Lagarde muda regras do jogo. BCE vai comprar toda a dívida emitida pelos países da Zona Euro

O Banco Central Europeu (BCE) mudou as regras do jogo e não terá limites na  dívida emitida por cada país da Zona Euro. É o instrumento mias poderoso desenhado pelo antigo presidente, Mario Draghi.

Na semana passada, o Banco Central Europeu (BCE) aprovou compras de ativos no valor de 750 mil milhões de euros para tentar conter as graves consequências económicas da Covid-19. Desse valor, foi noticiado que Portugal poderia receber cerca de 17,6 mil milhões de euros.

No anterior programa de compra de dívida, o BCE estava limitado a adquirir 33% do valor total da dívida de cada país, o que limitava o alcance da medida.

Mas, agora, à última hora, Christine Lagarde mudou as regras e veio revelar que, agora, não há limites. De acordo com o jornal ECO, o BCE está disponível para comprar todos os títulos que os países venham a emitir de forma a obterem os fundos necessários para ajudar a economia numa altura em que vários países do euro estão parados, com milhões de cidadãos em isolamento profilático como forma de travar a propagação do vírus.

Este é, de acordo com o Jornal de Negócios, o programa mais potente de compra de dívida soberana criado por Mario Draghi, em 2012, numa decisão histórica que visa eliminar quaisquer limites impostos para a compra de dívida soberana dos países da região.

Este programa foi desenhado após Draghi ter prometido fazer “o que fosse necessário” para salvar a moeda única durante a crise da dívida soberana. Este instrumento permite ao BCE comprar quantidades quase ilimitadas de dívida soberana dos países da Zona Euro.

Assim, o limite dos 750 mil milhões de euros impostos pelo banco central na semana passada vai ser destruído, passando a não haver qualquer limite.

“O BCE não vai tolerar riscos à transmissão suave da sua política monetária em todas as jurisdições da área do euro”, de acordo com o documento divulgado nesta quinta-feira.

Este novo programa de emergência vai estar em vigor até ao final de 2020.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Esta bela e linda senhora vem agora com milhões tentar adocicar a boca aos europeus, depois da mortandade passar há que os interrogar a todos como chegamos a um estado de dependência dos chineses desta forma, levando a Europa ao colapso.

  2. É uma boa medida, hehehe. (ironia)
    O BCE compra as dívidas dos países, os países não podem pagar e entregam o próprio país como garantia.
    Assim o BCE passa a ditar as leis nos países que não puderem pagar, isto sem saber ainda quais os juros que o BCE vai pedir, se não servir os intentos, incrementam-no…
    Vai ser como o “pavilhão Rosa Mota”, passou a ter primeiro o nome do investidor.
    Assim, na Europa, vamos ter o BCE-Portugal, o BCE-Espanha, o BCE-Itália, etc., até que se unifiquem e passem a chamar-se todos BCE.
    É um bom golpe.

    • O que sugere então o José?
      Parece-me um pouco distraído. Parece não compreender que de entre todos os cenários, este não é bom, é ótimo.
      Procure falar do que sabe. Bem sei que em cada português há um economista, um médico, cientista. Todos percebem de tudo, menos daquilo que deveriam perceber.

      • Como parece ser evidente, também nesta matéria não há curas milagrosas.
        A nossa sorte apesar de tudo foi os dois últimos Presidentes do BCE terem sido um Italiano e agora uma Francesa, com uma vice presidência portuguesa, antes, e agora com uma vice presidência espanhola. Fossem eles alemães, holandeses ou finlandeses, estávamos nós numa situação mais complicada.

        • Os alemães, os holandeses e os finlandeses podem tirar o cavalinho da chuva porque ninguém vai permitir que eles nomeiem o presidente do BCE. Ninguém é tolo para se meter na boca do lobo.

      • Caro “Tem juízo”, ou não:
        Bem sei que há algumas pessoas que se sentem muito bafejadas pela inteligência, mas nem sempre isso é verdade.
        É muito mau quando não se aceita um comentário e se parte logo para a ofensa, como eu estou fazendo, mas se acha óptimo que o BCE compre indiscriminadamente as dívidas soberanas dos países, sem limites, é apenas a sua opinião, com todos os direitos que essa opinião lhe confere, até a de respeitar as restantes opiniões, mesmo que sejam diferentes da sua, sem as menosprezar.
        Mas é assim a atitude daqueles que se sentem iluminados pela inteligência, a única opinião válida é a sua, os outros são todos uns parolos…
        Fique bem com o seu cenário e a sua inteligência.

    • Não é a melhor medida possível. A melhor medida possível seria a emissão de dívida europeia para gerir a crise. Mas como a Alemanha, a Áustria, a Holanda e a Finlândia estão a tentar bloquear a melhor, Lagarde avança ccom a segunda melhor. Conjugue-se isto com o ultimato italiano e com as declarações duríssimas de António Costa e começará a entrever-se um plano para tirar margem de manobra aos quatro renitentes. Cujos governos estão reféns das respectivas extremas-direitas, para as quais têm pavor de verem fugir-lhes o votos, mas agora vão ter que ter medo também do resto da Europa, para não falar do dia em que as respectivas opiniões públicas lhes pedirem contas dos mortos.

    • O BCE compra a dívida justamente para evitar que os mercados façam disparar os juros. Como compra a dívida de TODOS – da Alemanha à Grécia – os juros vão ser iguais para todos: mais altos do que conviria à Alemanha mas mais baixos do que temia, por exemplo, Portugal.

  3. Ter fechado as fronteiras e fazer controlo nos aeroportos 2 semanas mais cedo, assim não teríamos que pedir. seja o que for.
    Mas, como sempre, corremos atras do prejuízo. Atenção que houve quem o propusesse mas, novamente e como sempre, lá vem o alarmismo… https://www.youtube.com/watch?v=2vnn5y7apuY
    Somos governados por idiotas e por espertos porque já não conseguem mentir e há todo o interesse em pedir dinheiro para o empregar em esquemas e outros afins que não para os verdadeiros propósitos que dizem que vão fazer.
    Daqui a uns tempos alguém vai dizer que a segurança social, bancos, etc., levaram um rude golpe por causa do covid 19 e mais uma vez, só para quem não anda a dormir e não é tolo, vai perguntar afinal para onde é que o dinheiro foi?
    Acordem!

RESPONDER

SAD do Leixões avança para lay-off

A SAD do Leixões propôs ao plantel "que nos próximos três meses, abril incluído, pagaria metade do salário em cada mês, valores que seriam repostos ao longo do trimestre que se seguiria". O plantel do Leixões, …

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …

Governo prepara apoios aos media "à medida das televisões"

O Governo está a preparar medidas de apoio aos meios de comunicação social, gravemente afetados pela crise causada pela pandemia de Covid-19. Contudo, como considerou o administrador da Global Media Group, Afonso Camões, citado pelo Dinheiro Vivo, tudo …

Archewell. Harry e Meghan registam a sua nova marca

O príncipe Harry e Meghan Markle registaram a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos chamada Archewell. De acordo com o jornal britânico The Guardian, que cita registos datados de 3 de março, a marca …

Libertação de reclusos. Esquerda ao lado do Governo garante aprovação

PSD, CDS-PP, PAN e Iniciativa Liberal manifestaram reservas ao diploma que prevê a concessão de indultos e antecipação do fim das penas para reclusos que tenham cometido crimes pouco graves. A proposta do Governo que cria …