Assassino de John Lennon contou os seus planos à esposa 2 meses antes de cometer o crime

Jack Mitchell / wikimedia

John Lennon e Yoko Ono

A esposa do assassino de John Lennon, Gloria Hiroko Chapman, revelou que o seu marido, Mark Chapman, lhe contou que iria assassinar o Beatle dois meses antes de cometer o crime.

Gloria, agora com 67 anos, contou que na primeira vez que o seu marido tentou matar o músico não foi capaz de levar o seu plano avante porque o amor que sentia por si o impediu. Além disso, Mark insistiu que já se tinha desfeito da arma que pretendia usar para consumar o crime, revela o jornal britânico The Mirror.

No entanto, e apenas dois meses depois, Gloria ouviu a notícia da morte do lendário músico, que tinha sido assassinado perto da sua casa em Nova Iorque. Imediatamente, Gloria soube que Mark era o responsável pelo crime.

“Eu sabia que tinha sido o Mark. Como é que eu sabia? Dois meses antes, Mark tinha viajado para Nova Iorque. Depois da viagem, chegou a casa com medo, dizendo que, para fazer carreira, para ‘fazer nome para si próprio’, planeava matar Lennon. Mas Mark disse que o meu amor o tinha salvado”, confessou Gloria.

Apesar do seu marido lhe ter confessado a intenção de cometer o crime, Gloria não se preocupou quando Mark planeou outra viagem a Nova Iorque. Mark Chapman terá alegado que precisava de algum tempo para si e para pensar na sua vida, de forma a crescer como adulto e como marido, contou Gloria.

“O Mark disse-me que tinha atirado a arma para o oceano e eu acreditei. Mas ele mentiu-me”, lamentou.

A esposa de Mark Chapman descreveu o dia do assassinato – a 8 de dezembro de 1980 – como uma das “noites mais negras” da sua vida.

“A minha vida mudou drasticamente naquela noite. Naquele momento, eu era a Sra. Mark David Chapman, a esposa de um assassino. E não era um assassino qualquer, mas de alguém, cuja vítima era conhecida e amada por milhões de pessoas em todo o mundo”, contou Gloria, que agora vive em Kailua, no Havai.

As declarações de Gloria surgem agora, 38 anos depois do crime e a poucos dias das autoridades norte-americanas voltarem a avaliar um pedido de liberdade condicional. A audiência deve ocorrer no próximo dia 20 de agosto. Este será o 10.º pedido submetido pelo assassino desde o crime – até agora, a liberdade foi-lhe sempre negada.

“Não me importa quanto tempo Mark passe na prisão, vou esperar por ele”, disse.

Yoko Ono, viúva do ex-Beatle, tem-se mostrado contra a libertação condicional de Mark Chapman. “Se ele fez isso uma vez, poderia fazê-lo novamente com outra pessoa”, afirmou Ono há cerca de 4 anos, na altura em que um dos pedidos de libertação de Mark decorria.

Mark David Chapman cumpre pena de prisão perpétua por ter assassinado o músico, com 5 disparos de um revólver de calibre 38. John Lennon tinha 40 anos quando foi morto e acabava de regressar à atividade musical após uma pausa para cuidar do filho nascido em 1975.

John Lennon foi um dos fundadores dos Beatles. Formada em Liverpool, a banda britânica é um dos grupos musicais mais bem-sucedidos e aclamados em todo o mundo.

ZAP // RT

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Ou eu me engano muito ou este foi um daqueles títulos de notícia arquitectado ao milímetro para atrair o leitor por indução em erro.

    “Assassino de John Lennon contou os seus planos à esposa 2 meses antes de cometer o crime” – e por baixo uma foto de John Lennon com a sua esposa, Yoko Ono.

    Calro que a ideia é induzir em erro, dando a impressão de que o assassino contou os planos à esposa de John Lennon. Ainda por cima sabendo-se que Yoko Ono tem péssima fama de ter sempre tentado lucrar o máximo possível com a morte do marido e com direitos sobre músicas que nunca escreveu nem nunca compôs… A ssociação torna-se inevitável.

