/

Bombas e granadas encontradas nas antigas minas de S. Pedro da Cova

Reis Quarteu / Wikimedia

Cavalete do Poço de São Vicente, em São Pedro da Cova.

Foi encontrado material de guerra, como bombas e granadas, enterrado nas antigas minas de S. Pedro da Cova, em Gondomar.

A descoberta foi feita durante a remoção dos resíduos tóxicos depositados nas escombreiras. Segundo o JN, chegaram mesmo a acontecer alguns rebentamentos.

“Foi detetada a presença de alguns antigos engenhos explosivos, o que motivou a adoção de medidas de segurança tendo em vista salvaguardar as pessoas que trabalham na operação”, confirmou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Norte.

Foram ainda acionadas as medidas de segurança consideradas adequadas e os trabalhos nas antigas minas foram suspensos. A CCDR “espera retomar a operação de remoção dos resíduos tão brevemente quanto possível”.

Até então, a retirada dos resíduos perigosos tem sido feita com a ajuda de retroescavadoras, mas após esta descoberta, este método pode ter de ser repensado. O uso de retroescavadoras pode levar a mais rebentamentos perigosos.

Não é sabido há quanto tempo este material de guerra foi ali depositado e qual terá sido a sua proveniência. Apenas uma investigação vai permitir perceber a sua origem.

A empreitada de remoção dos resíduos tóxicos nas escombreiras está a avançar a bom ritmo, prevendo-se que termine até ao final do ano, sublinha o JN. A operação seria para remover 137 mil toneladas, mas foram encontradas mais 28 mil toneladas.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.