A queda da Aurora Dourada. Como a Grécia lidou com a onda de extrema-direita

Ggia / Wikimedia

Quando uma onda da extrema-direita atingiu a Grécia em 2012, poucos previram que a Aurora Dourada, um dos grupos envolvidos, cresceria e tornar-se-ia o terceiro maior partido no parlamento grego.

Este foi o início de um longo período de turbulência na política grega que viu um violento movimento de rua tornar-se uma força política viável. Porém, segundo o The Conversation, o “conto de fadas” neofascista terminou no que foi considerado o maior julgamento nazi desde Nuremberg.

A Aurora Dourada foi declarada uma organização criminosa e os seus líderes presos devido ao seu envolvimento em atividades ilegais – incluindo assassinatos, ataques a migrantes, posse ilegal de armas e extorsão.



A liderança também foi considerada culpada de ordenar o assassinato do rapper de esquerda Pavlos Fyssas. Antes disso, outra tentativa de assassinato do pescador egípcio Abuzid Embarak em 2012 mostrou que o partido estava deliberadamente a tentar incitar a violência.

O julgamento durou mais de cinco anos devido a inúmeros atrasos e contratempos. Entretanto, o partido estava livre para apresentar candidatos nas eleições gerais e locais sem restrições.

No total, 37 membros foram condenados – incluindo o líder Nikolaos Michaloliakos. Ioannis Lagos, o único membro remanescente do Aurora Dourada no Parlamento Europeu, provavelmente terá a sua imunidade parlamentar revogada a qualquer momento.

O que era a Aurora Dourada?

A Aurora Dourada tornou-se popular logo após anunciar a sua primeira campanha eleitoral. A crescente instabilidade política na Grécia significou a realização de três eleições gerais entre 2009 e 2012. Todos os principais partidos estavam a perder a aprovação pública para lidar com a crise fiscal.

Além disso, o único partido ativo de extrema direita no parlamento naquela época concordou em participar num governo de coligação provisório organizado por Lucas Papademos para tirar o país da crise. Esse movimento foi visto como uma traição.

O cenário de extrema direita da Grécia parecia fraco, permitindo que a Aurora Dourada entrasse em cena e preenchesse essa lacuna sem enfrentar a concorrência. O seu monopólio permitiu-lhe agir da forma mais agressiva politicamente. Abraçava a pureza nacional, o anticomunismo e prometia deportações em massa de migrantes.

Os apelos por políticas de migração mais agressivas tornaram-se centrais nas suas campanhas eleitorais. Recentes resultados académicos mostraram que a exposição à crise de refugiados na Grécia rural aumentou o apoio à Aurora Dourada.

O partido obteve 9,4% dos votos nas eleições para o Parlamento Europeu de 2014, enquanto em setembro de 2015 atingiu o pico nacional com 7%.

Durante os primeiros anos da crise económica grega, parecia que o público estava a tentar punir o sistema político através  das urnas. É amplamente aceite que foi isso que aconteceu em 2017, quando começou a queda da Aurora Dourada.

A Grécia rejeitou o populismo e abandonou a política marginal, permitindo que os principais partidos se tornassem populares novamente.

Na eleição geral de 2019, a Aurora Dourada perdeu todas as suas cadeiras parlamentares e teve de fechar a maioria das suas filiais para sobreviver financeiramente.

No entanto, o partido lança uma longa sombra e continua a moldar a política grega. A Nova Democracia, mais tradicional, por exemplo, abriu as suas portas a vários políticos de extrema-direita, que realizaram campanhas bem-sucedidas nas últimas eleições. Alguns deles tinham anteriormente expressado fortes pontos de vista xenófobos e antissemitas.

Enquanto isso, o partido ultranacionalista de Kyriakos Velopoulos, Greek Solution, ganhou 10 cadeiras no parlamento grego após um longo período de campanha contra os migrantes.

O porta-voz da Aurora Dourada, Ilias Kasidiaris, formou um novo movimento chamado Gregos pela Pátria – embora também esteja agora na prisão.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em Portugal, o chega, partido de extrema idiota, nunca terá o protagonismo do aurora dourada.
    É só blá, blá, blá.
    Tenho mais medo do galo de Barcelos.

RESPONDER

Número de professores de informática é insuficiente para responder à procura

Aquela que poderia ser uma notícia positiva tem, na realidade, um contexto negativo, já que evidencia uma falha estrutural do sistema de ensino português. De acordo com as informações veiculadas pela Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE), …

De olhos postos em Almada e com a aposta em Joana Mortágua, o Bloco volta a prometer passes a 20 euros

Em campanha em Almada com Joana Mortágua, a habitação e os passes sociais foram os temas em cima da mesa do Bloco de Esquerda. Depois de andar em campanha no Norte, o Bloco de Esquerda foi …

Brasil, EUA e Canadá. TAP prevê aumento de voos entre outubro e março

A TAP já está de olhos postos em novos voos para recuperar a sua operação no segundo semestre do ano e no inverno IATA – entre outubro e março. A empresa “espera progressos em termos de …

Vulcão, La Palma

Uma tragédia anunciada em Janeiro. Cinzas do vulcão de La Palma a caminho de Portugal

A lava do vulcão Cumbre Vieja continua a cobrir La Palma, nas Canárias, e já destruiu mais de 300 casas. Enquanto as cinzas vulcânicas se estão a deslocar para a Península Ibérica, surge a notícia …

Líder parlamentar do BE diz que Costa "transformou eleições numa caricatura"

O líder parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, afirmou na quarta-feira que António Costa transformou as eleições autárquicas de 26 de setembro numa “caricatura”, considerando que o primeiro-ministro “vai a todo o lado prometer tudo”. O …

Estalou o verniz entre a UEFA e a FIFA. Órgão Europeu critica Mundial a cada dois anos e admite boicote

A UEFA aponta vários riscos associados ao aumento da frequência do Mundial, como a perda de importância dos torneios femininos e juvenis, o impacto no calendário das outras competições e os efeitos na saúde dos …

Centro de Cancro do Pâncreas Botton-Champalimaud

Novo Centro de Cancro do Pâncreas em Lisboa é único no mundo (e tem a bênção dos Reis de Espanha)

Inaugura, na próxima segunda-feira, o novo Centro de Cancro do Pâncreas Botton-Champalimaud que resulta de uma parceria entre a Fundação Champalimaud e o casal espanhol Maurizio e Charlotte Botton. Os Reis de Espanha vão marcar …

Fiat, Jeep e Alfa Romeu julgadas em Lisboa por suspeita de falsearem emissões

Três fabricantes de carros são acusadas de instalar mecanismo que esconde a emissão de gases acima do limite legal. O Tribunal Central Cível de Lisboa aceitou julgar uma ação popular intentada por uma associação europeia de …

Entre sorrisos e avisos sobre a Irlanda do Norte, Biden chuta para canto acordo comercial com o Reino Unido pós-Brexit

Um possível acordo comercial, a fronteira entre as duas Irlandas, a retirada do Afeganistão e as alterações climáticas foram alguns dos temas em cima da mesa na recepção de Boris Johnson na Casa Branca. Foi um …

UEFA duplica prémios do Europeu feminino

De oito para 16 milhões de euros. Prémio monetário bem diferente do Europeu anterior. A UEFA informou nesta quinta-feira que vai ser duplicado o total do prémio monetário para as selecções participantes no próximo Europeu feminino. O …