Avião abatido na Ucrânia poderá ter sido atacado por engano

 

O líder do comando separatista pró-russo Milícia do Povo de Donbass referiu esta quinta-feira, na sua página na rede social russa VK, que um avião “foi abatido” na zona de Torez, perto da cidade de Donetsk – sensivelmente no local e à hora a que o avião da Malaysia Airlines se despenhou.

A mensagem foi publicada cerca de meia hora antes da queda do avião da Malaysian Airlines, levando alguns meios de comunicação social a noticiar erradamente que o grupo estaria a reivindicar o ataque contra o MH 17.

No entanto, Igor Strelkov, o “ministro da Defesa” da auto-denominada República Popular de Donetsk, teria colocado também na sua página de Facebook um vídeo que mostra uma espessa nuvem de fumo no local de impacto do avião.

«Acabamos de abater um AN-26 perto de Snijne», escreveu Strelkov às 13:37 TMG (14:37 de Lisboa).

O vídeo é em tudo semelhante às imagens inseridas no YouTube e identificadas como as da queda do avião das linhas aéreas da Malásia.

Snijne é uma localidade próxima do local onde o avião malaio foi abatido, após desaparecer dos radares às 13:20 TMG.

 

Os rebeldes pró-russos afirmariam posteriormente que o avião malaio foi abatido pelas forças armadas ucranianas, denunciando uma “provocação de Kiev”.

A Ucrânia desmentiu que a sua aviação tenha efetuado quaisquer disparos nesta quinta-feira, e acusou o movimento separatista pró-russo da autoria do que considera “um acto de terrorismo“.

O vídeo de Strelkov e as declarações do comando separatista foram divulgadas pelos serviços secretos ucranianos, que avançaram possuir alegadas gravações de conversas entre dois comandantes rebeldes que provam o seu envolvimento no incidente do avião da Malaysia Airlines.

Não são conhecidos entretanto, até agora, quaisquer indícios de que um avião Antonov 26, ou qualquer outra aeronave além do Boeing 777, tenha sido abatido esta quinta-feira.

Putin culpa Ucrânia

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, atribuiu à Ucrânia a responsabilidade pela queda do avião malaio que se despenhou no leste daquele ex-Estado soviético.

“Não há dúvidas de que o país em cujo território essa terrível tragédia aconteceu tem a responsabilidade”, disse Putin, citado pela agência de notícias Ria Novosti.

“Esta tragédia não teria acontecido se houvesse paz no país, se as operações militares não tivessem sido retomadas no sudeste da Ucrânia”, vincou Putin.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines fazia a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur com 295 pessoas a bordo quando desapareceu dos radares da Ucrânia a uma altitude de 10.000 metros, despenhando-se em território ucraniano.

O aparelho perdeu a comunicação com terra na região oriental de Donetsk, perto da cidade de Shaktarsk, e palco de combates entre forças governamentais ucranianas e rebeldes federalistas pró-russos.

Segundo responsáveis dos serviços secretos norte-americanos, o avião foi abatido por um míssil terra-ar de origem ainda desconhecida.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais de 200 sismos em Yellowstone colocam supervulcão em risco de erupção

Especialistas em atividade sísmica informam que a atividade começou, naquela zona, a 8 de fevereiro, mas desde o dia 15 que tem vindo a acelerar e aumentar de magnitude, o que pode colocar o supervulcão …

Comic Con Portugal troca Matosinhos por Oeiras

A edição de 2018 da Comic Con Portugal vai realizar-se no concelho de Oeiras, e não em Matosinhos como nos últimos anos, de acordo com um comunicado divulgado esta terça-feira pela autarquia presidida por Isaltino …

A 24 de março, estudantes americanos vão marchar pelas suas vidas em Washington

Um grupo de estudantes que sobreviveu ao tiroteio da semana passada, numa escola de Parkland, na Flórida, está a preparar uma marcha em Washington para exigir mudanças na política de armamento dos Estados Unidos. Os sobreviventes do …

Oxfam: mais 26 casos denunciados e cada vez menos financiamento

A Oxfam revelou que recebeu 26 novas denúncias de má conduta sexual por parte de funcionários. A confirmação foi dada esta terça-feira por Mark Goldring, presidente executivo da organização, no parlamento britânico. Desde que o escândalo …

Exército alemão sem equipamentos básicos como coletes de protecção e abrigos de Inverno

A Alemanha, uma das principais economias da Europa, tem um dos exércitos mais mal equipados da NATO, de acordo com um documento confidencial do Ministério da Defesa alemão que foi divulgado por órgãos de informação. Segundo …

Vítor Constâncio deixa BCE com reforma milionária

Quando em Maio deixar o cargo de vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio vai ter direito a uma "reforma dourada" de 25 mil euros por mês. Os números correspondem à pensão do BCE …

Hugo Soares acusa direção do PSD de "desrespeito institucional grave"

O presidente do PSD não convocou o líder parlamentar, Hugo Soares, para a Comissão Permanente nem para Comissão Política Nacional. Estatutos dizem que presidente da bancada tem assento nos órgãos. O Observador avança que hoje, pelas …

Análises ao sangue e urina poderão detetar precocemente doenças do espectro do autismo

Análises inovadoras ao sangue e à urina poderão vir a detetar precocemente o autismo nas crianças, ligado a danos nas proteínas que estão no plasma sanguíneo. Uma equipa de cientistas baseada na universidade britânica de Warwick …

Torres do Estabelecimento Prisional de Lisboa estão sem vigilância durante 14 horas por dia

As torres do Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), onde no início de fevereiro houve desacatos com os reclusos, estão sem vigilância durante 14 horas por dia. O aviso é do Sindicato Nacional do Corpo da Guarda …

Novos modelos fornecem informações do coração da Nebulosa Roseta

Uma nova investigação, liderada pela Universidade de Leeds, fornece uma explicação para a discrepância entre o tamanho e idade da cavidade central da Nebulosa Roseta e o tamanho e idade das suas estrelas centrais. A Nebulosa …