Armando Vara terá recebido 2 milhões de euros de luvas

Paulo Novais / Lusa

O ex-ministro Armando Vara

O ex-ministro Armando Vara

O Ministério Público (MP) suspeita que Armando Vara recebeu contrapartidas da ordem dos dois milhões de euros, quando era administrador da Caixa Geral de Depósitos, no âmbito do negócio do empreendimento do Vale do Lobo, no Algarve, que implica também José Sócrates.

As contas conjuntas que Armando Vara terá na Suíça com a filha Bárbara estarão a ser investigadas pelo Ministério Público há vários meses, no domínio da Operação Marquês.

O Correio da Manhã adianta agora que o MP suspeita que a essas contas terão chegado dois milhões de euros de luvas, alegadamente recebidas por Armando Vara pelo envolvimento no caso do empreendimento turístico do Vale do Lobo.

Foi a Caixa Geral de Depósitos que concedeu o crédito de 200 milhões de euros que permitiu a construção do resort de luxo, numa altura em que Armando Vara era o administrador do Banco do estado.

José Sócrates também está envolvido nas suspeitas do MP em torno do empreendimento por causa de alegadas alterações ao Plano Regional de Ordenamento do Território do Algarve (PROTAL), durante a sua governação, que foram fundamentais para a viabilização da construção do “resort”.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não acredito, é mais uma mentira dos media que só querem mal a esta gente boa,
    ele recebeu não uma caixa de robalos mas sim um caixa de sardinhas directamente da lota…

RESPONDER

Bloco de esquerda quer plano nacional de férias de Verão financiado pelo Governo

O Bloco de Esquerda vai entregar um projeto de lei na Assembleia da República para que o Governo defina um programa de férias de Verão. Catarina Martins, coordenadora do partido, frisa que a maior parte …

Índia ultrapassa Brasil e é o segundo país mais afetado pela covid-19

A Índia é o segundo país mais afetado pela pandemia de covid-19, ultrapassando o Brasil, depois de registar um valor máximo de 168 mil novas contaminações nas últimas 24 horas. O país, com 1,3 mil milhões …

Dois anos depois, mulher de Assange pede que Reino Unido pressione EUA para acusações caírem

A mulher de Julian Assange, Stella Moris, disse que a Grã-Bretanha seria mais forte a fazer campanha contra regimes autoritários se pressionasse o Governo Biden a retirar o seu apelo para o extraditar sob acusações …

Operação Marquês. Ministério Público pede alargamento do prazo previsto na lei para recorrer

Depois da decisão instrutória tomada pelo juiz Ivo Rosa, os procuradores Rosário Teixeira e Vítor Pinto já entregaram um requerimento a pedir 120 dias para o recurso. O alargamento do prazo passaria assim a ser …

Duas mortes e 271 infetados em 24 horas. Rt continua a subir em Portugal

O boletim da DGS desta segunda-feira dá conta de mais 271 novos casos. Registaram-se ainda mais duas mortes por covid-19. Segundo a DGS existem 25.784 casos ativos, menos 176 do que na véspera, e há mais …

Maioria dos pobres em Portugal trabalha (os "três D" da pobreza e 4 perfis que são uma "supresa")

Um quinto da população portuguesa é pobre e a maior parte das pessoas em situação de pobreza trabalha, mantendo vínculos laborais sem termo. As conclusões são de um estudo promovido pela Fundação Francisco Manuel dos …

Guillermo Lasso declara-se vencedor das eleições presidenciais no Equador

Guillermo Lasso declarou-se vencedor da segunda e última volta das eleições presidenciais no Equador, numa altura em que foram contabilizados 96,94% dos votos, que lhe deram uma diferença de 5,04 pontos percentuais sobre o socialista …

Número de nascimentos no primeiro trimestre de 2021 regista valor mais baixo desde 2015

No primeiro trimestre de 2021, nasceram em Portugal cerca de 18.200 bebés, o número mais baixo dos últimos sete anos para igual período. Cerca de 18.200 bebés nasceram em Portugal no primeiro trimestre de 2021, o …

Escolhas "unilaterais" agitam PSD. Castelo Branco acusa direção nacional de desrespeitar estatutos

A concelhia do PSD de Castelo Branco acusou esta segunda-feira a direção nacional do partido de desrespeitar os estatutos, ao escolher “unilateralmente e discricionariamente” o nome de João Belém para candidato àquele município, contra a …

Ivo Rosa indigna colegas ao revogar decisões tomadas por tribunais superiores

Ivo Rosa, juiz de instrução da Operação Marquês, revogou decisões tomadas por tribunais superiores, o que resultou numa onda de indignação dos seus colegas e do Conselho Superior da Magistratura. Na decisão que deixou cair 25 …