    E eu tive pena de que não tivesse mesmo contado a Yoko Ono, porque está mais do que na hora desta parasita parar de viver à custa dum marido que até em vida, só influenciou negativamente.

  2. “John Lennon foi um dos fundadores dos Beatles. Formada em Liverpool, a banda britânica é um dos grupos musicais mais bem-sucedidos e acalmados em todo o mundo”.

    Será que custa muito corrigirem o erro em “acalmados”? Ponham lá o “aclamados”, se faz favor, porque de facto John Lennon foi um músico muito aclamado.

      • Já agora, em matéria de correcções é conveniente fazer mais uma, que tem a ver, precisamente, com o particípio passado do verbo salvar: este verbo, como outros, em Português, tem dois particípios passados: “salvo” e “salvado”; com os auxiliares ser e estar utiliza-se o particípio passado “salvo” e com os auxiliares ter e haver emprega-se o particípio passado “salvado”; portanto, em vez de “Mas Mark disse que o meu amor o tinha salvo” (como aparece no texto), deverá escrever-se “Mas Mark disse que o meu amor o tinha salvado”. Fica feita a observação / correcção.

RESPONDER

Maher e Safa deixaram sonhos para trás. Mas reencontraram a paz em Portugal

Os sonhos de Maher e de Safa ficaram adiados com a guerra na Síria, mas reencontraram a paz em Portugal, onde residem há dois anos ao abrigo de um programa de acolhimento de refugiados. É no …

São Francisco poderá ser a primeira cidade a proibir venda de cigarros eletrónicos

Se esta decisão for aprovada pela FDA, São Francisco vai tornar-se a primeira cidade a banir a venda de cigarros eletrónicos. De acordo com o Observador, a Câmara de Supervisores de São Francisco, nos EUA, aprovou uma …

Nunca houve tantos deslocados no mundo. São mais de 70 milhões

Um novo recorde foi quebrado no mundo em 2018, com 70,8 milhões de pessoas deslocadas das suas casas ou dos seus países, devido às guerras ou perseguições, anunciou esta quarta-feira as Nações Unidas. O relatório anual …

A monogamia foi inventada pelas mulheres (e o casamento, pelos homens)

A poligamia é natural no ser humano e a monogamia foi criada por imposição para a mulher, diz o investigador português Rui Diogo, que usa a ciência e a história para explicar a relação entre …

Morreu o DJ Zdar do duo electrónico Cassius. Caiu da janela de um prédio em Paris

O músico, produtor e DJ francês Philippe Cerboneschi, mais conhecido por Zdar, morreu aos 50 anos após ter caído da janela de um apartamento em Paris. O seu agente confirmou a "queda acidental" sem revelar …

PS quer o Estado a pagar licença sabática aos portugueses para voltarem a estudar

A criação de uma licença sabática para qualificar trabalhadores e um sistema de prémios e penalizações para combater a desigualdade salarial são medidas que o PS inclui no seu projecto de programa eleitoral. O director do …

Putin reconhece: as condições de vida dos russos pioraram nos últimos anos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, admitiu esta quinta-feira que as condições de vida no país pioraram nos últimos anos, mas assegurou que as autoridades russas trabalham para reverter essa tendência, e enumerou os primeiros …

Marcelo, o "verdadeiro professor", é estrela em promo de La Casa de Papel

O novo vídeo promocional de La Casa de Papel tem um protagonista improvável. Marcelo Rebelo de Sousa, ou, na verdade, uma imitação do Presidente da República, faz uma chamada para a inspetora Raquel. Na chamada telefónica, …

Num só dia, derreteu 40% da área superficial da Gronelândia (e há fotografias)

Uma fotografia divulgada no Twitter do climatologista dinamarquês Rasmus Tonboe ilustra o degelo que ocorre na Gronelândia, evidenciando algumas das consequências que podem ser desencadeadas pelo fenómeno.   A imagem, que mostra um trenó a ser …

Juiz suspende pena a agressor que ameaçou a mulher com uma motosserra

"Vou-te pôr às postas como se põe um cação." Esta foi uma das ameaças, com uma motosserra ligada, que um homem de 52 anos fez à mulher com quem esteve casado durante 30 anos. O …