Irão ameaça Arábia Saudita após execução de líder xiita

Free Sheikh Nimr Baqir Al-Nimr / Facebook

Nimr Baqir Al-Nimr

Nimr Baqir Al-Nimr

A Arábia Saudita executou 47 pessoas condenadas por terrorismo, entre elas o dignitário xiita Nimr Baqir al-Nimr, figura da contestação contra o regime saudita.

Um comunicado do Ministério do Interior saudita publicado este sábado diz que os executados tinham sido condenados por terem adotado a ideologia radical “takfiri”, juntando-se a “organizações terroristas” e implementando várias “parcelas criminosas”.

A lista também inclui sunitas condenados por envolvimento em ataques reivindicados pela Al-Qaeda em 2003 e 2004 e que mataram sauditas e estrangeiros. Na lista encontra-se um egípcio e um chadiano, sendo os restantes sauditas.

O porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, Hossein Ansari Jaber, afirmou hoje que a Arábia Saudita vai pagar um “preço elevado” pela execução do dignitário religioso xiita Nimr Bager al-Nimr.

“O governo saudita apoia, por um lado, os movimentos terroristas e extremistas e, ao mesmo tempo, utiliza a linguagem da repressão e da pena de morte contra os seus opositores internos. O governo vai pagar um preço elevado por estas políticas“, afirmou Ansari Jaber, citado pela agência de notícias iraniana Irna.

O dignitário religioso xiita Nimr Bager al-Nimr, crítico do regime saudita, foi condenado à morte em outubro de 2014 por rebelião, desobediência ao soberano e porte de armas.

O dirigente religioso esteve na liderança dos protestos da população xiita em 2011 e 2012 no leste da Arábia Saudita, onde são maioritários, num país em que predomina o islamismo sunita, praticado por 85% dos 30 milhões de habitantes.

Estas foram as primeiras execuções de 2016 na Arábia Saudita, um país ultraconservador que executou 153 pessoas em 2015, segundo uma contagem realizada pela agência France Presse (AFP) com base em números oficiais.

Agência Brasil

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Santa Maria ganha 40 camas para os cuidados intensivos

A maior unidade hospitalar do país reforçou capacidade dos Cuidados Intensivos para os doentes infetados, passando das atuais 80 camas para cerca de 120. O Hospital Santa Maria, em Lisboa, vai quadruplicar a sua capacidade …

"Isto é criminoso". Estivadores dizem que há risco de portos pararem

"Da forma como estamos a trabalhar nos portos, corremos o risco de todo o contingente ficar parado, porque não há nenhum cuidado em termos de criar equipas rotativas", garantiu o líder sindical. O presidente do Sindicato …

Demitiu-se o diretor do serviço de cirurgia e transplantação do Curry Cabral

Américo Martins demitiu-se esta quarta-feira por ter visto impedida a proposta de reorganização com circuitos independentes no hospital. O diretor do Serviço de Cirurgia Geral e Transplantação do Hospital Curry Cabral, Américo Martins, demitiu-se esta quarta-feira …

Bancos impedidos de cobrar comissões por operações digitais. Acesso a jogos online limitados

Os bancos vão ficar impedidos de cobrar comissões por operações de pagamento através de plataformas digitais dos prestadores de serviços, segundo uma proposta do PEV com alterações do PS aprovada no Parlamento. O projeto de lei …

Pessoas assintomáticas devem usar máscara, diz Centro Europeu de Controlo de Doenças

Num relatório divulgado na quarta-feira, o Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) referiu que as máscaras podem reduzir a propagação do novo coronavírus de pessoas assintomáticas, recomendando a sua utilização. De acordo com o Público, …

Portugal ultrapassa as 400 vítimas mortais. Cordão sanitário em Castro Daire equacionado

Portugal regista esta quinta-feira 409 mortos associados à covid-19, mais 29 do que na quarta-feira, e 13.956 infetados (mais 815), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Trata-se de um aumento de 6% …

"Em segundo plano". OM alerta para falta de resposta para doentes prioritários não covid-19

A Ordem dos Médicos (OM) alertou esta quinta-feira para a falta de resposta aos doentes prioritários não covid-19, que diz estarem a ser relegados para segundo plano, em áreas que “não podem esperar” como a …

Lagarde contraria Draghi. Perdão de dívida às empresas é “impensável”

A presidente do Banco Central Europeu considera "impensável" conceder um perdão de dívida generalizado das dívidas contraídas pelas empresas, ao contrário do que sugeriu o antigo presidente do BCE, Mario Draghi. “Parece-me totalmente impensável. Não é …

No Norte, espera-se duas semanas para fazer testes à covid-19

Na Área Metropolitana do Porto, muitos esperam duas semanas para realizar o teste à covid-19, denunciam vários autarcas. Em causa está a falta de material e equipamentos. Mais de metade dos casos confirmados de covid-19 em …

António Costa adia decisão sobre reabertura das escolas para o fim do mês

O Governo anuncia, esta quinta-feira, a decisão em relação às atividades letivas no terceiro período, depois de ter ouvido durante dois dias especialistas, representantes da comunidade escolar, partidos, sindicatos e os órgãos consultivos do Ministério …