Presidente da Câmara de Góis nomeou marido como chefe de gabinete

Lurdes Castanheira, presidente da Câmara de Góis, no distrito de Coimbra, nomeou o marido como chefe de gabinete, avança o Observador esta sexta-feira.

Tal como explica o diário, o marido de Lurdes Castanheira, António Gonçalves, foi motorista da autarquia durante mais de dez anos, chegando a secretário em 2012. Há quatro anos, em 2015, foi promovido a chefe de gabinete pela autarca de Góis.

Lurdes Castanheira e António Gonçalves não eram casados entre 2009 (ano em que Lurdes Castanheira assumiu a presidência da autarquia) e 2015, ano em que já lhe era conhecida uma relação com a autarca, segundo o jornal.

Entretanto, e já depois do matrimónio, a socialista voltou a nomear o marido como chefe de gabinete em dezembro de 2017, tal como se pode ler em Diário da República.

Em declarações ao matutino, Lurdes Castanheira diz que nomeou o marido pela “confiança pessoal”, dando conta do que poupou ao município com a escolha.  “O atual chefe de gabinete solicitou a sua renúncia em finais do ano passado. Até ao momento, não foi aceite, porque ainda não estão criadas as condições para a sua cabal substituição”, explicou a socialista ao Observador.

Para Lurdes Castanheira, o seu marido, António Gonçalves, é o “o nomeado mais barato pois como trabalhador da Câmara custa ao erário público metade do que custaria recrutar uma pessoa externa ao município”.

Funcionário da câmara de Góis ouvidos pelo Observador afirmam o vínculo de mais de 20 anos de António Gonçalves com a autarquia, tendo este desempenhado inicialmente funções como motorista da autarquia.

Quanto à alegada falta de qualificações do marido, que Lurdes Castanheira diz ser um ataque da oposição, a autarca defende que “mais que as qualificações ou habilitações como defende a fraca oposição de Góis, nós por cá defendemos que mais importante são a disponibilidade, a confiança política e pessoal e a certeza de que um nomeado serve e respeita o interesse municipal”, sustentou.

“A lei em vigor determina o conteúdo funcional e o grau de compromisso de o/a chefe de Gabinete” e “deixa a possibilidade de recair em pessoas de confiança política e pessoal”, frisou a socialista,, acrescentando que a lei em vigor “não determina habilitações”.

Lurdes Castanheira recorda que o marido até pode concorrer para Belém.” O ainda chefe de gabinete da câmara Municipal de Góis, à luz da lei em vigor, pode ser, inclusivamente, candidato a Presidente da República. Não é a agenda da oposição que irá determinar ou condicionar as minhas decisões e valores”.

Na mesma reposta enviada ao jornal, a autarca refere que o facto de o caso vir a público é uma jogada da oposição que  “esconde na mentira a azia das sucessivas derrotas“.

António Gonçalves “tem vínculo à câmara municipal de Góis há mais de vinte anos”, tendo trabalhado com “três executivos, desempenhando uma multiplicidade de tarefas que ultrapassaram inequivocamente o seu conteúdo funcional”, afirma Lurdes Castanheira. Foram “reconhecidas as suas capacidades, conhecimento, bom desempenho e disponibilidade, tem sido sucessivamente avaliado com Muito Bom“, frisou ainda.

Quanto ao aumento salarial associado à promoção, Lurdes Castanheira recorda que “as nomeações têm, obviamente, associado a respetiva remuneração” e que “não é o Presidente da Câmara que legisla sobre tabelas salariais (…) Num Estado de Direito e democrático, não há espaço para violar direitos dos trabalhadores, independentemente dos lugares que ocupam”, apontou.

ZAP //

 

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. É amiga do marido… !
    Promoveu-o de motorista a Chefe de Gabinete !
    Os Socialistas são assim.
    Concursos ? Competência ? O que é lá isso ??

    • Amiguinho, não há concurso para chefe de gabinete, aprende!
      Obviamente escolhem a pessoa que quiserem… se confia mais naquela, é fácil perceber porquê!
      Abre os olhinhos que já é dia!

  2. Pena que não façam o mesmo investigação em relação a todos os partidos, é que as verdades têm que ser sabidas em relação a todos!!!

    • Nem mais, mas neste caso como noutros em que foram escolhidos para chefes de gabinete, não me choca que sejam pessoas de relações directas e pessoais ou familiares… Obviamente que a confiança nestes cargos tem de ser a característica maior.
      Eu faria o mesmo, desde que não fosse necessário concurso publico e se o cargo exigir um grau de confiança grande, seria naturalmente uma pessoa que eu já conheceria e com a qual tivesse uma confiança anterior!

RESPONDER

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …

Apresentadas mais de 50 queixas contra post de André Ventura sobre Joacine Katar Moreira

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) já recebeu mais de 50 queixas devido à publicação na qual o deputado do Chega sugeria devolver Joacine Katar Moreira ao seu país de origem. Em …