/

No ano passado, Avante! deu prejuízo histórico de 930 mil euros

1

José Sena Goulão / Lusa

Festa do Avante!

A “organização reconhecidamente exemplar da edição do ano passado” permite “encarar com confiança a próxima”. A Festa do Avante! está marcada para os dias 3, 4 e 5 de setembro.

Em ano de pandemia, aquela que foi a edição mais polémica da Festa do Avante! saiu cara ao PCP: o partido registou um prejuízo histórico de 930 mil euros, mais 65% do que o resultado negativo de 564 mil euros em 2019, avança o ECO.

Segundo as contas de 2020 entregues pelo PCP à Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP), e consultadas pelo diário económico, o evento arrecadou 846.319,8 euros de receita e registou uma despesa de 1.777.218,67 euros.

Em 2020, o Avante! registou um prejuízo de 930.898,87 euros, num evento cujo objetivo é angariar fundos para financiar o partido. Entre 2014 e 2020, o evento acumula um prejuízo de 2,81 milhões.

Apesar de não haver maior desagregação da receita ou da despesa – só a auditoria e pedidos de esclarecimento da ECFP poderão dar mais pormenores -, é possível concluir que o evento vendeu menos bilhetes, uma vez que a lotação permitida pelo parecer técnico da DGS era de 33 mil pessoas.

Na edição mais conturbada de sempre, foi também proibida a venda de álcool a partir das 20h, o que poderá ter reduzido substancialmente a principal fonte de receita do PCP neste evento – a restauração.

Ao ECO, o PCP afirmou que a edição de 2020 “ficou marcada pela resistência, capacidade, iniciativa, responsabilidade, coragem e confiança no futuro e constituiu uma importante afirmação dos valores da liberdade, da democracia, da fruição da cultura e de diferentes expressões da vida, essenciais à saúde, ao bem-estar e à concretização dos direitos dos trabalhadores e do povo”.

A festa vai repetir-se este ano. No texto incluído na edição digital do Avante!, o partido explica que é precisamente a “organização reconhecidamente exemplar da edição do ano passado” que permite “encarar com confiança a próxima”, que está marcada para os dias 3, 4 e 5 de setembro.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.