Assange vai ser extraditado para os Estados Unidos, diz Mike Pompeo

wheelzwheeler / Flickr

Julian Assange, fundador do WikiLeaks

O Reino Unido vai extraditar para os Estados Unidos o fundador do WikiLeaks Julian Assange para ser julgado por espionagem, afirmou o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, segundo o jornal equatoriano El Universo.

“Já fizemos o pedido, será extraditado para os Estados Unidos, onde será levado à justiça”, acrescentou este domingo Pompeo.

“Não posso comentar mais, mas o meu Governo considera que é importante que este homem que representa um risco para o mundo e colocou em risco soldados americanos seja sancionado pela justiça”, salientou o secretário de Estado, que se encontrou no sábado com o Presidente do Equador, Lenin Moreno, no âmbito de uma visita ao país.

Há uma semana, o ministro de Estado britânico para a Europa e as Américas, Alan Duncan, tinha assegurado, por sua vez, numa visita ao Equador, que Julian Assange não seria extraditado para um país onde pudesse arriscar a pena de morte.

As autoridades dos Estados Unidos acusam Assange de ter infringido a Lei da Espionagem ao publicar no portal WikiLeaks uma série de documentos secretos com os nomes de pessoas que forneceram informações às forças americanas e da coligação no Iraque e no Afeganistão.

Porém, Assange invoca o estatuto de jornalista e a proteção que a Primeira Emenda da Constituição norte-americana concede à liberdade de expressão para evitar a extradição.

O processo de extradição para os Estados Unidos foi autorizado em junho pelo ministro do Interior, Sajid Javid, um requisito para poder avançar nos tribunais britânicos.

Julian Assange, de 47 anos, encontra-se atualmente detido na prisão de Belmarsh, nos arredores de Londres, a cumprir uma pena de 50 semanas de prisão por desrespeitar as condições de liberdade condicional em 2012.

O fundador do WikiLeaks esteve refugiado durante sete anos na embaixada do Equador em Londres para evitar a extradição para a Suécia, onde seria questionado sobre alegações de abusos sexuais sobre duas mulheres.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estudo revela: adeptos no estádio fazem diferença nos resultados e... nos árbitros

A vantagem de jogar em casa caiu significativamente durante o confinamento. E até os árbitros alteraram os seus comportamentos. "Animal Spirits in the Beautiful Game - Testing social pressure in professional football during the COVID-19 lockdown" …

Toupeiras fêmeas desenvolvem testículos para lutar pela sobrevivência subterrânea

A evolução concedeu à toupeira fêmea uma dose de "fúria por esteróides" para a ajudar a lutar pela sobrevivência subterrânea, colocando alguns testículos nos ovários – um exemplo único de anatomia chamado ovotestis. "O desenvolvimento sexual …

"A situação está caótica": Hospital de Penafiel com vários profissionais infetados

Colaboradores de vários grupos profissionais do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, em Penafiel, estão infetados com o novo coronavírus, disse esta terça-feira a administração daquela unidade, sem precisar o número de casos. "Tal como em …

"Santo Graal". Cientistas criam o primeiro supercondutor a temperatura ambiente do mundo

Uma equipa de físicos criou o primeiro material capaz de supercondutividade em temperatura ambiente, desenvolvendo um processo que pode ajudar a "quebrar barreiras e abrir a porta a muitas potenciais aplicações". Desde a sua descoberta, há …

Planetas parecidos com a Terra costumam ter "guarda-costas"

Um grupo internacional de astrónomos, liderado por Martin Schlecker do Instituto Max Planck para Astronomia, descobriu que o arranjo de planetas rochosos, gasosos e gelados nos sistemas planetários aparentemente não é aleatório e depende apenas …

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …