Avião da Germanwings teria uma avaria significativa que o impediria de voar

tagsplanepics-lhr / Flickr

Avião Airbus A320 da Germanwings

Avião Airbus A320 da Germanwings

As buscas do Airbus A320 da companhia aérea alemã Germanwings que se despenhou nos Alpes franceses foram interrompidas hoje à noite, estando ainda por apurar as causas do acidente que fez 150 mortos, maioritariamente alemães e franceses.

Cerca de 30 elementos de uma equipa de resgate de alta montanha vão retomar as buscas ao início da manhã desta quarta-feira, numa zona escarpada e de difícil acesso dos Alpes de Haute-Provence, a 1.500 metros de altitude, onde na manhã desta terça-feira caiu o avião da Germanwings, filial de baixo custo da Lufthansa, que tinha partido de Barcelona (Espanha) em direção a Düsseldorf (Alemanha).

Sem receber sinal de radar do avião nem contactos com a tripulação, a direção da aviação civil francesa considerou às 09:30 que o voo estava “em dificuldades”.

A queda do aparelho durou oito minutos. Segundo a Germanwings, o piloto tinha “mais de dez anos de experiência ” e “mais de 6.000 horas de voo, enquanto o avião tinha 25 anos e tinha sido submetido a uma revisão rigorosa no verão de 2013.

Uma das duas caixas negras já foi encontrada e transferida para o gabinete que vai investigar as causas do acidente, que continua por explicar, sabendo-se apenas que o avião sofreu uma rápida perda de altitude e que não foi feito nenhum contacto via rádio.

Trabalhadores da Germanwings e da Lufthansa recusam-se a voar

Segundo as publicações alemãs Die Zeit e Der Spiegel, por toda a Europa foram esta terça-feira cancelados voos da Germanwings e da empresa-mãe Lufthansa. Um porta-voz da empresa adiantou que “algumas equipas de bordo não querem voar por razões pessoais”.

Segundo o Der Spiegel, citado pelo semanário Sol, o avião sinistrado terá sido sujeito na passada segunda-feira a uma reparação importante a um problema no trem de aterragem dianteiro.

A publicação alemã refere o termo ‘AOG’, ou airplane on ground, sinal de que teria uma avaria significativa que o impediria de voar.

A avaria foi confirmada pela Germanwings, mas o porta-voz da companhia afirmou ao Die Zeit que “não estava em causa uma questão relevante no que se refere à segurança, mas sim uma questão de ruído”.

Segundo o referido porta-voz, o “problema foi resolvido na habitual manutenção de rotina”.

Não há portugueses entre as vítimas

Segundo a Germanwings, encontravam-se a bordo 67 alemães, entre os quais dois bebés e 16 adolescentes que regressavam de um intercâmbio escolar com estudantes espanhóis, além de dois cantores de ópera.

A lista de passageiros inclui também 45 pessoas com apelidos espanhóis, estando ainda por confirmar as nacionalidades.

O governo de Sydney anunciou a morte de dois australianos, enquanto o ministro colombiano dos Negócios Estrangeiros lamentou a morte de dois colombianos, existindo igualmente uma vítima belga, pelo menos.

Londres também já admitiu a possibilidade de haver vítimas britânicas.

Pensa-se que existam também cidadãos turcos e dinamarqueses entre os mortos.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …