Companhias aéreas convertem aviões de passageiros para transportar carga médica no combate à pandemia

Devido à pandemia de covid-19, houve uma queda acentuada no transporte de passageiros e algumas companhias aéreas estão a alterar as suas frotas para o transporte de medicamentos e material médico.

De acordo com o Expresso, a Emirates SkyCargo começou a utilizar o Airbus A380 – o maior avião de passageiros de sempre, com mais de 500 lugares – para operações de carga especialmente orientadas para o transporte de material médico.

A transportadora dos Emirados Árabes Unidos, que é uma das maiores à escala mundial, anunciou que essas operações surgiram em resposta ao aumento da procura de capacidade de carga aérea no mercado internacional, para transportar mercadorias essenciais, como material médico de apoio ao combate à pandemia da covid-19.

O primeiro voo de carga dedicado operado pela Emirates SkyCargo com o A380 transportou esta semana suprimentos médicos entre Seul, na Coreia do Sul, e Amesterdão, na Holanda.

Mas o anúncio da Emirates SkyCargo é apenas o exemplo mais recente de um avião de passageiros a ser readaptado para o serviço de carga devido à pandemia, segundo adianta o site Airline Geeks.

Além da Emirates, outras companhias aéreas recorreram aos seus aviões de passageiros para transportar mercadorias, principalmente em resposta à pandemia.

Depois de mais de 30 anos sem operar o serviço de carga, a American Airlines começou a usar os seus aviões de passageiros para transportar cargas em março, com a operação de um Boeing 777-300 de Dallas para Frankfurt, na Alemanha.

A United Airlines também tem utilizado aviões de passageiros de fuselagem larga – dois corredores entre as cadeiras -, para serviços de carga, usando os modelos Boeing 777 e 787 Dreamliner.

A transportadora portuguesa Hi Fly também chegou a utilizar o seu A380 para viagens de longo curso no transporte de carga médica entre continentes e, em maio, a TAP readaptou dois dos seus novíssimos Airbus A 330 neo para transporte de carga médica, em pleno confinamento, a partir das cidades chinesas de Pequim e Xiamen.

Vão ser precisos 8 mil aviões para transportar vacina

Por outro lado, o sector da aviação – que enfrenta a pior crise da sua história, com muitas companhias e aeroportos à beira da falência – irá ter um papel crucial quando a vacina anti-covid começar a ser distribuída.

Estimativas da Agência Internacional de Transporte Aéreo apontam para a necessidade de oito mil aviões transportarem a vacina até às 7,8 mil milhões de pessoas.

Aquela entidade garante também que já está a trabalhar com companhias aéreas, aeroportos, organizações internacionais de saúde e empresas farmacêuticas na montagem de um plano para criar uma ponte aérea mundial.

Até ao momento ainda não há nenhuma vacina contra a covid-19 aprovada, mas já existem vacinas – como o caso da Pfizer e, mais recentemente, da Moderna – com uma eficácia superior a 90% nos testes experimentais.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

CGTP volta à rua com concentrações nos distritos e greves e plenários nas empresas

A CGTP vai voltar à rua pela valorização dos salários e do emprego e o respeito pelos direitos individuais e coletivos. A CGTP volta à rua com uma Jornada Nacional de Luta descentralizada para exigir melhores …

27 reúnem-se numa videocimeira para discutir restrições e a aceleração do processo de vacinação

Esta quinta-feira, os 27 reúnem-se virtualmente, numa cimeira coordenada, a partir de Bruxelas, pelo presidente do Conselho Europeu Charles Michel.  Segundo apurou a TSF, na videocimeira desta quinta-feira, os governos deverão reconhecer que a situação epidemiológica …

Em risco de perder a imunidade, Puigdemont fala em "pressão espanhola"

Carles Puigdemont, Toni Comín e Clara Ponsati estão em risco de perder imunidade. O ex-presidente do governo da Catalunha fala em "pressão espanhola" no Parlamento Europeu. O levantamento da imunidade de Carles Puigdemont e de dois …

Plano de desconfinamento a circular nas redes sociais é falso. Governo faz denúncia ao Ministério Público

Esta quinta-feira, começou a circular nas redes sociais um alegado plano de desconfinamento que teria início já no mês de março. O Governo já veio avisar que o documento é falso e vai fazer uma …

Carlos Carreiras diz que "Passos Coelho não é passado, é presente"

O presidente da Câmara de Cascais voltou a criticar a liderança do líder do PSD e, em sentido contrário, deixou rasgados elogios ao seu antecessor. Numa entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença, Carlos Carreiras …

PSP diz que jovem que se gabou de violação no Instagram pode ter "fantasiado"

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Viseu afirma que "tudo leva a crer" que o jovem que assumiu, em direto no Instagram, ter violado uma rapariga estivesse a fantasiar. A PSP de Viseu identificou o …

Termina hoje o prazo para validar faturas para apresentar no IRS

Os contribuintes têm até esta quinta-feira para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir de base no cálculo das deduções no IRS. Há já vários anos que as deduções …

“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa. A princesa Latifa, filha do …

Pelo menos oito mortos após golpe de Estado em Myanmar. ONG pedem embargo ao fornecimento de armas

Pelo menos oito pessoas morreram em Myanmar, como resultado da violência desencadeada após o golpe de Estado realizado pelos militares a 1 de fevereiro, segundo a Associação de Assistência aos Prisioneiros Políticos (AAPP). Até agora, o …

24 mil milhões até 2025 e 100% renovável até 2030. Eis o novo plano estratégico da EDP

A EDP apresenta esta quinta-feira o seu novo plano estratégico, comprometendo-se a investir 24 mil milhões de euros até 2025 na transição energética e anunciando o objetivo de até 2030 se tornar 100% verde. Na nota …