Bancos credores penhoram coleção Berardo, que passa para aos mãos do Estado

António Cotrim / Lusa

O arresto da coleção de obras de arte do empresário Joe Berardo foi decretado judicialmente esta segunda-feira a pedido dos bancos credores, escreve o Público.

De acordo com o diário, que avança a notícia, a providência cautelar decretada sobre a coleção do empresário foi acionada judicialmente a pedido dos bancos credores – a Caixa Geral de Depósitos, o BCP e o Novo Banco.

Com a penhora, a coleção passa assim para as mãos do Estado, que irá suportar os custos de manutenção da coleção, nomeadamente os seguros, decidiu o tribunal. A coleção em causa está desde 2006 estão no Centro Cultural de Belém (CCB).

Tal como explica o Público, esta foi a solução encontrada para procurar resolver a dívida de quase mil milhões que Berardo contraiu com três bancos, garantindo que o empresário não retirava obras de arte à coleção que está depositada no CCB.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, o ministro-adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, estiveram envolvidos no processo de forma a salvaguardar também os interesses do Estado, que não queria que os quadros fossem vendidos e saíssem do país.

Em declarações ao jornal Observador, fonte oficial da Fundação Berardo diz que nenhuma entidade ligada ao grupo foi notificada pelos tribunais. “Três arrestos anunciados pela comunicação social. Nenhum notificado pelos tribunais”, apontou.

O BCP, que reclama 962 milhões de euros a Joe Berardo, recusou-se a comentar as conversas e negociações entre o Governo e as instituições bancárias, bem como as opções tomadas. “Não comentamos coisa nenhuma”, respondeu o CEO do banco na conferência de imprensa de apresentação dos resultados semestrais, citado pelo semanário Expresso.

“O BCP sabe de muita coisa e acompanhamos de forma muito intensa”, disse Miguel Maya. “Tudo faremos e fazemos para cobrar as dívidas ao BCP (…) Quando digo tudo é tudo dentro dos limites da lei e da ética”, completou.

Nas últimas semanas, recorde-se, os bancos credores têm conseguido aprovações de providências cautelares, que já arrestaram não só a morada de Berardo, em Lisboa, como também o domicílio fiscal, no Funchal.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este Sr. empresário Joe Berardo que eu saiba não assaltou nenhum banco, alguém autorizou os financiamentos, sem as contra partidas, que eu saiba o genro do Cavaco também comprou o Pavilhão Atlântico?? e outros mais ainda por divulgar, SEGREDO DE ESTADO.

RESPONDER

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …

Numa operação inédita de 18 horas, gémeas siamesas unidas pelo crânio foram separadas com sucesso

Ervina e Prefina, com 2 anos, nasceram com os crânios unidos, uma das formas mais raras e complexas de fusão craniana e cerebral conhecidas como "craniófago total posterior". Agora, médicos em Itália conseguiram separá-las numa operação …

Família de Pablo Escobar está a processar um rapper norte-americano. Exige-lhe 10 milhões

A família Pablo Escobar, morto em dezembro de 1993 na Colômbia, está a processar o rapper norte-americano Tauheed Heakeen Epps, mais conhecido como 2 Chainz, por usar o nome do narcotraficante num negócio. De acordo com …

Steve Jobs acreditava na eficiência do teletrabalho já em 1990

O fundador da Apple, Steve Jobs, que faleceu em outubro de 2011, dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990. A pandemia de covid-19, que já matou mais de 500 mil pessoas me todo …

Era mais do que uma nota. Sobrevivente de Auschwitz vai conhecer família de soldado que a libertou

Lily Ebert, de 90 anos, sobreviveu ao Holocausto. No campo de concentração de Auschwitz, recebeu uma nota alemã de um soldado judeu norte-americano que a libertou e lhe deu esperança. Agora, vai conhecer a família …

China detém o professor Xu Zhangrun, principal crítico do presidente Xi Jinping

A polícia chinesa deteve Xu Zhangrun, professor e ensaísta da Universidade Tsinghua, silenciando assim uma das últimas vozes nos círculos inteletuais da China que criticam abertamente a liderança do Presidente Xi Jinping. A prisão de Xu Zhangrun, …

Tentaram matar um político na Noruega (e a polícia precisa de ajuda de donos de Teslas)

A polícia de Sandefjord, uma cidade na Noruega, está a voltar-se para um aliado improvável enquanto investiga uma tentativa de assassinato: as câmaras de vigilâncias dos veículos da Tesla. Na noite de domingo passada, alguém tentou …