Autor britânico diz ter descoberto túmulo de Jack, o Estripador

Fenrizulf / deviantART

“Jack o Estripador” por Fenrizulf

Um autor britânico assegura ter desvendado a verdadeira identidade do infame assassino Jack, o Estripador.

O enigma à volta da identidade do assassino britânico Jack, o Estripador não só faz correr tinta no Reino Unido, mas em todo o mundo, já que os assassinatos atribuídos a esta pessoa entre os anos 1880-1890 se destacaram pela sua crueldade.

Existem numerosas teorias que pretendem descobrir quem era este criminoso. Uma das mais recentes pertence ao autor britânico David Bullock, que também assegura que se tratava de Thomas Cutbush, e além disso sugere conhecer a localização do túmulo do serial killer, avança o The Sun.

Bullock estuda os crimes de Jack desde a sua adolescência. No seu novo livro – “The Man Who Would be Jack: The Hunt for the Real Ripper” – revela novos detalhes que apoiam a teoria sobre Cutbush.

O autor britânico teve acesso aos arquivos do hospital psiquiátrico Broadmoor Hospital, em Berkshire, e descobriu o sítio onde estão os túmulos da família de Cutbush, no cemitério de Nunhead, no sudeste de Londres.

A identidade

O académico diz que “as pessoas sempre diziam que [Cutbush] morreu em Broadmoor, mas ao ver os arquivos pude confirmar que não estava ali enterrado”.

As teorias incluem uma centena de suspeitos, mas Bullock sugere que só algumas são viáveis. Segundo o autor, Cutbush trabalhava no bairro londrino de Whitechapel, onde foram assassinadas a maioria das vítimas.

O homem também “sentia ódio pelas prostitutas”, o que também confirma a sua versão, já que as mulheres assassinadas eram prostitutas de áreas pobres.

Além disso, Bullock descobriu que, segundos os próprios familiares e conhecidos de Cutbush, o suspeito poderia estar ligado a estes assassinatos. Cutbush interessava-se por áreas como a medicina, a cirurgia e a anatomia, desenhava imagens de mutilações e mentia às pessoas dizendo que trabalhava como médico.

Segundo revelou o autor inglês, Cutbush alegava que uma prostituta o contagiou com uma doença e, por isso, decidiu curar-se a si próprio, mas acabou desfigurado.

Alegadamente, o homem foi detido em 1891 por agredir duas mulheres, depois da série de assassinatos ter acabado.

Segundo os registos médicos publicados pelo Independent em 2008, Cutbush era “um jovem invulgar, transtornado e violento”, a quem foi diagnosticado uma doença mental em 1891. Na atura dos crimes, Cutbush trabalhava como recepcionista.

ZAP // RT

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Terrível teoria… Primeiro, porque ele se autointitulou JACK The Ripper…? Segundo, um serial killer é calculista, metódico… Não seria apanhado a agredir mulheres… Terceiro, toda a gente odiava prostitutas naquela época ou pelo menos tratavam-nas abaixo de cão, especialmente em Whitechapel… Ele ter vivido lá também é puramente circunstancial…. Mas para mim, tem mais senso a teoria de James Maybrick como Jack the Ripper, uma vez que Jack poderia ser uma pista dada por ele mesmo acerca da sua identidade, bem como as iniciais JM deixadas num dos locais do crime, alguém que se vingava nas prostitutas por não conseguir matar a própria mulher… Faz bem mais sentido essa teoria do que a deste oportunista…

RESPONDER

Polícias de elite da PSP convocados para trabalhar nas obras

Operacionais da Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP estão a ser chamados para colaborarem como voluntários nas obras de remodelação da messe localizada na Quinta das Águas Livres, em Belas, Sintra. Segundo o Correio da …

Portugueses são dos que menos gastam em viagens turísticas

Os portugueses são dos cidadãos europeus que menos gastam em deslocações de turismo, ao desembolsar em média 136 euros por viagem turística, menos de metade da média da União Europeia, de 336 euros, revelam dados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo recorrer à Justiça, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe ter cancelado o acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Trabalhadores da CGD em greve contra a perda de privilégios

O novo Acordo de Empresa que a Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende implementar está a gerar revolta entre os trabalhadores e já levou à convocação de uma greve para sexta-feira, 24 de …

Asia Argento terá pago a jovem ator que a acusou de assédio sexual

A atriz e realizadora italiana terá pago 380 mil dólares para silenciar um jovem ator e músico que a acusa de assédio sexual quando tinha apenas 17 anos. Asia Argento foi uma das primeiras mulheres da …

Governo está a preparar descida dos impostos e aumento das pensões

São cinco as prioridades do Governo para o próximo Orçamento do Estado, segundo revela Marques Mendes no seu habitual espaço de comentário na SIC, nomeando o aumento das pensões, o alívio no IRS, a descida …

Bomba que matou 40 crianças no Iémen foi vendida pelos EUA em 2015

A bomba que matou de 40 crianças num autocarro escolar no Iémen, a 9 de agosto, foi fabricada pelos Estados Unidos e vendida à Arábia Saudita em 2015. De acordo com a CNN, que avança …

GNR "desfalcada" devido à transferência de mil militares para os incêndios

Nos últimos meses, mais de mil militares da GNR foram "reconvertidos" em bombeiros especialistas, membros do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), que atuam no combate a incêndios. Com esta alocação, a situação …

Em 17 anos, o número de inspetores na educação caiu 41%

Entre 2001 e 2017, o número de inspetores a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) passou de 304 funcionários a exercer essas funções para 179, registando assim uma queda de 41%. O Sindicato dos Inspetores da …

Mais de 400 mortos nas inundações em Kerala, no sul da Índia

Mais de 400 pessoas morreram na sequência das inundações que atingiram Kerala, na Índia, as mais graves em 100 anos naquele estado do sul do país, de acordo com um balanço feito nesta segunda-feira pelas …