromper as touradas no Peru. Mas há quem não esteja muito satisfeito com isso

Em poucos meses a pandemia do novo coronavírus conseguiu um feito há muito desejado por ativistas de todo o mundo: interrompeu as touradas. O cancelamento dos espetáculos - criticados pela sua violência para com os …

Dezenas de sites franceses com propaganda islâmica após pirataria informática

Várias dezenas de pequenos websites franceses foram afetados por uma onda de pirataria informática, publicando mensagens de propaganda islâmica, indica hoje a agência noticiosa France-Press (AFP). Mensagens como “Vitória para Maomé, vitória para o Islão e …