Bancos europeus têm buracos de 767 mil milhões de euros

European Parliament / Flickr

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu

Os bancos europeus apresentam necessidades de capital na ordem dos 767 mil milhões de euros, antes dos exercícios do Banco Central Europeu (BCE), segundo um estudo conduzido por um investigador alemão e um académico norte-americano.

Os bancos franceses têm o maior buraco (285 mil milhões de euros), seguidos pelos bancos alemães (199 mil milhões de euros), revelam as conclusões do estudo de Sascha Steffen, da Escola Europeia de Gestão e Tecnologia, em Berlim, e de Viral Acharya, da Universidade de Nova Iorque, segundo a agência de informação financeira Bloomberg.

“Uma análise exaustiva sobre a qualidade dos ativos da banca europeia deverá revelar uma falta de capital substancial em muitos países periféricos e do centro da Europa”, escrevem os autores, que analisaram 109 dos 124 bancos da Zona Euro que vão ser analisados nos exames do Banco Central Europeu, antes de a entidade liderada por Mario Draghi assumir a sua supervisão.

Os autores apontam para um risco especialmente elevado nos bancos alemães detidos pelo Estado (Landesbanken). “A Alemanha tem muitas instituições financeiras estatais que vão necessitar de injeções de capital“, advertem.

Já os bancos espanhóis têm insuficiências calculadas em 92 mil milhões de euros, enquanto os bancos italianos precisam de cerca de 45 mil milhões de euros para fazer face aos rácios de capital que as novas regras para a banca europeia exigem.

Além de anteciparem a necessidade de serem feitos aumentos de capital significativos e a transformação de dívida em capital (em prejuízo dos credores), os autores dizem que, nalguns casos, será inevitável o recurso a ajudas estatais para fazer face à falta de capital das instituições financeiras analisadas.

Portugueses “na boa”

A notícia da Bloomberg salienta ainda a posição frágil dos bancos na Bélgica, em Chipre e na Grécia, sem fazer qualquer referência aos quatro bancos portugueses que estão envolvidos neste exercício do BCE, nomeadamente a Caixa Geral de Depósitos (CGD), o Banco Comercial Português (BCP), o Banco BPI e o Grupo Espírito Santo (que controla o BES).

Contudo, quer os banqueiros portugueses, quer o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, já vieram a público várias vezes garantir que as instituições estão bem capitalizadas e que não deverão necessitar de novas ajudas estatais, uma vez que, desde que se iniciou o programa de assistência internacional a Portugal, já se recapitalizaram significativamente, ao contrário da maioria dos seus congéneres europeus.

Durante este ano, o Banco Central Europeu juntamente com a Autoridade Bancária Europeia (EBA, na sigla inglesa) vão conduzir testes de stress às 124 instituições em causa, bem como uma avaliação das suas carteiras de dívida pública.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …

"Impõe-se manter as medidas de contenção", diz Marcelo

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 …

Crise poderá levar a Juve a vender Ronaldo por 70 milhões

A crise financeira causada pela pandemia de covid-19 poderá "obrigar" a Juventus a vender Cristiano Ronaldo por 70 milhões de euros, avança a imprensa italiana, frisando que existem mais dois cenários em cima da mesa. O …

Pavilhão Rosa Mota transformado em "Hospital de Missão" com 300 camas

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como “Hospital de Missão” e, com 300 camas, servirá para acolher doentes com poucos sintomas de covid-19 ou até assintomáticos sem “retaguarda familiar”. “Trata-se …

Maduro acusa EUA de provocarem "perigoso momento de tensão" no continente

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, enviou na segunda-feira uma carta aos governantes internacionais, alertando que os Estados Unidos (EUA), ao oferecerem uma recompensa por informações que levem à sua detenção, conduzem a "um perigoso …

Prestações ao banco vão subir para quem recorrer à moratória

As prestações dos créditos à habitação vão subir para empresas e clientes particulares que pedirem a sua suspensão no âmbito da moratória criada pelo Governo. Os juros vencidos durante os seis meses da moratória serão …

BE e PCP querem isenção do pagamento de propinas durante estado de emergência

O Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português consideram que os alunos do Ensino Superior devem ficar isentos do pagamento de propinas durante o estado de emergência. Tanto o BE como o PCP sempre defenderam …

Menina de 12 anos morre na Bélgica vítima da covid-19

Uma menina de 12 anos morreu esta segunda-feira na Bélgica devido à pandemia de covid-19, anunciaram esta terça-feira as autoridades de saúde deste país. "É um caso muito raro, mas que nos afeta muito, é um …

"Bomba" de Graça Freitas rebentou-lhe nas mãos. Governo rejeita cerco sanitário ao Porto

O Secretário de Estado da Saúde, António Sales, rejeitou, nesta terça-feira, a possibilidade de impor um cerco sanitário ao Porto. Esta hipótese foi avançada pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas, e foi fortemente criticada por …

Novo máximo diário. Covid-19 mata mais 849 pessoas em Espanha

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 849 mortos com o novo coronavírus, um novo recorde de falecidos num só dia, elevando o balanço total para 8189. Os números do Ministério da Saúde espanhol revelam ainda um …