Armando Vara também quer ter acesso aos autos

Miguel A. Lopes / Lusa

Tiago Rodrigues Bastos, advogado do antigo ministro Armando Vara

Tiago Rodrigues Bastos, advogado do antigo ministro Armando Vara

A defesa de Armando Vara, arguido na “Operação Marquês”, anunciou que vai solicitar o acesso aos autos da investigação, depois de o Tribunal da Relação de Lisboa ter decretado o fim do segredo de justiça interno no caso.

“Naturalmente que queremos conhecer rapidamente o processo, para estarmos mais aptos a consolidar a nossa posição sobre a matéria” disse o advogado Tiago Rodrigues Bastos, que defende Armando Vara.

A informação foi avançada um dia depois de o Tribunal da Relação de Lisboa ter indeferido um requerimento do Ministério Público que pedia a nulidade do acórdão de 24 de setembro, do mesmo tribunal superior, que decretava o fim do segredo de justiça interno da investigação da “Operação Marquês”.

Tiago Rodrigues Bastos frisou ainda que a medida de coação aplicada ao seu cliente “foi decidida em circunstâncias que não deviam ter sido observadas”, referindo-se ao facto de o caso já não estar em segredo de justiça, quando o ex-ministro foi interrogado, no passado mês de julho.

“Quando o doutor Armando Vara foi ouvido, segundo o que agora diz o acórdão, já a consulta do processo lhe devia ter sido facultada e não foi. Consideramos que há aqui uma situação anómala“, adiantou o advogado, sem referir quais as consequências para o processo.

O defensor de Vara referiu ainda que o ex-ministro continua em prisão domiciliária, mais de uma semana depois de o juiz Carlos Alexandre ter substituído aquela medida de coação pela prestação de uma caução de 300 mil euros.

“Estamos neste momento à espera de um despacho do juiz que declare validamente prestada a caução”, disse Tiago Rodrigues Bastos, que espera que esta situação seja resolvida rapidamente, “com a cessação da medida de prisão domiciliária e a consequente retirada da pulseira”.

Além da caução, Vara está proibido de contactar os restantes arguidos no processo e de se ausentar para o estrangeiro.

O ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos (CGD) está em prisão domiciliária com pulseira eletrónica, desde 10 de julho, após ter sido detido no âmbito da “Operação Marquês”, por suspeitas de fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção passiva.

A “Operação Marquês”, relacionada com diversos crimes económicos, conta com nove arguidos, designadamente o ex-primeiro ministro José Sócrates, indiciado por fraude fiscal qualificada, corrupção e branqueamento de capitais.

O empresário Carlos Santos Silva, o administrador do grupo Lena Joaquim Barroca, o ex-motorista de Sócrates João Perna, o administrador da farmacêutica Octapharma Paulo Lalanda de Castro, a mulher de Carlos Santos Silva, Inês do Rosário, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira e o presidente da empresa que gere o empreendimento de Vale do Lobo, Diogo Gaspar Ferreira, são os outros arguidos no processo.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Eriksen continua hospitalizado, mas já enviou cumprimentos aos colegas

O jogador dinamarquês, vítima de um súbito problema cardíaco este sábado, durante o jogo com a Finlândia, mantém-se hospitalizado num estado estável, revelou a Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU). "Esta manhã, falámos com Christian Eriksen, que …

Marcelo afasta retrocesso no desconfinamento. SNS "sem pressão grave"

O Presidente da República afastou, este sábado, um retrocesso no desconfinamento a nível nacional, alegando que os serviços de saúde estão longe de uma pressão grave. Marcelo Rebelo de Sousa assumiu esta posição no final de …

Venezuela com 11 casos de covid-19 na véspera do jogo com o Brasil

A seleção venezuelana de futebol chamou 15 novos jogadores para a Copa América, depois de vários elementos da comitiva, entre os quais jogadores, estarem infetados com o coronavírus. Depois de a Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) …

Rui Pereira demite-se da Mesa da Assembleia-Geral do Benfica em choque com Vieira

Rui Pereira demitiu-se do cargo de presidente da Mesa de Assembleia-Geral (MAG) do Benfica, por sentir que não tem o apoio dos corpos sociais na marcação de uma reunião magna extraordinária. Numa carta enviada ao presidente …

Rui Moreira recandidata-se à Câmara Municipal do Porto

O atual presidente da Câmara Municipal do Porto vai recandidatar-se à presidência da autarquia para um terceiro mandato, confirmou, este domingo, o presidente da direção da associação cívica – Porto, o Nosso Movimento. "É com enorme …

Cancelo testou positivo à covid-19 e será substituído por Dalot

Diogo Dalot vai substituir João Cancelo, que testou positivo ao novo coronavírus, nos convocados de Portugal, a dois dias da estreia no Euro 2020, informou, este domingo, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "Diogo Dalot, internacional …

Já é possível prever quais as mulheres que poderão ter complicações graves na gravidez

Os métodos atuais para diagnosticar complicações numa gravidez não são sensíveis nem confiáveis ​​o suficiente para identificar todas as gestações de risco. Agora, cientistas descobriram uma forma de testar os níveis hormonais na placenta para …

Crianças têm dificuldade em entender emoções de pessoas com máscara

Um novo estudo mostra que crianças dos três aos cinco anos só conseguem entender as emoções escondidas por detrás das máscaras em apenas 40% das ocasiões. A equipa de investigação U-Vip (Unidade para Deficientes Visuais), liderada …

Cientistas identificam uma rara "hélice" magnética num sistema binário

De acordo com investigações que serão publicadas na revista The Astrophysical Journal, investigadores da Universidade de Notre Dame identificaram a primeira hélice magnética eclipsante num sistema estelar variável cataclísmico. O sistema estelar, conhecido como J0240, é …

Euro2020, 2º dia: Bélgica e Finlândia vencem em dia marcado pelo colapso de Eriksen

A Bélgica estreou-se hoje no Euro2020 de futebol com uma vitória expressiva sobre a Rússia (3-0), no Grupo B, num dia histórico para a Finlândia, mas manchado pelo colapso do dinamarquês Christian Eriksen, que lançou …