Barreiras Duarte não se demite e diz-se “alvo de campanha ignominiosa”

Miguel A. Lopes / Lusa

Feliciano Barreiras Duarte, secretário-geral do PSD

Feliciano Barreiras Duarte vai continuar a ser secretário-geral do PSD. “Vou esperar, serenamente e em silêncio absoluto, mas, confesso, magoado, pelos resultados do inquérito da PGR. Sofri muito nos últimos dias, por causa deste vilipêndio”, afirma.

A Procuradoria-Geral da República remeteu para inquérito no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa os elementos que recolheu sobre o caso do currículo do secretário-geral do PSD, Feliciano Barreiras Duarte.

“Na sequência de notícias vindas a público, a Procuradoria-Geral da República procedeu à recolha de elementos. Esses elementos foram encaminhados para o DIAP de Lisboa com vista a inquérito”, revelou a PGR, em resposta à Lusa, sem adiantar mais pormenores.

Apesar da investigação, por ter incluído uma informação falsa no seu currículo, Barreiras Duarte não tenciona demitir-se, considerando “normal” a abertura do inquérito. No entanto, não deixa de notar que neste caso o Ministério Público atuou “depressa“, tendo em conta que a notícia que desencadeou este caso foi publicada no sábado.

Em declarações ao Expresso, Barreiras Duarte mostrou-se “totalmente disponível para colaborar com o DIAP, explicar todo o meu trajeto académico e apresentar todo trabalho de investigação que fiz ao longo destes anos”.

Contudo, nada do que possa apresentar irá validar a alegação de que seria professor visitante na Universidade da Califórnia, em Berkeley, com a qual planeou há dez anos fazer trabalho académico que nunca se chegou a concretizar. Barreiras Duarte já eliminou esse ponto do seu currículo.

Em comunicado, citado pelo Público, Feliciano Barreiras Duarte escreveu que a decisão da PGR de abrir um inquérito “vai ao encontro” dos seus “mais profundos desejos de ver” a atual polémica “cabal e completamente esclarecida”.

“Vou esperar, serenamente e em silêncio absoluto, mas, confesso, magoado, pelos resultados do inquérito da PGR. Sofri muito nos últimos dias, por causa deste vilipêndio”, reage Barreiras Duarte.

“Nada fiz de errado no chamado processo de Berkeley; todos os movimentos e ações relacionados com esse caso estão devidamente documentados e são inequívocos quanto à minha inocência; fui convidado para visiting scholar (estatuto que não confere qualquer grau académico) e não me fiz convidado; não tirei qualquer proveito da Universidade de Berkely – nem financeiro, nem académico, nem profissional, nem político”, garante.

O atual secretário-geral diz-se alvo de uma campanha com motivações políticas. “Tenho nos últimos dias desmentindo o que eu naturalmente sabia ser falso e sido alvo de uma campanha ignominiosa, que me afta e à minha família de forma tão grave quanto só as pessoas de bem podem avaliar”, sublinha.

Barreiras Darte destaca, porém, que o principal objetivo desta “campanha ignominiosa” é “atacar a direcção do PSD e em particular o seu líder, Rui Rio”.

O secretário-geral do PSD falou com Rui Rio sobre o assunto. O líder do partido entendeu e aceitou as explicações do seu secretário-geral e desvalorizou o caso quando foi confrontado pelos jornalistas, no encerramento do congresso do CDS.

“É inequívoco que Barreiras Duarte fez referência a um aspeto do seu currículo que não era preciso e corrigiu, é esta informação que eu tenho e ele deu essa informação à comunicação social”, disse Rio aos jornalistas. “Há um aspeto do seu currículo que estava a mais, não estava preciso, e ele corrigiu“.

Além disso, afirma ainda que “a principal e mais grave acusação” de que é alvo, relativa a falsificação de documentos, “caiu por terra“, já que uma professora da Universidade de Berkeley dá agora como verdadeiro, em declarações ao Observador, um documento que antes tinha garantido que era falso, e que atestará a sua passagem pela instituição californiana como visiting scholar.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Especialistas preveem mais birras e frustrações nas crianças durante o novo confinamento

A falta das brincadeiras e da socialização, aliadas a um aumento da exposição aos ecrãs, podem originar mais birras, desentendimentos e frustrações das crianças e jovens que regressam a casa para um novo confinamento, asseguram …

Musk oferece prémio de 100 milhões por tecnologia para capturar carbono

Elon Musk lançou um novo desafio: O CEO da Tesla e da SpaceX vai oferecer um prémio de 100 milhões de dólares a quem projetar uma tecnologia eficaz de captura de carbono. Elon Musk sabe que, …

PSP multou 406 pessoas (e deteve 16) este fim de semana

A PSP deteve, durante o passado fim de semana, 16 pessoas e multou 406 por incumprimento do dever geral de recolhimento, num total de 621 operações de fiscalização. Dos detidos, “dez foram por desobediência ao …

SpaceX envia recorde de 143 satélites e cinzas humanas num único foguete

A SpaceX enviou no domingo um recorde de 143 satélites num único foguete, como parte do novo programa de carga partilhada entre empresas a um custo mais baixo, entre elas a funerária Celestis, que mandou …

Viagens de residentes caíram 84,8% para fora e 18,5% em Portugal no 3.º trimestre de 2020

As viagens turísticas de residentes em Portugal diminuíram 84,8% com destino ao estrangeiro e 18,5% em território nacional, no terceiro trimestre de 2020, em termos homólogos, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE). Segundo as …

Santander encerrou 60 balcões em 2020 e prevê fechar mais 30 até março

O Santander encerrou 60 balcões em 2020 e estima fechar mais cerca de 30 este trimestre, numa adaptação ao modelo de negócio que diz obrigatória para sobreviver. A Comissão Executiva do Santander, que assina a carta enviada …

Instituto Pasteur interrompe desenvolvimento de vacina

O Instituto Pasteur anunciou esta segunda-feira ter parado o desenvolvimento do seu principal projeto de vacina contra a covid-19, porque os primeiros ensaios demonstraram ser menos eficaz do que se esperava. Um outro agente francês, o …

Maduro anuncia "gotas milagrosas" 100% eficazes contra a covid-19

Este domingo, o Presidente venezuelano Nicolás Maduro apresentou um suposto medicamento desenvolvido no país que descreveu como "gotas milagrosas", 100% eficazes contra a covid-19. O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou este domingo umas gotas que …

Associação de Juízes pede urgência na aprovação de lei sobre suspensão de prazos processuais

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) pediu esta segunda-feira ao Governo e ao parlamento a "maior urgência" na aprovação da proposta de lei que determina a suspensão dos prazos nos processos judiciais não urgentes. Segundo …

Marisa Matias e João Ferreira ficam sem subvenção pública

As candidaturas de João Ferreira e Marisa Matias não vão receber a subvenção pública para financiar as suas campanhas eleitorais, uma vez que ficaram abaixo dos 5%, a fasquia imposta pela lei para ter acesso …