Bolsonaro escolhe “musa do veneno” para ministra da Agricultura

Antonio Cruz / Agência Brasil

Tereza Cristina será a ministra da Agricultura

O Presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, escolheu a deputada Tereza Cristina para ministra da Agricultura, após ouvir a sugestão dos dirigentes da influente “bancada do boi”, que reúne os parlamentares apoiados pelo agro-negócio.

A futura ministra da Agricultura era deputada pelo partido Democratas (DEM), eleita pelo Mato Grosso do Sul, e liderava a Frente Parlamentar Agro-Pecuária (FPA) do Congresso, como é conhecida oficialmente a “bancada do boi”, um dos grupos parlamentares temáticos mais influentes. Há mais de 200 parlamentares de partidos diferentes unidos pelo apoio a uma agenda favorável aos interesses da indústria agrícola.

Tereza Cristina era, até agora, a líder desse grupo e foi a principal responsável pelo avanço de uma lei que liberaliza a utilização de pesticidas na agricultura.

Bolsonaro anunciou o nome da nova ministra através do Twitter depois de um encontro com membros da bancada ruralista, de acordo com o portal de notícias G1, em que Tereza Cristina foi sugerida para ocupar o cargo.

Tereza Cristina ficou conhecida como a “musa do veneno” por causa dos seus esforços para que a utilização de pesticidas fosse liberalizada. A deputada presidiu a comissão que em Junho deu luz-verde ao diploma legislativo, que terá ainda de passar pelas duas câmaras do Congresso.

Há 12 anos que a proposta estava bloqueada no Congresso. A campanha de recandidatura da deputada recebeu 82.117 euros de doações de empresas ligadas ao sector agrícola, de acordo com o Repórter Brasil.

Entre outras alterações ao atual regime de aprovação de pesticidas, o diploma vai permitir que a regularização destes produtos seja mais rápida. Atualmente, há três órgãos que controlam o processo de aprovação dos pesticidas, mas a nova lei irá unificar o procedimento que passa a ficar totalmente sob tutela do Ministério da Agricultura.

Não é a primeira vez que uma líder da “bancada do boi” passa pelo Ministério da Agricultura. No final de 2014, recorda o Público, Dilma Rousseff nomeou a então deputada e líder da FPA Kátia Abreu como ministra. Abreu foi candidata a vice de Ciro Gomes nas últimas eleições presidenciais.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Ok, vamos parar de importar o que quer que seja comestível do Brasil. Na próxima colheita, o pesticida mais “suave” que vão usar será o DDT.

  2. Sinceramente gostava era de saber se depois de ser aPOIAnte destas tais leis e usos de venenos, se a dita “senhora” COME esses produtos ou se, porque pode pagar, vai para os produtos naturais e biológicos e por aí fora… porque como tão bem expressa um ditado que penso até ser do Brasil: “pimenta no c.u. dos outros é refresco para mim” – enfim….

  3. Só comentário inútil! Sem conhecimento de causa! As pragas da lavoura evoluem bem mais rápido que os novos pesticidas são liberados! Forçando o agricultor a usar um tipo de agrotóxico fazendo mais aplicações e com doses maiores para poder controlar as pragas! Com o agrotóxico correto para aquela praga as aplicações diminuíram e consequentemente as doses. Esses produtos são caros , vcs acham que usamos porque gostamos de gastar e correr risco de intoxicação?
    https://youtu.be/pwxi15JdIkoda uma olhada neste link também pra não falarem besteira sobre o agronegócio.

    • Será mesmo besteira?
      Então porque razão os paises mais preocupados com a saúde pública estão a restringir os agrotóxicos e os paises subdesenvolvidos estão a utilizar cada vez mais?

RESPONDER

Hélder Amaral: "O meu partido de sempre está a morrer"

Em declarações ao semanário Expresso, o antigo deputado do CDS-PP, Hélder Amaral, diz-se desiludido com o seu partido. O ex-deputado centrista Hélder Amaral, que foi também presidente da distrital de Viseu, não está feliz com o …

EDP antecipa pagamento a mais de mil fornecedores em Portugal e Espanha

A EDP vai antecipar o pagamento a mais de mil fornecedores, uma iniciativa que, à semelhança do que já aconteceu no último ano, irá manter-se para todos os pagamentos a fornecedores ao longo do primeiro …

Há centenas de pessoas em busca de tesouros que não existem na Índia (e a culpa é de um boato)

Moradores de pelo menos três vilas no distrito de Rajgarh, no estado indiano de Madhya Pradesh (MP), passaram a última semana à procura de um tesouro antigo que provavemente não existe. Centenas de aldeões estão a …

João Ferreira diz que Marcelo deixou jovens em situação de "vulnerabilidade" (e elogia lay-off a 100%)

João Ferreira criticou este sábado o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa por deixar os jovens em situação de "vulnerabilidade". O candidato presidencial João Ferreira afirmou, este sábado, que o Presidente da República, Marcelo …

Marisa Matias critica que apenas 1% do orçamentado seja gasto com cuidadores informais

Marisa Matias, candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, criticou este sábado que apenas tenha sido executado 1% da verba prevista no Orçamento do Estado para 2020 para os projetos-piloto dos cuidadores informais. Os atrasos e …

Ana Gomes considera "elucidativo" que Sócrates a ataque e elogie Marcelo

Ana Gomes, candidata às eleições presidenciais, considerou “elucidativo” que o antigo primeiro-ministro José Sócrates a tenha atacado e elogiado Marcelo Rebelo de Sousa. Questionada pelos jornalistas sobre o artigo de José Sócrates divulgado na sexta-feira, em …

Só pela profissão, professores "não são grupo de risco"

Graça Freitas reconheceu a importância dos professores "para o funcionamento do país", mas rejeitou considerá-los um grupo de risco esta sexta-feira. Os professores não são considerados um grupo de risco que deva ser integrado entre as …

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …